Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Virar a página da austeridade (II)

por Diogo Noivo, em 30.11.18

Já o referi aqui: ferrovia num caos sem precedentes, degradação das condições de segurança interna a um nível do qual não há memória no período democrático, hospitais a viver uma época especialmente penosa, e a maior carga fiscal dos últimos 22 anos. Ficámos hoje a saber que, por ordem do Governo, os alunos com maiores dificuldades económicas só receberão metade das bolsas de mérito que deveriam ser entregues no 1º período. Ainda bem que virámos a página da austeridade e que o “muro” já não existe.

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Perfil Facebook

De Rão Arques a 30.11.2018 às 12:11

DIABO ESCONDIDO
Entretanto as inutilidades reinantes continuam a dar banho à minhoca, a padecer de memória que nada lembra ou sabe, e/ou tolhidos de evidências das que lhes queimem o costado.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 30.11.2018 às 14:20

O que a notícia diz é que os alunos só receberão agora metade das bolsas, ficando a entrega da outra metade adiada para o ano que vem (presumivelmente para janeiro).
Isto de adiar despesa para o ano que vem é uma prática corriqueira, que todos os governos e todas as administrações regularmente tomam.
Perfil Facebook

De Julio Castro a 30.11.2018 às 23:21

Principalmente quando não há "massa" !
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 30.11.2018 às 14:24

degradação das condições de segurança interna a um nível do qual não há memória no período democrático

Até parece que estamos a falar da França, em que os donos de lojas se barricam com tábuas para se proteger do vandalismo dos manifestantes, ou da Espanha, onde regularmente os camionistas bloqueiam as estradas!

Nunca as condições de segurança interna foram tão boas como atualmente. O número de assaltos, roubos e assassínios está em mínimos históricos. As pessoas circulam pelas ruas, de dia mas também de noite, com plena confiança.
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 30.11.2018 às 19:54

Onde se enquadra o gamanço de material militar e policial nesse índice de confiança?
Imagem de perfil

De João Sousa a 30.11.2018 às 15:41

Junte ao caos sem precedentes da ferrovia o Metropolitano de Lisboa e a Carris (e a Transtejo também não anda a respirar saúde).

Comentar post



O nosso livro





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D