Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Upstairs, downstairs

por Pedro Correia, em 19.12.16

Começo a convencer-me que é sina nossa: enquanto a sociedade puxa para cima, os decisores políticos insistem em puxar para baixo. Neste caso, fazendo coro com o sindicalista vitalício que lidera as corporações do sector em função dos interesses partidários.

E no entanto, apesar de uns e outros, lá vamos progredindo. Com reconhecimento internacional.


48 comentários

Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 19.12.2016 às 10:17

O decisor político não puxa para baixo. Ele limita-se a dizer a verdade.
A sociedade não puxa para cima. Pelo contrário, muitos pais que colocam os seus filhos em escolas privadas fazem-no para garantir que eles têm as melhores notas possível mesmo sendo cábulas.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 19.12.2016 às 11:26

A sociedade puxa para cima, com estabelecimentos de ensino de excelência não sujeitos à tutela do Estado - em muitos dos quais estão matriculados os filhos de diversos defensores intransigentes da "escola pública".
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 19.12.2016 às 12:41

Como sabe que os estabelecimentos de ensino privados são "de excelência"? Certamente em alguns deles a excelência é apenas dos alunos que os frequentam.

Muitas pessoas matriculam os filhos em escolas privadas, não porque as escolas sejam boas, mas para que os filhos estejam "bem acompanhados", isto é, por jovens de boa classe social, e/ou para que os filhos, menos dotados, sejam especialmente favorecidos pelos professores.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 19.12.2016 às 14:05

São tão de excelência que muitos defensores intransigentes da "escola pública" se apressam a colocar lá os rebentos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.12.2016 às 14:33

Se muitos defensores da escola pública estão em colégios privados é porque têm possibilidades para tal e porque assim decidiram e a maioria desses, estão em colégios excelentes que têm muito bons resultados, mas que não estão no topo porque não usam cábulas nem inflacionam as notas. Sei do que falo porque frequentei esses colégios de gabarito que não têm como lema enganar, mas que tudo fazem, para formar cidadãos, sem usufruirem de ajudas do Estado. Esses são colégios de excelência que nunca pediram dinheiro ao Estado para existirem, mas existem porque sempre foram e são óptimos no que fazem. Quem faz comparações entre instituições públicas e privadas fá-lo sem saber do que escreve ou fala e não sabe quem frequenta uns e outros.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 19.12.2016 às 19:35

Já percebi que é um inabalável defensor da "escola pública". Os seus rebentos também estão na privada?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.12.2016 às 19:58

A escola pública sempre! Os privados também, mas sem doações do Estado e com qualidade. Se são privados que o sejam no todo.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 19.12.2016 às 20:31

E com os filhinhos dos defensores da "escola pública" lá matriculados.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.12.2016 às 12:19

(E a dar entrada nos hospitais privados também, sempre que necessitam)

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D