Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Injustiçado fui eu...

por Sérgio de Almeida Correia, em 11.10.14

mario-soares-isaltino-c2d0.jpg... por nunca ter querido usar aventais, recusar ser sacristão em paróquias alheias e fazer questão de pagar os meus charutos e viagens com o produto do meu trabalho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cilicídio

por Rui Rocha, em 28.01.13

O DN dedicou nos últimos dias uma Grande Investigação ao Opus Dei. Pelo que vi, o trabalho jornalístico não trouxe grandes novidades. Em todo o caso, realce-se o facto, que desconhecia, de a obra ser dirigida pelo Espírito Santo. José Rafael, no caso. Parece-me muito bem. Nomen est omen, diziam os latinos. E não podendo a missão ser assegurada pelo Pai ou pelo Filho themselves, creio que é o melhor que se pode arranjar. Parecendo que não, transmite uma certa ideia de coerência. Mal comparado, é como se o grão-mestre de uma loja maçónica trabalhasse nas obras. Também sem surpresa é o facto de a Maçonaria ter, hoje por hoje, mais influência do que o Opus. Pelo visto, o melhor que a obra conseguiu foram duas Presidências da Assembleia da República e meia-dúzia de banqueiros mais ou menos falidos. Feitas as contas assim por alto, deve sair  a coisa à razão de cinquenta milhões de vergastadas por cada cargo honorífico. No ramo do tráfico de influências, a Maçonaria é uma espécie de grande superfície e o Opus um pequeno negócio de proximidade com margens esmagadas. No fundo, é um sinal dos tempos. Tirando a Pépa, pouca gente está disponível para fazer sacrifícios. E o avental aperta muito menos do que o cilício. Claro, quando o líder afirma que tanto lhe faz que uma pessoa do Opus seja Presidente da AR ou mulher de limpeza, isso pode causar-nos algum espanto. Mas, se virmos bem, faz todo o sentido. Não tenho os números oficiais, mas dos mil e tal membros do Opus, mais de metade devem ser mulheres de limpeza. Aliás, ou me engano muito ou já houve para aí uma queixa da IURD à Autoridade da Concorrência por abuso da posição dominante no mercado das domésticas. E depois, as mulheres de limpeza têm uma actividade profissional muito adequada à concretização de certas mortificações. Quando estão a esfregar as escadas, podem aproveitar para pôr os bagos de milho debaixo dos joelhos. E confesso que também não me surpreende a composição do index das obras literárias. O Cândido do Voltaire está muito bem visto. Todos sabemos quanta sedição se esconde sob o fino véu da ingenuidade. Da mesma forma, a ninguém passa despercebido o potencial libidinoso induzido pela ausência de pontuação em Saramago. É claro que, para a protecção das almas ser completa, talvez também se pudessem incluir na lista as obras de S. Tomás de Aquino, tal como em sua e boa hora fez o piedoso bispo Étiennne Tempier de Paris. Mas nada é perfeito. E em  caso de necessidade, há sempre por aí à mão um látego prontinho para flagelar as nádegas.

Autoria e outros dados (tags, etc)


O nosso livro





Posts mais comentados


Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D