Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Uma asfixia tecnológica é que era

por Teresa Ribeiro, em 16.01.15

C:\Documents and Settings\Admin\Ambiente de trabal

 

Mais importante do que controlar a circulação de pessoas seria controlar a circulação de armas. Afinal se um jihadista mata muita gente, um traficante de armas mata muito mais. Mas isto sou eu a sonhar, é claro. Porque estamos a falar de poderes estratosféricos, de vacas sagradas.

A ironia disto tudo é que aqueles trogloditas estão a matar-nos e a difamar-nos, através dos seus sites de propaganda, usando tecnologia nossa. Porque se tudo a que tivessem acesso dependesse da sua expertise, estariam a combater-nos com paus e pedras.   


10 comentários

Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 16.01.2015 às 14:54

Excelente post.
Mas há que ver que as armas são um dos principais produtos de exportação da Europa. A Alemanha, por exemplo, é um país muito pacifista mas é salvo erro o segundo maior exportador de armamento do mundo (creio que exporta mais do que a Rússia).
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.01.2015 às 15:07

Pois e nós carregávamos em cima deles com a nossa. Já o fizemos no processo de colonização.
Sem imagem de perfil

De Manuel Sampaio a 16.01.2015 às 15:37

Aprecio o seu desassombro. Estes dois parágrafos são dois tiros de bazuca, certeiros, na questão de fundo: a nossa civilização. O nosso assombroso avanço tecnológico e as nossas insanáveis contradições .
Sem imagem de perfil

De Cabanas a 16.01.2015 às 15:42

Penso exatamente o mesmo... ou então parar a produção de balas...ehehe...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.01.2015 às 17:53

No passado já asfixiámos muitos povos com a nossa tecnologia. Índios americanos e muitos outros. Vale a pena repetir?
J.P.de Sousa
Sem imagem de perfil

De Maria a 16.01.2015 às 17:55

Excelente Teresa! É no tráfico de armas e na venda das mesmas, a todos e mais alguns que está o maior problema desta sociedade que diz, querer impor a moral, mas que na hora H, são os primeiros a falhar porque esquecem-se que aquelas armas vão matar inocentes. Que se calem, aqueles que o fazem porque esses, jamais, terão moral para falar de assassinos porque são esses, os primeiros a muni-los para que possam cometer os crimes que nos aterram.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.01.2015 às 19:54

"esquecem-se que aquelas armas vão matar inocentes". Sim, mas para que é que servem as armas de guerra? Destinam-se a matar culpados?
Note que, frequentemente, os soldados nem sabem bem por que razão os mandam combater. O soldado obedece, não discute.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 17.01.2015 às 02:34

Opiniões da autora e dos comentadores que são o retrato fiel de produtos saído do jornalismo ocidental.

Como o jornalismo ocidental é culturalmente limitado, temos este espectáculo deprimente.

"Porque se tudo a que tivessem acesso dependesse da sua expertise, estariam a combater-nos com paus e pedras."

Esta noção é xenófoba: só nós é que sabemos fabricar armas.

Se o Paquistão fabrica armas nucleares, acham que tem dificuldade em fabricar o mais variado armamento para este tipo de conflitos? O Iraque por exemplo fabricava as suas armas químicas e rockets de medio alcance que só a França produzia no Ocidente Europeu algo comparável.
O Egipto fabrica de minas, a rockets ,a blindados, a armas ligeiras , artilharia, Uzebekistão, Coreia do Norte, Venezuela, Vietnam etc etc...

Segundo: Se o Hamas, cheios de fome e coitadinhos - jornalistas dixit - fabricam rockets, efp's e armas ligerias artesanais . O que acham que um país pode fabricar?

Terceiro :As armas duram, na Síria hoje também combate-se com STG-44 refugo do exército nazi, no Afeganistão ainda mais antigas com espingardas do tempo das expedições Inglesas. Claro que estas não são a maioira.

Controlar mercado de armas!? Israel consegue controlar as armas do Hamas? haha, agora passem a escala para o Mundo todo.... Pois.

Se o choque do Islamismo Radical nas mentes ignorantes Europeias, é o que é...vai ser giro de ver o choque do armamento, e não falo de quando rockets começarem a ser fabricados na Europa e a caírem em Paris, como o Hamas faz hoje contra as cidades Israelitas.

Lá chegaremos.

Não, o terrorismo Islâmico, não é "trogolodita".
São gente capaz e tem uma missão.
E não precisam da nossa tecnologia em armas para fazerem o que fazem.
Bastam as normais armas ligeiras, explosivos, bazookas e os jornalistas ocidentais.
Aliás com a ajuda dos últimos nem precisam de ganhar a guerra.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.01.2015 às 16:10


Que armas tem o Hamas em relação a Israel? Talvez aí proliferem as artesanais e as pedras, enquanto em Israel as armas são de ponta e de ultima geração, não fossem eles os génios no assunto. Vá até lá e veja, o bonito que é, ver jovens civis armados, por tudo quanto é canto, o que se torna arrepiante a qualquer turista que por ali ande. No Iraque, viu-se o que lá havia de armas nucleares, mas a mentira, perante o mundo, essa, é que ficou bem na mente de cada um de nós. O jornalismo ocidental é deprimente o outro o que é e anda a mando de quem? Dos psicopatas ou dos deuses? Liberdade, é coisa que para esses a quem defende não existe e depois usam o Profeta para se libertarem da ira que os consome. Precisam das armas pois, foram essas armas que eles usaram e não as outras mais remotas. Sabe e sei que sabe, quem são os maiores fabricantes de armas e que hoje, choram os mortes e amanhã vendem-lhes as armas, para continuarem a usar da hipocrisia e chorar mais uns tantos que se vão em nome sabe-se lá de quê..........

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.01.2015 às 17:45

E que acha da asfixia por napalm como nós fazíamos na guerra colonial?

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D