Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Um pacote de batatas fritas

por João Sousa, em 09.02.20

Num degrau de uma das escadas de acesso ao Metro do Cais do Sodré, podem-se ver hoje um pacote de batatas fritas meio derramado e uma garrafa de cerveja vazia. Estão ali, imotos, desde pelo menos sexta-feira de manhã.

As gentes que fazem de conta que gerem os transportes públicos adoram anunciar obras e extensões. A sua utilidade para o utente é, amiúde, pouco óbvia. A utilidade para administradores e governantes, essa, é evidente: oportunidades para distribuir dinheiro - que nunca é o seu - por clientelas; acções de propaganda, generosamente amplificadas pela comunicação social, nas quais se exibem a tesourar fitas físicas e metafóricas - uma fita pelo anúncio do futuro concurso público, uma fita pela efectiva abertura do concurso público, outra pela adjudicação, uma pela primeira pedra, mais uma pelos primeiros carris, uma outra pela inauguração, uma final pelas obras de reparação, e mais algumas de permeio que seguramente esqueci mas a fértil criatividade dos publicitários avençados inventará; e plaquinhas de inauguração deixadas, para iluminação das gerações futuras, incrustadas como fósseis nas paredes e onde se lê um "sua excelência" a preceder o seu nome (e quantas vezes esse nome nega a excelência que o precede).

Eu preferia que aqueles indivíduos, assalariados pelos meus impostos para gerirem um serviço que eu pago e utilizo diariamente, por uma vez começassem por colocar em ordem a casa que têm desordenado nos últimos anos e se preocupassem primeiro com os invólucros, vazios ou não, que conspurcam os chãos durante dias; as baratas que calcorreiam algumas estações e as pulgas que saltitam nalguns barcos; os baldes para goteiras que salpicam corredores e salas de embarque; as escadas rolantes que não rolam e os elevadores que não elevam em dias alternados; as cancelas que validam passes mas não abrem; as máquinas de bilhetes avariadas; as estações sem um único funcionário para auxiliar (se para aí estiver virado) os passageiros...


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D