Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Leituras ao domingo

por Diogo Noivo, em 06.03.16

nadademelancolia.jpg

 

OS FILISTEUS

“O nome deste povo vencido ficou associado a um ostensivo desprezo pelas artes, por razões que desconheço. O que sei é que existem imensos filisteus nesse sentido comum. E não são proletários nem analfabetos: são burgueses licenciados, com bons empregos, boa situação económica e atitudes socialmente elitistas. Eles no entanto fazem questão de “não ler bons livros nem ver bons filmes”. Ou seja: fazem questão de anunciar isso aos outros, com grande orgulho.

[…] Cada um lê e ouve e compra o que quer (ou o que pode) e ninguém tem nada com isso. Não me passa pela cabeça achar que um tipo «culto» é mais recomendável que um tipo «inculto». O que me faz impressão não é o filistinismo: é o orgulho dos filisteus. Acho ridículo que alguém se considere acima dos outros porque é «culto». Mas também não percebo esses tipos que proclamam, ufanos, a sua incultura. […].

Eu creio que esta gente faz das fraquezas forças. Goza com o que não conhece, ataca o que não entende, mas há nisso uma fragilidade quase tocante. As pessoas sentem uma inferioridade (sem sentido) que transformam em superioridade (igualmente sem sentido). Às vezes pressinto uma secreta vontade de outros hábitos culturais, mais exigentes, mas é uma vontade logo reprimida, como se fosse o surgimento incómodo de desejos homossexuais num homem casado. Tenho por isso alguma piedade dos filisteus”.

 

Pedro Mexia (2008), Nada de Melancolia, Lisboa: Tinta-da-China, p. 55-56.

Autoria e outros dados (tags, etc)


O nosso livro





Posts mais comentados


Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D