Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A decisão de abdicar do trono espanhol do Rei Juan Carlos abre uma oportunidade única na país vizinho. Num momento político especialmente conturbado, com a monarquia desacreditada, os partidos tradicionais especialmente debilitados e o bipartidismo em crise, este seria o tempo certo, para utilizar as palavras proferidas pelo monarca no discurso de despedida, para abrir uma nova etapa de esperança. Na verdade, não há melhor momento do que este para devolver aos espanhóis o direito de escolher. No fundo, de permitir que os súbditos se convertam em cidadãos. A circunstância política de Espanha pede um referendo vinculativo. E se Felipe é, como diz Juan Carlos, o melhor preparado, é óbvio que não deve ter medo de perder. Ouvir o povo espanhol sobre o seu futuro: neste momento, nada há mais oportuno, nada é mais democrático.

Autoria e outros dados (tags, etc)


11 comentários

Sem imagem de perfil

De da Maia a 02.06.2014 às 23:08

Assim como assim... isso e sobre a integração na UE.
É só para o pessoal não se esquecer desses detalhes...
Sem imagem de perfil

De art a 04.06.2014 às 13:43

Nem todos os países têm a sorte de viver num regime republicano, laico e socialista como o português.
Contaram-me que os ingleses*, os suecos, os dinamarqueses, os holandeses, os luxemburgueses, entre outros, têm uma inveja grande do nosso regime e pedem, também, um referendo.

* Os ingleses tiveram já uma ditadura republicana, há 300 anos. Nós tivemos uma que durou quase 50 anos, há apenas 40. É a vantagem de vivermos em república: ditaduras mais actuais.
Sem imagem de perfil

De tomas a 04.06.2014 às 13:45

Parece até que o Sr. Dr. Eng. Sócrates tinha falado de um referendo sobre o assunto.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.06.2014 às 23:40

E porque não «uma oportunidade única para a sociedade portuguesa»?
Com a presidência da república desacreditada, não será o momento de perguntar aos portugueses se querem substituir a república pela monarquia?
Sem imagem de perfil

De JSP a 02.06.2014 às 23:46

Além Caia assiste-se a um revivalismo nostálgico dos anos 30, que tão gratas memórias deixaram no discreto, racionalmente dialogante e essencialmente pacífico, povo espanhol.
Por puro amor à simetria, não deixava de ter (nenhuma) graça as duas extremidades europeias envolvidas em pirotecnias vária...
Sem imagem de perfil

De jppimenta@gmail.com a 03.06.2014 às 01:33

Suponho que isso do referendo seja entre monarquia e república...os espanhóis já referendaram o regime em 1977, e a esmagadora maioria votou a favor. Em compensação, nunca em Portugal nos deram essa oportunidade. As repúblicas, aliás, parece que têm medo em referendar-se, ao contrário das monarquias.
Sem imagem de perfil

De francisco cruz a 03.06.2014 às 13:00

Talvez fosse melhor dizer que o tal, seja ele qual for, é o MAIS BEM PREPARADO.
Apre!!!
Sem imagem de perfil

De Cuidao! a 03.06.2014 às 13:59

Sendo eu republicano, avançar-se com um referendo desses em Espanha e ganhando os republicanos (ou mesmo existindo um resultado equilibrado), está decerto dado um passo decisivo para a desintegração da Espanha de hoje. Não tenho a menor dúvida.
Sem imagem de perfil

De Octávio dos Santos a 03.06.2014 às 14:28

Podemos, pois, deduzir que o Rui Rocha apoiaria a realização de um referendo em Portugal sobre que regime - república ou Monarquia - adoptar (algo que nunca foi feito)? Que se ouvisse o povo português sobre o seu futuro (e também, de certo modo, sobre o seu passado)? E que concorda que é tudo menos oportuno e democrático continuar a negar-se aos portugueses a possibilidade de se pronunciarem sobre questões fundamentais da identidade do país, que incluem também a integração na Europa, a abolição de fronteiras e a alteração na ortografia?
Sem imagem de perfil

De l. a 04.06.2014 às 13:37

Dado que o regime republicano português levou por 3 vezes o país à bancarrota, parece que é tempo de um referendo sobre se queremos a república ou preferimos a monarquia (nem que seja pela poupança: o Rei de Espanha gasta bastante menos do que o Aníbal).
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 05.06.2014 às 13:42

Caríssimos todos, voltei ao tema hoje em post publicado e que é uma espécie de resposta ao que aqui foi sendo dito.

Comentar post



O nosso livro





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D