Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Um epitáfio

por Rui Rocha, em 08.01.17

As contradições de Soares salvaram o país da coerência de Cunhal.

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De isa a 08.01.2017 às 22:02

Tenho resistido à tentação de comentar este assunto porque, propositadamente, nem sequer tenho visto a informação "tradicional" e, como tenho boa memória e pouco "detergente", esta tendência de amnésia e de apostar nos "floreados", quando alguém "passa para o outro lado", na realidade, não faz parte da minha natureza.
No entanto, um epitáfio adequado seria recordando as palavras de quem o conhecia melhor do que ninguém, a própria Maria Barroso que o descreveu como "um menino a quem a vida satisfez todos os caprichos" que, em conjunto com outras coisas, podem reler aqui:

http://www.cmjornal.pt/mais-cm/domingo/detalhe/mimado-mulherengo-e-socialista

O problema deste País tem sido, precisamente, os "meninos" que nunca se transformam em adultos responsáveis ou, no mínimo, responsabilizados por aquilo que fazem. Como o exemplo tem, sempre, de vir de cima, hoje até temos cidadãos que sofrem do mesmo mal, imaginando que, com birras e, apenas, concentrados nos seus desejos imediatos, para eles, nunca chegará o dia de enfrentar as verdadeiras dificuldades ou as consequências das suas escolhas porque, em último caso e, como de costume, culparão "os papás meninos" passados ou presentes.

No entanto, tenho pena que ele tenha falecido, agora que estamos prestes a "saborear", em pleno, a nossa entrada na U.E., sem Referendo nem Debates.
Sem imagem de perfil

De Soares é fixe a 09.01.2017 às 08:51

Para uma apologista do amor livre, revela-se um pouco preconceituosa. Mário Soares, tal como a Isa, devem ter lido Osho. ..que grande sorte tem aquele a quem vida satisfez todos os caprichos.
Sem imagem de perfil

De isa a 09.01.2017 às 12:24

Mas onde é que ouviu essa do amor livre? O que eu digo é que adultos responsáveis não precisam de delegar o Poder em "grupinhos"e, mesmo numa versão soft tem o caso dos Suíços onde há Referendos para quase tudo e onde os políticos não poderem "abusar" do Poder que têm e, deve ser por "acaso", não terem uma percentagem de dívida referente ao PIB, como os outros "inteligentes" todos, de 134,18%, 143,22, 103,32 e até bem menor do que a da Alemanha cujo PIB nem se lhe compara e, já vão com 78,06% mas, 15,84% ou outros que só por não terem o euro, conseguem uma percentagem bem menor. Raposas a guardar galinheiros, só para quem goste de enfiar barretes ou comer nas mesmas gamelas.
Sem imagem de perfil

De Charrua a 09.01.2017 às 14:12

A Isa é uma anarca. Acredita na boa natureza humana. Segue Rosseau. Eu sigo o Hobbes e acredito que somos animais, por natureza, cruéis. Acredito na democracia parlamentar, e não na popular. Quanto aos suíços não os admiro em nada, todos uma cambada de calvinistas cruéis.

"O referendo da Suíça, em 2014, teve um resultado que não é só embaraçoso para a União Europeia. É uma vergonha para os suíços. Ou melhor para os 50,3% dos suíços que foram na cantiga da extrema-direita contra os imigrantes"

E depois perde tempo com as cantilenas do Bundaberg e nem olha para quem lhe serve de exemplo. Muita parra e pouco Osho.

Quanto a gamelas, se fossemos seguir os seus exemplos/ideologia era de onde, decerto, passaríamos a comer.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D