Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Vade retro fim do mundo

por Paulo Sousa, em 11.09.19

O PAN é o partido que nos defende do fim do mundo. Sempre que o PAN avança é o patife do fim do mundo que recua.

A medida nº 1081 do “programa eleitoral” do PAN consistia na realização de uma sessão semanal obrigatória dos criminosos com as suas vitimas, ou com os seus familiares em caso de homicídio, com o sentido de promover a reconciliação.

Bastava que não houvesse excepção nos casos de homicídio para parecer uma medida do PNR ou do Chega.

Mas alguém se terá lembrado que isto ainda podia descambar num cenário aterrador em que, numa eventual condenação futura do Eng. José Socrates, se pudesse aplicar. Considerando que as suas vitimas são todos os contribuintes, o fim do mundo esfregou logo as mãos.

Por sorte o André não imprimiu programas para adiar o fim do mundo. Bastou editar o documento - a medida 1082 vem logo depois da 1080 - fazer novo upload e já está. Mais um prego no caixão do fim do mundo. Respiremos de alívio.

Autoria e outros dados (tags, etc)


12 comentários

Sem imagem de perfil

De V. a 12.09.2019 às 07:27

Acho que não era obrigatório, mas é estúpido na mesma. Quem é que esta gente pensa que é?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.09.2019 às 10:47

Coisa mais ridícula.

Desde logo um "programa eleitoral" com mais de mil medidas. Garantia automática que não é para levar a sério.

Depois, a retirada de medidas à medida que vão recebendo críticas no espaço público.

Um programa "à la carte".
Mostrando assim a consistência e a robustez deste partido.
Sem imagem de perfil

De V. a 12.09.2019 às 12:36

Há uma ou duas coisas a dizer sobre isso, acho eu..

Uma é que os programas eleitorais deveriam ser iguais aos programas de governo (depois de ajustadas as diferenças com o OE, logicamente).

Tal como no lei dos movimentos associativos, que no fundo cifra ou deriva dos pilares do regime democrático, o programa das listas vencedoras é o programa que deve ser cumprido. Não é um programa novo que poderá incluir coisas que NÃO FORAM VOTADAS. Vergonhosamente, todos os partidos criam uma enorme distância entre o que os cidadãos aceitam em plebiscito que eles façam e o que depois fazem realmente quando são governo ou quando se mancomunam em geringonças.

Sempre me perturbou a desfaçatez com que o BE ou o PCP falam em democracia e valores democráticos e depois celebram o facto de conseguirem passar leis deles que têm pouca ou nenhuma representatividade na população geral do País (no máximo 5%). Isso é ser facínora. É falta de categoria e respeito pelo valor mais crucial da democracia: a legitimidade para alterar as regras de viver em comunidade. O PAN é a mesma treta, mas ainda pior, porque são uns fedelhos incultos e mentirosos que se inspiram nas indignações do facebook.

A obrigar todos a viver como apenas uma pequena minoria quer chama-se o quê?
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 12.09.2019 às 23:29

Este regime está mais sólido na boca dos seus donos que a vida na terra na boca dos devotos da Santa Greta.
Sem imagem de perfil

De ASeve a 12.09.2019 às 18:40

E assim vai esta gente desbaratando o dinheiro dos Portugueses.

Obviamente que terão de desaparecer do mapa, dentro de um mês. Sem apelo nem agravo!
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 12.09.2019 às 23:25

Coerentes com a máxima de Groucho Marx: Estes são os meus princípios, se não gostarem deles tenho outros.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.09.2019 às 12:11

O deputado do PAN tem todo o direito de -em acordo com os 75.000 votos que obteve com este sistema eleitoral- estar na Assembleia da República e afirmar, a viva voz:
"O prazo para salvar a Terra tem uma data: 2030".
Será que consegue ser pelo menos "contribuinte neutro" para o alegado desastre?.
Tem a obrigação de esplicar como.
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 12.09.2019 às 23:27

O eurodeputado vai semanalmente para Bruxelas mas... lava a alma porque paga a contribuição pelo CO2 emitido. Soa a indulgências mas contra mitos não há argumentos.
Sem imagem de perfil

De JgMenos a 12.09.2019 às 18:47

Só faltavam estas palhaçadas no elenco do circo!
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 12.09.2019 às 23:31

Não misture as coisas. O Chapitô também está representado mas noutro azimute do hemiciclo.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.09.2019 às 11:17

Faltou ser rigoroso. Sendo contribuinte não disse qual foi o seu prejuízo? Talvez porque isso ia desvalorizar o que disse!

Mas gostei desta frase pois aplica-se a muitos outros:
O PAN é o partido que nos defende do fim do mundo.

Pois há os que nos defendem do fim do mundo, mas não os que nos defendem do "fim do dia". Ou seja não querem defender ninguém, querem iludir.
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 16.09.2019 às 13:58

O fim do mundo vai, entretanto, dar mais um post.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D