Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




«Tu tens tudo e estás a pedir?»

por Pedro Correia, em 27.02.19

0a4b92e62d4df64a9c847ad30fa6c76d (1).jpg

Um jovem - provavelmente estrangeiro, talvez estudante - toca clarinete. Na Rua 5 de Outubro, que sobe da Praça do Giraldo para a Sé. Já cheia de turistas, que demandam Évora em cada vez maior número. Estamos ainda no Inverno, mas só para efeitos de calendário: com 23 graus, inundada de sol, a capital do Alentejo respira uma Primavera antecipada. O vendedor ambulante de castanhas coexiste sem surpresa com o precoce comércio de gelados.

O jovem, aparentemente indiferente a quem passa, toca Eu Sei Que Vou Te Amar. Um vagabundo eborense, bem conhecido na cidade, passa por ele, mira com aparente desdém as quatro moedas depositadas num boné posto no chão em frente do imberbe instrumentista, e lança-lhe a pergunta retórica: «Tu tens tudo e estás a pedir?»

Dito isto, à laia de bofetada verbal, afasta-se em passo lento e de queixo levantado. Não obtém resposta. Do clarinete soam agora os acordes do majestoso final do Lago dos Cisnes, como num apelo aos transeuntes distraídos. No boné permanecem só quatro moedas, embora haja espaço para muitas mais.

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Bea a 27.02.2019 às 15:02

Ora aqui está uma rua que até conheço e há anos que não piso.
Foi em Évora, mas podia ser noutro lugar. Os portugueses em geral não valorizam quem toca para eles e nem sequer param(os) a ouvir como fazem tantos estrangeiros e fazemos nós mesmos se viajamos. O possível estudante não tem tudo, mas terá um pouco mais do que o vagabundo.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 27.02.2019 às 15:26

Adorei esta frase, saída de forma tão espontânea. Tive logo de passá-la a escrito.
Perfil Facebook

De Rão Arques a 27.02.2019 às 18:08

O queixo levantado estava interessado no boné, mas como estava ocupado com poucas moedas destroçou.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 27.02.2019 às 18:23

Também me pareceu.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D