Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Delito de Opinião

Vale a pena ler (16)

Pedro Correia, 11.04.21

no-1532841_1920.jpg

 

«Do lado da ciência, também existem aqueles que se furtam ao debate, desde logo quando chamam negacionista a alguém que quer discutir a questão - uma maneira de subtrair a pessoa do debate, depreciando-o ao nível do ignorante - e usam essa classificação como substituto de uma argumentação válida da sua posição.»

Beatriz Alcobia, IP Azul

 

«Sobre as folhas de alface tenras e lavadas, salpicadas já de transparentes meias luas de cebola, cortei finamente um pequeno ramo de coentros. Cortei também meia dúzia de folhas de hortelã, enroladas umas nas outras como quem pica caldo verde. Depois veio o sal, o fio de azeite num breve rodopio e sumo de meio limão. Assim, perfumada a rigor, se aprontou a salada que havia de acompanhar o assado de Páscoa.»

Luísa, À Esquina da Tecla

 

«Quando alguém se escandaliza, desconfio. Durante anos, usar camisolas poveiras era sinónimo de provincianismo e piroseira. Parte dos que se escandalizaram agora também se escandalizaram quando o ministro Álvaro Santos Pereira propôs a internacionalização do pastel de nata. Em vez de se escandalizarem, mexam-se como deve ser.»

Francisco José Viegas, A Origem das Espécies

 

«Comprei uma camisola de linho e algodão, muito à moda do que se veste pelos lados de Nova Inglaterra. As camisolas são como os chapéus--ele há muitos. Tem âncoras, barcos à vela, conchinhas, e custou $128, quer dizer, depois dos portes e dos impostos ficou em quase $150. E é fabricada na China. Não pica e é muito confortável, ao contrário da camisola poveira de Portugal. Até me serve lindamente. Agora tenho de arranjar maneira de ir passar uns dias a uma praia onde faça frio para a poder usar.»

Rita Carreira, A Destreza das Dúvidas

16 comentários

Comentar post