Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Vidas perdidas

por Rui Rocha, em 31.10.15

E a pena que sentes quando vês miúdos, com a vida toda pela frente, a consumir fatias de bacon?


14 comentários

Sem imagem de perfil

De da Maia a 31.10.2015 às 15:57


Miúdos com fatias de bacon?

Miúdos de frango?

Temos é comunas contra os tachos, no habitual ataque aos enchidos.

Querem mudar o regime, aumentando gorduras e ilibando carnes processadas.

Receita fiscal do Antigo Regime
"Patos com Laranjinhas"

- Patos (2 milhões)
- Gorduras do estado (só do lombo)
- Coentros (o necessário)
- Tachos (alguns milhares)
- Enchidos do regime (na mesma quantidade)
- Laranjinhas (na mesma quantidade)

Preparação:
1. Coza os patos num caldinho feito pelos enchidos e laranjinhas.
2. Escoe as gorduras do estado e adicione ao caldo de coentros alguma pimenta.
3. Ponha no forno até levantar fervura.
4. Quando estiver quase seco, corte os patos aos bocados e enfeite com chouriços promovidos.
5. Volta ao forno eleitoral até tostar, ou melhor, até gostar.

Apresentação:
- Servir com luvas e rendas finas.
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 31.10.2015 às 16:40

Todo o mundo é feito de mudança. Agora, parece que os comunistas comem socialistazinhos ao pequeno-almoço.
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 31.10.2015 às 15:59

Está bem, abelha.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 31.10.2015 às 17:32

Então e agora os antioxidantes aceleram o cancro em vez de o prevenir?
Está tudo maluco, ou quê?
Estou como a Teresa: tá bem, abelha!
:-) Antonieta
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 31.10.2015 às 17:34

Pois, pois. Aproveitem essa coisa da abelha enquanto a OMS não declara que o mel provoca bicos de papagaio.
Sem imagem de perfil

De isa a 31.10.2015 às 18:26

... com a mortandade, a nível global, que tem havido entre as abelhas... se sobrarem abelhas e, por este caminho, o mel fica só para os bilionários... e sendo pouco... mais um que dirão que está contaminado.
O maior problema... é que a polinização pelas abelhas, corresponde a um terço da produção mundial de alimentos... e aí, já se sabe, a quem nunca faltará comida...
A grande maioria, só vê os sintomas, todos se queixam, do que lhes faz falta mas, quase todos seguem e fazem as suas escolhas por "cabeças alheias", cujas intensões, não têm nada de transparente e, nos tempos que correm, muito facilmente, podem ser compradas.
Tudo nos pode fazer mal, até o oxigénio que nos dá vida também, todos os dias, nos vai matando e, de certeza que não vamos deixar de respirar. Se nos faz mal... óptimo... é sinal que ainda estamos vivos
Sem imagem de perfil

De isa a 31.10.2015 às 17:47

Contaminação radioactiva a circular nos mares, por exemplo, os milhões de litros que se escaparam e continuaram a verter no mar, no desastre do Japão. As correntes marítimas levaram-nas, nem se sabe bem até onde. Provavelmente até peixinho radioativo foi ingerido.

Várias fugas de petróleo, como por exemplo, no Golfo do México cuja fauna, a pouca que escapou, nasce agora com tumores.

O fracking (fratura hidráulica- que amplia as fissuras existentes no substrato rochoso que encerra petróleo e gás natural, normalmente menores que 1mm, permitindo a sua saída para a superfície. Em geral, o material injetado é água com areia e produtos químicos, que causa o fraturamento e a dissolução da rocha. O seu impacto ambiental, que inclui a contaminação de aquíferos, consumo de água elevado, poluição do ar, poluição sonora, migração dos gases e produtos químicos empregados para a superfície, contaminação da superfície devido a derramamentos, e os possíveis efeitos nocivos a saúde resultantes disto).

Alimentos geneticamente modificados.

Uso de pesticidas que, só agora, se descobriu, quando usados juntos provocam cancro, malformações nos fetos e doenças genéticas.

Medicamentos que matam que, só depois de vários anos, e milhões de lucro, são retirados do mercado.

O Ártico a derreter e a largar metano na atmosfera e já andam a programar ir perfurar para tirar petróleo.

...e ficava aqui a escrever as barbaridades que fazem, apenas, pelo lucro e a "carneirada" entra em pânico e passa logo a comer frango de aviário ("tão saudável") porque o bacon e a carne vermelha provoca o cancro... francamente...
Esta notícia passou em vários países e, quase me faz pensar que é um Teste... para medir em que grau vai... o poder de controle e manipulação das mentes dos "rebanhos", cuja finalidade até poderá ser, de os levar a comer... o que eles quiserem. Medo, insegurança, temor, pânico... são as melhores armas para nos controlar.
Um vídeo interessante e educativo para quem ainda quer manter alguma racionalidade:
YouTube:Woody Harrelson 'Ethos Time to Unslave Humanity HQ 720p

https://www.youtube.com/watch?v=jWgwrLw-T0E
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 31.10.2015 às 18:06

Já faltou mais: um dia destes, a única forma de nos alimentarmos é fazermos fotossíntese.
Sem imagem de perfil

De isa a 31.10.2015 às 18:50

...estão a preparar-nos para comermos a proteína mais abundante na Terra... que, ali e acolá, também comem... que é delicioso... cozinheiros "finos" já fazem receitas com esse ingrediente... na Europa já se faz farinha disso...
pois eles que comam os insetos... desde as minhocas às baratas que eu fico nos enchidos... desde que não lhes metam desinfectantes e químicos...
Os meus avós eram de Terras onde a base da alimentação eram os enchidos, claro que também comiam muita hortaliça, legumes e alguma fruta... se eu chegar à idade da minha avó, ficava feliz... 95... e sem cancros.
Não sou grande fã de bacon mas, não há nada como um belo cozido à portuguesa e aí, só condeno quem não coma a hortaliça porque aí reside a sabedoria... equilibrar o que se come.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 01.11.2015 às 15:12

"Já faltou mais: um dia destes, a única forma de nos alimentarmos é fazermos fotossíntese."

Não pode, fotossíntese só funciona com radiação logo é coisa má, maléfica.

Devemos deixar de comer tudo o que seja produto da radiação.

E proibir bananas já! Um dos extremistas radioactivos na alimentação.
Sem imagem de perfil

De William Wallace a 31.10.2015 às 19:07

Felizmente não estou sozinho Isa, pensava que era o único que me apercebia dos factos que relatou e das interrogações que levantou sobre o controle que pretendem exercer...
Sem imagem de perfil

De isa a 31.10.2015 às 20:46

Claro que não está sozinho, até devemos ser muitos, o problema está, em não sermos a maioria e... quando formos... provavelmente, será tarde demais.
Primeiro, habituaram as pessoas a terem alguém a pensar por elas, agora será muito difícil que se habituem a pensar sozinhas, a procurar informação, especialmente, a que não siga o mesmo ponto de vista.
É próprio do ser humano, quando está acomodado, só reage quando está entre a "espada e a parede" mas, neste caso, as soluções seriam sempre melhores se tivessem sido tomadas com antecedência. Como nunca se pode recuar ao ponto de partida... quanto mais tempo passa... menos soluções estarão ao nosso alcance... se ainda restar alguma.
Curiosamente, em relação à publicidade, há anos que funciono ao contrário... já cheguei ao ponto de mudar de uma determinada marca por terem começado a fazer publicidade... sou do contra...
Sem imagem de perfil

De Nem? a 31.10.2015 às 21:27

Nem um choiricinho assado com uma pinguita? E diz que os peixes comem mercúrio.Nem mesmo a fotossíntese que a luz é um recurso natural perecível
com o tempo e sujeito a racionamento.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D