Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




bloco-de-esquerda-liberdade-jc3a1.png

 

O regime autoritário angolano condenou 17 pessoas por lerem e discutirem um livro. Por cá, após esta condenação, a ousada denúncia do passado revelou-se uma bravata pré-pubescente, agora posta na gaveta. Aliás, relendo o que escreveu o Rui Rocha aqui no DELITO, não é a primeira vez que, a respeito deste assunto, a coragem do Bloco de Esquerda fica em casa. Heróis sim, mas só na oposição. E as causas nobres que se habituem. 


13 comentários

Sem imagem de perfil

De AntónioF a 29.03.2016 às 15:42

Caro Diogo,
não sendo eu votante do BE, nunca o fiz, acho bastante interessante a comichão que este partido provoca, principalmente nos verdadeiros «gerigonceiros»!
Imagem de perfil

De Diogo Noivo a 29.03.2016 às 17:05

Eu, “verdadeiro geringonceiro”, explico: quem ouça o Bloco de Esquerda fica convencido que a hipocrisia, o cinismo, a dualidade de critérios e a adaptação do discurso político segundo conveniências próprias são um exclusivo do "centrão" (PS, PSD e CDS). Como se vê por este caso e tantos outros, no campeonato do descaramento o BE não tem rival. Serve o post para perceber que o terreno de jogo está muito mais nivelado do que o BE diz estar.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 29.03.2016 às 16:23

Continuando nos silêncios dos Marxistas

O Bloco e restante Esquerda Marxista nada têm a dizer a carruagens só para mulheres na Alemanha:

"A German train operator has announced it is introducing a women-only carriage on its trains following several violent sex attacks.
Mitteldeutsche Regiobahn will introduce the option for women passengers on the Leipzig to Chemnitz line, positioning the carriages next to the train conductor.
“The local proximity to the customer service representative is chosen deliberately,” a Mitteldeutsche Regiobahn spokesman said.
The carriages are designed to make solo female travellers or women with young children feel safer on trains.
Boys up to the age of ten will also be allowed to ride in the special carriages."

http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/europe/germany/12206058/German-rail-operator-launches-women-only-train-carriages-following-sex-attacks.html

Porque será?
Imagem de perfil

De Diogo Noivo a 29.03.2016 às 17:15

O costume. E nada mais do que o costume.
Sem imagem de perfil

De V. a 30.03.2016 às 04:05

Acho que isto é bastante pior do que o costume. A ser verdade, corresponde uma cedência aviltante de uma cultura que lutou pela sua superioridade e distância em relação aos retrocessos que o multiculturalismo lhe impõe pela pressão da comunicação social, da Esquerda e do medo de que lhe chamem fascista ou racista. Mas a verdade é que a cultura europeia na sua dimensão cívica é de longe superior às outras e está a aviltar-se ao dobrar-se para apanhar migalhas. E ninguém lhe vai agradecer senão com ódio e escárnio como é costume entre as outras tradições e os nichos de inspiração marxista que promovem o ódio à cultura europeia
Imagem de perfil

De Diogo Noivo a 29.03.2016 às 17:14

“Voto de condenação no parlamento”? Que institucionais. Confesso-me surpreendido por ver que o BE reconhece a voz do dono. ‘Chapeau’, António Costa! Sempre considerei que a actual solução governativa seria para durar e estes sinais de controlo efectivo do Primeiro-Ministro sobre os calços da mesa só consolidam a minha convicção.

Ainda assim, sentiremos falta das denúncias desassombradas, do ‘j’accuse’ temerário…afinal, agora são iguais aos outros. E diz a experiência que as pessoas preferem sempre o original.
Sem imagem de perfil

De do norte e do país a 29.03.2016 às 20:28

quando o governo era outro, o bloco falava a alto e bom som que isto era uma vergonha, etc. Agora, e com a agravante de haver uma pena, é só para inglês ver.
Sem imagem de perfil

De Vento a 29.03.2016 às 19:24

Também estou de acordo. Aliás, se há algo que caracteriza as mulheres corajosas é o facto de quando as coisas apertam encolhem-se.

Sim, estou piropando de forma verdadeira. Quem quiser mais piropos aproxime-se.

O regime de Luanda é mesmo regime. Também anda em cura de emagrecimento de direitos desde a sua independência. Ainda com o aliás, a grande parte dos estados independentes africanos só revelam através de seus regimes que o que faltava a alguns era estar em posição de executar aquilo que diziam combater.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.03.2016 às 10:55

"Sim, estou piropando de forma verdadeira. " Cuidado, é crime.
Sem imagem de perfil

De lutador a 30.03.2016 às 11:42

Desengane-se. Aqui, bem pertinho e não vou dizer o nome, neste país que se diz ser de liberdade, afinal a liberdade de expressão só é para alguns. Chama-se de palhaço a um ex-presidente da Répública e o processo é arquivado. Mas eu paguei por um crime-sim, escrever um mail e enviar aos camaradas explicando as razões pelo qual me negava a trabalhar com determinada pessoa valeu-me um ano de inativdade profissional e não contentes levam-me a Tribunal onde eu achava estar protegido por opinar diferente sou punido com 150 dias de multa a 10€, mais uma indemnização de 1500€ e o preço das custas ao Tribunal. Isto quando vejo os meus concidadãos a preocuparem-se com o que se passa na casa dos vizinhos e escondem as mazelas que se passam no seu país..
E para já nada mais adianto
Sem imagem de perfil

De Vento a 30.03.2016 às 21:00

Lamento a sua situação, lutador. Mas estou em crer que o seu testemunho já é um contributo para mudar o que é necessário mudar.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 30.03.2016 às 20:59

Sim de facto havia mais nas direito nas formas de ser assassinado na pós indepedência Angolana.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D