Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Uma desgraça

por Pedro Correia, em 31.07.20

 

- Durante três meses, é ou não verdade que houve pessoas em situação absolutamente desesperada, com uma quantidade de dinheiro por mês que é insuficiente, para dizer o mínimo?

- Houve muitas pessoas...

- Sente que falhou a essas pessoas?

- Ó... ó... vamos lá ver. O Estado, durante esse tempo, aprovou medidas muito importantes de apoio social...

- Claro. Como por exemplo o lay-off simplificado para as empresas...

- O lay-off simplificado...

- Sabe quanto tempo é que essa medida demorou a ser aprovada?

- Mas... oiça... vamos ver...

- Senhora ministra: sabe quanto tempo?

- Eu sei quanto tempo.

- Quanto?

- Eu sei quanto tempo.

- Quanto?

- Mas há uma coisa... há uma coisa que é preciso...

- Quanto tempo, senhora ministra?

- Há uma coisa que é preciso... há uma coisa que é preciso... 

- Vou replicar a pergunta: sabe quanto tempo é que o lay-off simplificado demorou a ser aprovado?

- Sei. E há uma coisa que é preciso aqui realçar. É preciso realçar o seguinte: todos os dados...

- Eu vou deixá-la realçar o que entender, mas gostaria de insistir nesta questão. Porque aqui a questão do tempo de reacção é muito importante...

- Claro que é.

- ... e se o lay-off simplificado demorou uma semana a ser aprovado, o que permitiu ajudar milhares de famílias, a minha pergunta para a senhora ministra da Cultura é porque é que o seu ministério demorou três meses.

- Mas o meu ministério... vamos lá a ver... há aqui um ponto que é muito importante realçar: é que Portugal é um estado social, tem um sistema de segurança social de natureza universal, não há nenhuma razão... não há nenhuma razão... não há nenhuma razão para que as pessoas... todas as pessoas, inclusive as que trabalham na agricultura, não estejam abrangidas pelo sistema de apoio social universal. 

 

Excerto de uma entrevista à ministra da Cultura, Graça Fonseca, conduzida pelo jornalista Bento Rodrigues, há pouco, no Primeiro Jornal da SIC


45 comentários

Perfil Facebook

De Antonio Maria Lamas a 31.07.2020 às 15:14

Ou como um Bento vai constar no "index" de São Bento.
Vale uma aposta?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.08.2020 às 10:15

No mínimo, não recebe convite para tomar um drinque.
Perfil Facebook

De Antonio Maria Lamas a 31.07.2020 às 15:16

E assim de Graça em Graça vai o Pais numa desgraça, governado por um sem graça apoiado por um engraçadinho.
Tem tudo para acabar a chorar.
Imagem de perfil

De Vorph "ги́ря" Valknut a 31.07.2020 às 15:21

Muito mau. Um exemplo de como o Governo, e o Estado, servem, não para empregar o génio da elite, mas para pagar a gente que, fora da política, teria na mediocridade o seu máximo.

Aqui está uma ou a razão do atraso do país. Um Estado mandado por gente incapaz.
Imagem de perfil

De João Sousa a 31.07.2020 às 22:02

Quando alguém faz toda uma carreira política à conta de ser um permanente komissar do chefe e não por uma qualquer mais-valia pessoal, é inevitável que se dê barraca quando se está por conta própria.

De qualquer forma, de certeza que a senhora não esperava que lhe fizessem perguntas incómodas - principalmente na televisão do grupo ao qual atribuiu cerca de três milhões e meio de euros em "apoios". Dinheiro que, li algures, apesar de vastas vezes publicitado, ainda não começou a chegar aos seus destinatários. Talvez fosse por isso que ao jornalista foi permitido fazer perguntas - o Balsemão está a ficar ansioso com as contas a chegarem...
Imagem de perfil

De Vorph "ги́ря" Valknut a 31.07.2020 às 15:23

PS: à margem, mas ainda dentro do foco. Então o Estado não iria chamar a si o combate aos fogos? Entretanto ainda se alugam aeronaves. Quem sabe se não está aqui, neste inferno, outra forma de financiamento partidário.

Perfil Facebook

De Antonio Maria Lamas a 31.07.2020 às 15:58

Não é à margem. Não são só as florestas que estão a arder, também os artistas, empresários, contribuintes, etc etc.
Sem imagem de perfil

De V. a 31.07.2020 às 16:18

E isto é antes dos drinks (presumivelmente)
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 31.07.2020 às 20:49

Este jornalista não parece nada inclinado a tomar drinques com a ministra. Faz ele muito bem.
Sem imagem de perfil

De V. a 31.07.2020 às 23:54

Ele é o tal que dá as notícias como se os espectadores é que tivessem culpa das desgraças do mundo. Pelo vistos, também faz entrevistas a ralhar com os entrevistados, ahah.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.08.2020 às 10:33

Ainda não aprendeu que o respeitinho é muito bonito e que os membros do Governo da Nação devem ser tratados com a reverência que tão Alta Posição merece e justifica.
Não há direito, questionar Suas Excelências com tamanha falta de consideração.
Sem imagem de perfil

De V. a 01.08.2020 às 12:22

Por mim pode muito bem continuar assim — sobretudo agora que os espiões do governo foram para a TVI para domesticar aquilo, o camarada Bento tem muito mais espaço de manobra
Perfil Facebook

De Marques Aarão a 31.07.2020 às 16:23

O Dr. Costa com gente desta escolhida a dedo para lhe dar cobertura, nunca virá a ter culpa de coisa nenhuma.
Quando os sacos de pancada escolhidos por ele não chegarem, terá sempre à mão a quem endossar a bola e lhe apare as caneladas.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.08.2020 às 10:31

Elementar, meu caro Aarão.
Imagem de perfil

De jpt a 31.07.2020 às 16:30

inacreditável
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 31.07.2020 às 20:43

Desgraça, Fonseca.
Imagem de perfil

De jpt a 31.07.2020 às 23:21

Esta é muito boa, camarada coordenador. Para usar e abusar.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.08.2020 às 10:30

Assim farei, camarada, pela parte que me toca.
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 31.07.2020 às 17:26

Uma Graça sem graça alguma, ou conhecimento de factos, já agora... enfim...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.08.2020 às 10:30

Por menos que aquela graçola sem graça nenhuma acerca dos "drinques" caíram ministros como Manuel Pinho (que levantou dois dedos no alto da testa, a simular corninhos) e João Soares (que prometeu duas bofetadas metafóricas a um comentador político na sua conta de FB).
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.08.2020 às 11:30

Que raio de comparação!!!

Manuel Pinho e João Soares foram ordinários, a ministra não.
Sem imagem de perfil

De JAB a 31.07.2020 às 17:33

Também ouvi e fiquei estupefacto. Mas há muita coisa que ela deveria ter dito e não disse: "Porque é que temos que chamar cultura a tanta porcaria que por aí grassa?" "Porque é que há pessoas que fazem o que bem entendem, e temos que ser nós todos, mesmo os que fazemos cultura e nada recebemos, a pagar-lhes com os nossos impostos?" "Qual foi o critério segundo qual o Estado adquiriu uma série de 'obras de arte' quando diz que não há dinheiro para matar a fome a quem não tem meios, e não tem a "sorte" de ser artista?" "Que fizeram os ditos artistas ao milhões que ganhavam escandalosamente a produzir mediocridade ao longo destes anos?" "Quando é que temos no ministério da cultura um Ljubomir Stanisic que tenha coragem de dizer a muita produção "cultural e artística" que aquilo é uma c***?" E podíamos ir por ai adiante... Mas a nossa MC, como é do mesmo mundo, não tem coragem para dizer isto e como é de um governo PS só sabe falar de apoios do Estado quando quem precisa verdadeiramente continua a não ver nada... Se calhar já é com a fome...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.08.2020 às 10:28

Esta ministra da Cultura parece mais vocacionada para gerir a Agricultura. Daí aquela referência que fez sobre os subsídios aos agricultores.
Imagem de perfil

De João Campos a 31.07.2020 às 19:19

As redes sociais já começaram a desancar o Bento Rodrigues por ser demasiado agressivo e arrogante, como fizeram ao Rodrigo Guedes de Carvalho após a entrevista à ministra da saúde?

Haja quem aperte com esta malta que nos desgoverna.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 31.07.2020 às 20:47

Nem parecem as mesmas redes sociais que ficam eufóricas quando um jornalista da CNN faz perguntas muito incómodas a Trump ou um jornalista da Folha de São Paulo faz perguntas muito incómodas a Bolsonaro.

Será que preferem afinal o modelo da Fox News, sempre muito fofinha para o inquilino da Casa Branca?

Ou acham que os jornalistas da SIC têm o dever de prestar vassalagem à ministra que reservou ao grupo Impresa a mais generosa fatia do recente subsídio (em forma de anúncios) do Governo aos órgãos de comunicação social?
Imagem de perfil

De João Sousa a 31.07.2020 às 22:08

Foram seguramente as mesmas redes sociais que desancaram no José Rodrigues dos Santos quando ele, no espaço de comentário que a RTP deu a José Sócrates, cometeu a imp(r)udência de o confrontar com o seu passado governativo.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.08.2020 às 10:20

O jornalista incomodou Sua Excelência.
Não há direito.
O respeitinho é muito bonito.
A bem da Nação.

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D