Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Dupla injúria

por Pedro Correia, em 20.07.15

Um ano depois da  obscena luz verde concedida à admissão da Guiné Equatorial na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, o país gerido com punho de ferro pelo ditador Teodoro Obiang continua a ser uma das mais ferozes tiranias do planeta. Com todo os opositores encarcerados ou exilados, os partidos políticos ilegalizados, a liberdade de imprensa estrangulada, o poder judicial transformado em mero braço das decisões soberanas do Presidente da República e um sem-número de "execuções extrajudiciais" nos hospitais e nas prisões denunciadas pelas associações de direitos humanos.

Continua a ser um país onde vigora a pena de morte, contrariando todas as promessas do ditador (mas quem pode confiar numa palavra de Obiang?). E continua a ser também um país onde ninguém fala português: no último ano, como hoje escreve a jornalista Ana Dias Cordeiro no Público, apenas houve um curso intensivo do nosso idioma, "durante três meses, dado a sete funcionários públicos" daquele país.

A simples ideia de conceber a Guiné Equatorial como país "parceiro" do nosso parece-me uma dupla injúria - aos direitos humanos e à língua de Camões e de Sophia. Infelizmente é um "facto incontornável", como se diz hoje em dia no jargão político cá do burgo.

Algo que me envergonha como português.

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.07.2015 às 19:27

Envergonha qualquer português que dê prioridade aos direitos humanos, mas também deveria envergonhar, todos aqueles que mantêm relações comerciais, com tal criatura. Como é possível, um país, governado por dum tirano que não fala a língua portuguesa, pertencer à CPLP? Isto se não fosse real, qualquer um, diria ser anedota. Infelizmente, os direitos humanos existem no papel, muito bonitinho, mas na prática poucos olham para eles. Mundo louco, este, onde o dinheiro, é prioridade e o humano, é por muitos considerado lixo.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 20.07.2015 às 21:50

A favor do boicote a Cuba?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 20.07.2015 às 22:05

Contra. Vigora desde 1961 e apenas serviu para perpetuar a ditadura comunista e condenar o povo à miséria. Obama andou bem em descongelar as relações diplomáticas. Hoje é um dia histórico na diplomacia norte-americana. Mais um.
Mas o que é que Cuba tem a ver com a adesão da Guiné Equatorial à CPLP? Por acaso até haveria mais lógica em vermos Cuba na CPLP: a esmagadora maioria da imigração espanhola na ilha é de origem galega - ou seja, parente próxima dos portugueses. Começando pelo pai dos Castro.
Sem imagem de perfil

De sampy a 20.07.2015 às 22:27

Portanto: boicotar Cuba é perpetuar a ditadura; acolher e integrar a Guiné Equatorial é perpetuar a tirania. Baita lógica...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 20.07.2015 às 23:07

Que conversa de chacha. Num caso aplauso o restabelecimento das relações diplomáticas entre Washington e Havana, que tinham sido rompidas há 54 anos. No outro caso contesto a "parceria" entre Portugal e a Guiné Equatorial na CPLP.
Ninguém defende o corte de relações com a Guiné Equatorial nem nenhum embargo a esse país semelhante àquele que ainda vigora em relação a Cuba e foi decretado pelo Presidente Kennedy em 1962.
Contesto, isso sim, que um país onde ninguém fala português e mantém em vigor a pena de morte seja nosso "parceiro" na CPLP. E fique descansado: também contestaria uma putativa adesão de Havana à CPLP.
Sem imagem de perfil

De sampy a 21.07.2015 às 00:00

A adesão da Guiné Equatorial à CPLP trouxe consigo a abertura da embaixada daquele país em Portugal. Um pequeno sinal de como as coisas estão ligadas.

Infelizmente, há quem continue a confundir a CPLP com a Associação Internacional dos Amantes Democráticos da Língua Portuguesa, recentemente filiada na Federação Etimológica dos Amigos da Hélade...

O facto é que todos os outros membros da CPLP votaram favoravelmente a adesão da Guiné Equatorial. E das duas uma: ou se respeita democraticamente a maioria, ou se toma a porta de saída. O tempo da Metrópole já era.

Quanto ao lamento pela falta de docência do português: tem conhecimento de algum projecto elaborado pelas nossas universidades ou pela Associação dos Professores de Português que tenha sido rejeitado por Obiang? Ou acha melhor esperar que o querido ditador imponha o ensino do português e o torne obrigatório, em mais um atentado aos direitos humanos?
Sem imagem de perfil

De João Carlos Reis a 21.07.2015 às 20:47

Prezado sampy,
«Infelizmente, há quem continue a confundir a CPLP com a Associação Internacional dos Amantes Democráticos da Língua Portuguesa, ...»... bem... só faz confusão a quem gosta de usufruir da Democracia... e os outros que se lixem...
Além do mais, consta nos princípios da CPLP os estados-membros serem democráticos.
No que respeita a «...: ou se respeita democraticamente a maioria, ...» é muito bonito, mas não é isso que consta das regras da CPLP. O que consta é a unanimidade. Mas mesmo assim não equivale a dizer que uma ou outra sejam as mais correctas e/ou justas em todas as situações, mas isso é outra conversa...
«O tempo da Metrópole já era.» é uma grande verdade, mas não é menos verdade que o respeitinho é muito bonito e que nós somos, quer gostem, quer não, «primus inter pares» também é verdade... só é pena os nossos subservientes governantes não assumirem essa prerrogativa...
Sem imagem de perfil

De sampy a 21.07.2015 às 22:27

Por partes:
- se eu quisesse ter escrito "Amantes da Democracia", te-lo-ia feito. O que eu queria dizer é que os Correios não são o clube de filatelia. Mais fácil de entender?
- "consta nos princípios da CPLP os estados-membros serem democráticos". A vontade de rir é muita, mas contenho-me.
- "o que consta é a unanimidade". Essa já o Pedro Correia tinha atirado para a mesa. Mas, afinal, não foi o que aconteceu? Há que trabalhar melhor esse argumento...
- "que nós somos, quer gostem, quer não, «primus inter pares»". Já eu preferiria «secundus» e deixaria a primazia para os gregos.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D