Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Travou no último instante

por Paulo Sousa, em 12.01.21

MRS.jpg

Marcelo Rebelo de Sousa disse hoje à RTP, à porta de sua casa, que estava muito irritado com as autoridades de saúde.

"Sinto-me muito irritado porque não me dão, por escrito, uma posição sobre se eu podia ir ao debate ou não. Portanto, não tendo uma posição, esperei, esperei. A primeira posição era que eu podia ir, a segunda é que não, verbalmente.” (…) “Estou à espera, quando chegar, como é natural, já não tenho tempo para ir ao debate”.

Reconheceu ainda que o Presidente tem de ser tratado como “qualquer cidadão comum”, mas considera que “merece uma resposta”.

Eu vi as imagens, e de facto o nosso PR estava irritado. Bem sabemos do seu talento em representar o típico gajo tuga. Cheguei mesmo a pensar que, num excesso de inspiração teatral, lhe ia sair uma daquelas clássicas: “Isto só neste país, pá!”. Mas não. Lá se conteve.


19 comentários

Imagem de perfil

De jpt a 13.01.2021 às 00:15

Completamente surreal. E depois "populista" é o outro ...
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 13.01.2021 às 08:51

Depois participou no debate a partir de casa e, não fosse o vírus escapar-se pelo sinal digital, teve sempre máscara. Não há que arriscar.
A vitimização é a estratégia de mobilização escolhida pelo professor. Esta mascara vem na linha do episódio do viryssoise.
Sem imagem de perfil

De V. a 14.01.2021 às 10:08

Não pretendo desconstruir o seu mui válido argumento, mas provavelmente tinha lá alguém com ele a filmá-lo e a metê-lo online.
Sem imagem de perfil

De sampy a 13.01.2021 às 05:43

Artigo 23 do regulamento do funcionalismo público socialista:
"Quando cheirar a sarilho, nunca pôr nada por escrito".
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 13.01.2021 às 08:52

A pedra e palavra lançada... já não volta para trás.
Perfil Facebook

De Marques Aarão a 13.01.2021 às 08:49

"Quanto mais longa a explicação, maior é a mentira"
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 13.01.2021 às 09:57

“Everybody lies”
Dr House
Sem imagem de perfil

De balio a 13.01.2021 às 09:25

o Presidente tem de ser tratado como “qualquer cidadão comum”

Pois, mas não foi. A um cidadão comum fazem um só teste e, se dá positivo, mandam-no ficar fechado em casa tantas semanas quantas as necessárias até que um outro teste dê (por sorte) negativo. A Marcelo, tendo um teste dado positivo, fizeram logo mais dois ou três para ver se davam negativo.
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 13.01.2021 às 09:56

Dois ou três teste... por semana. Quantos já terá feito até agora?
Sem imagem de perfil

De V. a 14.01.2021 às 10:10

Errado. O presidente é o presidente, não é um cidadão comum. Se correm comigo da estrada para ele passar, então é porque ele é mais importante do que eu.
Sem imagem de perfil

De balio a 14.01.2021 às 11:42

O presidente é o presidente, não é um cidadão comum.

Com certeza. Mas Marcelo parece não estar de acordo consigo, pois disse que tinha que ser tratado como "qualquer cidadão comum".
Sem imagem de perfil

De V. a 15.01.2021 às 19:29

São as falsas modéstias dele. Percebe-se a intenção, mas não é verdade

Já quando o Armando Vara passava à frente de pessoas no consultório a dizer "sabem quem eu sou?" aí já era abuso de poder.
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 13.01.2021 às 09:52

Vamos ter novo grupo prioritário? Este país não pode viver sem políticos...
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 13.01.2021 às 09:58

Não pode viver sem portugueses. Esse é o maior problema.
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 13.01.2021 às 15:34

Há quem defenda que o maior problema de Portugal é haver portugueses
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 13.01.2021 às 18:38

Depende do ponto de vista.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.01.2021 às 11:28

É uma vergonha!!!
Irritado estou eu não dão a vacina ao Marcelo!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.01.2021 às 12:09

Alguém que lha leve de França!
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 13.01.2021 às 14:46

Isto foi mesmo verdade? Não sou um apoiante de Marcelo, bem longe disso, mas se este "lavar de roupa suja" foi verdade, desta vez é motivo para dizer "passou-se". Tendo em conta que há tempos culpou os portugueses pelo aumento de casos e agora os chamou laxistas já são pérolas a mais.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D