Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Perpétuo Engano de um Aluno do 9º Ano

por Francisca Prieto, em 01.07.15

 

Navegávamos em auto mar

Perpétuos Enganos

por Francisca Prieto, em 23.01.15

Telefonista de agência de publicidade passando a indicação da morada de um estúdio de som a um cliente: "sim, sim, na Rua Luxuriante, ali no Bairro Alto".

E desde então, nunca mais a Rua Luz Soriano foi para mim a mesma.

Perpétuo Engano do Rui Rocha

por Francisca Prieto, em 12.07.14

Zé Cafonso

 

Perpétuo Engano da Nossa Comentadora Isabel Mouzinho

por Francisca Prieto, em 10.07.14

Avenida do Clolé

 

Perpétuo Engano da Minha Prima Catarina

por Francisca Prieto, em 07.07.14

Durante toda a infância, a minha prima Catarina andou enganada a cantar em plenos pulmões o cântico de missa:

"Como (do verbo comer) um veado à ceia, p'las águas vivas. Assim minh'alma, anseia, por Vós Senhor.", o que não lhe fazia lá grande sentido, até que um dia deu finalmente de caras com o texto e verificou que afinal não havia qualquer componente degustativa na prece. Dizia o texto: "como um veado anseia p'las águas vivas, assim minh'alma anseia, por Vós Senhor.

Perpétuos Enganos

por Francisca Prieto, em 06.07.14
Austin Martin

Perpétuo Engano do meu amigo Bernardo

por Francisca Prieto, em 04.07.14

"I used to love her, then I had to kill her", by Guns & Roses. Ou "I used to love, then I had Tequilla", pelo meu amigo Bernardo.

Perpétuos Enganos

por Francisca Prieto, em 30.06.14

Nadação

Perpétuo Engano do meu Amigo Jorge

por Francisca Prieto, em 25.06.14

Relembremos um grande êxito do Rui Veloso, que versa:

"Disseste que se eu fosse ao gás, tu tiravas o vestido. E o prometido é devido."

Perfeitamente credível, defendia ele, já que, a seguir, a canção prossegue com "e eu que vinha de tão longe, do outro lado da rua", e uma pessoa ficava a achar que, de facto,  não era pêra doce alombar com uma bilha às costas e vir do outro lado da rua.

Perpétuos Enganos

por Francisca Prieto, em 24.06.14

Bilhete de Dente e Idade

Perpétuos Enganos

por Francisca Prieto, em 22.06.14

Partida, lagarta, fugida.


O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D