Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Delito de Opinião

Nós

Pedro Correia, 15.01.22

Nos últimos cinco anos, registámos 2,7 milhões de visitas e 6 milhões de visualizações no DELITO DE OPINIÃO. Confirmando a vitalidade do nosso blogue, já no 14.º ano de existência.

Fica o registo, que talvez interesse aos apreciadores de dados estatísticos. E para mais tarde recordar.

Treze anos e 43.620 postais depois

Pedro Correia, 05.01.22

7827192_CP7dZ.jpeg

 

O DELITO DE OPINIÃO nasceu faz hoje 13 anos. Releio o primeiro postal aqui publicado, em jeito de estatuto editorial, e julgo não haver razão para mudar uma vírgula desse texto. Muito antes pelo contrário.

É o momento certo e o dia mais indicado para reproduzi-lo nas linhas que se seguem.

 

.....................................................................

 

DELITO DE OPINIÃO, como o nome indica, é um blogue apostado na reflexão e na análise dos mais diversos temas relacionados com a actualidade, sem receio de exprimir convicções claras e fortes nem de confrontar opiniões numa sociedade onde se regista um défice permanente de debate.

 

1. É um blogue não programático, o que não significa ausência de convicções. E é um blogue que considera o exercício da crítica um valor permanente numa sociedade democrática.

 

2. É um blogue que acompanha os assuntos políticos, numa perspectiva não doutrinária, mas que não esgota aqui os seus focos de interesse. As artes e as letras, a cultura em geral, e todos os aspectos relevantes da vida quotidiana merecerão a nossa atenção.

 

3. É um blogue aberto a comentários, que pretende acolher e estimular, na convicção de que a interactividade com os leitores é indissociável deste meio de comunicação. Mas sem confundir a livre troca de ideias com a tolerância perante insultos ou expressões difamatórias, que não terão aqui acolhimento.

 

4. É um blogue que acredita na diversidade de ideias, sem contemporizar com extremismos de qualquer espécie, e que congrega autores oriundos de diferentes formações académicas, múltiplas áreas profissionais e várias zonas do País.

 

5. É um blogue que considera a língua portuguesa um património a defender, preservar e valorizar. E que faz da boa utilização do nosso idioma uma das suas prioridades.

 

.....................................................................

 

Entramos agora no décimo quarto ano, com 470.759 visitas e 1.194.957 visualizações registadas ao longo de 2021. Fiéis aos valores enunciados no primeiro dia.

Entre os mais comentados

Pedro Correia, 04.01.22

Em 23 destaques feitos pelo Sapo em Dezembro, entre segunda e sexta-feira, para assinalar os dez blogues nesses dias mais comentados nesta plataforma, o DELITO DE OPINIÃO fez quase o pleno, recebendo 22 menções ao longo do mês. 

Incluindo cinco textos na primeira posição, cinco na segunda e cinco na terceira.

 

Os postais foram estes, por ordem cronológica:

 

CNN apareceu, SIC em mobilização total (24 comentários)

Da rádio pirata ao palco global (50 comentários, segundo mais comentado do dia) 

O regresso ao social-fascismo (70 comentários, segundo mais comentado do  fim de semana)

Com seis meses de atraso (78 comentários, o mais comentado do dia)

Como se o país fosse uma mesa de matraquilhos (54 comentários, o mais comentado do dia)

«Preparadíssimo para ser primeiro-ministro» (20 comentários)

Os sinais da História (62 comentários, o mais comentado do dia)   

Fim de semana (12) (42 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana) 

Defraudado e desapontado (32 comentários, terceiro mais comentado do dia) 

Frederico e o legado que Hitler destruiu (30 comentários)

Uma chave para decifrar o mundo (60 comentários, o mais comentado do dia)

Realidade paralela (46 comentários)

Fim de semana (13) (50 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana)

A tecnologia blockchain - I (30 comentários, segundo mais comentado do dia)

Porta de entrada (35 comentários, terceiro mais comentado do dia

Um teste por dia, nem sabe o bem que lhe fazia! (26 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Pôr as coisas em perspectiva (26 comentários)

O sorriso de Deus (30 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

Pensamento da semana (39 comentários, segundo mais comentado do dia)

Milagre de Natal (20 comentários)

Governo negacionista (82 comentários, o mais comentado do dia)

Legislativas: 36 debates (39 comentários)

 

Com um total de 945 comentários nestes postais. Da Beatriz Alcobia, do Paulo Sousa, do JPT, do João Pedro Pimenta, da Cristina Torrão, da Maria Dulce Fernandes, da Teresa Ribeiro, da Zélia Parreira e de mim próprio.

Fica o agradecimento aos leitores que nos dão a honra de visitar e comentar.

Entre os mais comentados

Pedro Correia, 02.12.21

Em 22 destaques feitos pelo Sapo em Novembro, entre segunda e sexta-feira, para assinalar os dez blogues nesses dias mais comentados nesta plataforma, o DELITO DE OPINIÃO fez quase o pleno, recebendo 21 menções ao longo do mês. 

Incluindo quatro textos na primeira posição, oito na segunda e quatro na terceira.

 

Os postais foram estes, por ordem cronológica:

 

Estranhos companheiros de caminho (42 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Devia ir a ministro das Finanças (30 comentários, segundo mais comentado do dia)

O operário que ousou quebrar as grilhetas (28 comentários) 

Notícias do pântano (46 comentários, segundo mais comentado do  fim de semana)

O regresso da Educação para a Cidadania (62 comentários, terceiro mais comentado do dia)

A mudança política em curso (47 comentários, o mais comentado do dia)

Há sempre alguém que diz não (26 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Rio & Rangel (51 comentários, o mais comentado do dia)   

Ponteiros trocados (54 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana) 

Pensamentos à frente de uma bica (56 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Esquerda, direita (28 comentários)

Ser mulher na sociedade actual (20 comentários) 

Alta pressão em maré baixa para o Bloco (28 comentários)

Uma crise de ambição (51 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

Pensamento da semana (52 comentários, segundo mais comentado do dia)

Viana é "interior"? (26 comentários)

O criador da Geringonça (48 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Reconciliação histórica (51 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Esta gente ensandeceu de vez (86 comentários, o mais comentado do fim de semana)

As novas beatas (80 comentários, o mais comentado do dia)

A francesa a arranhar inglês em Portugal (56 comentários, segundo mais comentado do dia)

 

Com um total de 958 comentários nestes postais. Do Paulo Sousa, do JPT, da Joana Nave e de mim próprio.

Fica o agradecimento aos leitores que nos dão a honra de visitar e comentar.

Entre os mais comentados

Pedro Correia, 02.11.21

Em 21 destaques feitos pelo Sapo em Outubro, entre segunda e sexta-feira, para assinalar os dez blogues nesses dias mais comentados nesta plataforma, o DELITO DE OPINIÃO fez o pleno, recebendo 21 menções ao longo do mês. 

Incluindo seis textos na primeira posição, nove na segunda e cinco na terceira.

 

Os postais foram estes, por ordem cronológica:

 

Um retrato do País oficial (60 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana) 

Pensamento da semana (74 comentários, o mais comentado do dia)

5 de Outubro (20 comentários) 

Nunca entrar em campo a jogar para o empate (54 comentários, segundo mais comentado do dia)

Ver para crer (39 comentários, segundo mais comentado do dia)

O genocida que gostava de ler (70 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

O sabor do mercado? (25 comentários, segundo mais comentado do dia)

Pedir desculpas pelo passado nacional (30 comentários, terceiro mais comentado do dia)   

Uma bofetada na justiça portuguesa (58 comentários, o mais comentado do dia) 

Uma certa forma de governar (34 comentários, segundo mais comentado do dia)

Novo rumo (36 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana)

Primeiro dia (88 comentários, o mais comentado do dia) 

O dia em que a I República morreu (32 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Querem imitar a vida mas estão longe dela (80 comentários, o mais comentado do dia)

Outro grito de alarme contra a "má moeda" (44 comentários, segundo mais comentado do dia)

Linguagem inclusiva (60 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

Tudo isto é poucochinho (64 comentários, o mais comentado do dia)

O fim da geringonça (44 comentários, terceiro mais comentado do dia) 

Dia de emoções fortes (84 comentários, segundo mais comentado do dia)

Como vitamina num país de crise em crise (72 comentários, o mais comentado do dia)

Da irrevogável decadência (60 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

 

Com um total de 1128 comentários nestes postais. Do JPT, do Paulo Sousa, da Cristina Torrão e de mim próprio.

Fica o agradecimento aos leitores que nos dão a honra de visitar e comentar.

Entre os mais comentados

Pedro Correia, 01.10.21

Em 22 destaques feitos pelo Sapo em Setembro, entre segunda e sexta-feira, para assinalar os dez blogues nesses dias mais comentados nesta plataforma, o DELITO DE OPINIÃO recebeu 21 menções ao longo do mês. 

Incluindo dois textos na primeira posição, quatro na segunda e cinco na terceira.

 

Os postais foram estes, por ordem cronológica:

 

Luzes, câmaras, acção: há um novo herói na política (26 comentários) 

A Lisboa de Medina (11) (46 comentários, o mais comentado do dia)

Felizmente há livros (22 comentários) 

A propósito de Paulo Rangel (47 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Das vacinas aos vinhos passando pelos golos (32 comentários, segundo mais comentado do dia)  

Dez livros para comprar na Feira (20 comentários)

O dia mais longo (26 comentários)

Pensamento da semana (48 comentários, terceiro mais comentado do dia)   

Os mesmos (26 comentários) 

Do IMI em Braga à batalha de Waterloo (36 comentários, segundo mais comentado do dia)

A arte de resistir à sedução do poder (26 comentários)

Renotícias para caçar votos (74 comentários, segundo mais comentado do fim de semana) 

A Lisboa de Medina (16) (38 comentários, terceiro mais comentado do dia)

A Lisboa de Medina (17) (44 comentários, segundo mais comentado do dia)

A Lisboa de Medina (18) (28 comentários)

Ainda os insultos a Ferro Rodrigues (33 comentários)

Como dar xeque-mate ao lugar-comum (32 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana) 

A Lisboa de Medina (22) (146 comentários, o mais comentado do dia)

O campeonato dos pequeninos (36 comentários)

Contas à moda do Porto (34 comentários)

Entre o Terreiro do Paço e São Bento (42 comentários, terceiro mais comentado do dia)

 

Com um total de 862 comentários nestes postais. Do JPT e de mim próprio.

Fica o agradecimento aos leitores que nos dão a honra de visitar e comentar.

Entre os mais comentados

Pedro Correia, 02.09.21

Em 23 destaques feitos pelo Sapo em Agosto, entre segunda e sexta-feira, para assinalar os dez blogues nesses dias mais comentados nesta plataforma, o DELITO DE OPINIÃO recebeu 21 menções ao longo do mês. 

Incluindo três textos na primeira posição, seis na segunda e três na terceira.

 

Os postais foram estes, por ordem cronológica:

 

A Madeira já é independente? (40 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana) 

Os 25 mais infectados (22 comentários)

Retrato do País em sete dias de telejornal (28 comentários) 

A Lisboa de Medina (2) (48 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Proibir o verde (68 comentários, o mais comentado do dia)  

O salto de Pichardo para a liberdade (60 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

A Lisboa de Medina (4) (42 comentários, segundo mais comentado do dia)

Água radioactiva e velocidade no asfalto (26 comentários)   

Um dia perfeito (28 comentários) 

Pensamento da semana (36 comentários)

Partir os dentes à reacção (46 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Cabul, Agosto de 2021 (44 comentários, segundo mais comentado do dia)

A alimentação escolar (65 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Madre Superiora e a castidade sanitária (60 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Pensamento da semana (28 comentários)

Uma enorme contradição (62 comentários, o mais comentado do dia)

Omnipresente, embora ainda não omnipotente (22 comentários) 

A Lisboa de Medina (8) (64 comentários, segundo mais comentado do dia)

A Lisboa de Medina (9) (34 comentários)

A Lisboa de Medina (10) (68 comentários, segundo mais comentado do dia)

Liberdade sim, mas só para nós (42 comentários)

 

Com um total de 952 comentários nestes postais. Da Teresa Ribeiro, do João Sousa, do JPT, do Diogo Noivo e de mim próprio.

Fica o agradecimento aos leitores que nos dão a honra de visitar e comentar.

Entre os mais comentados

Pedro Correia, 01.08.21

Em 21 destaques feitos pelo Sapo em Julho, entre segunda e sexta-feira, para assinalar os dez blogues nesses dias mais comentados nesta plataforma, o DELITO DE OPINIÃO recebeu 21 menções ao longo do mês. Fazendo assim o pleno.

Incluindo seis textos na primeira posição, seis na segunda e dois na terceira.

 

Os postais foram estes, por ordem cronológica:

 

O mistério da morte na auto-estrada (2) (110 comentários, o mais comentado do dia) 

Proibir o sexo (68 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Sair à rua dá cadeia: cheira a ditadura (68 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Contagiado pelo vírus do futebol (24 comentários)

Frases de 2021 (18) (24 comentários, segundo mais comentado do dia)  

O que ele disse (38 comentários, o mais comentado do dia)

Os palavrões do costume (24 comentários)  

Reservado o direito de admissão (101 comentários, segundo mais comentado do dia)   

O regime (30 comentários, terceiro mais comentado do dia) 

África do Sul em chamas (32 comentários)

O discurso da ditadura (26 comentários) 

Estraga tudo em que mexe (82 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

É um problema do País (40 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Contra a estupidez (100 comentários, o mais comentado do dia)

Parem as máquinas: há calor no Verão (36 comentários)

O estilo Costa (28 comentários)

Rogério Alves: «Chorei pela última vez no dia 24 de Abril de 1974» (26 comentários) 

Polémico e contraditório até ao fim (84 comentários, o mais comentado do dia)

Antes pôr as mãos na água do que no fogo (56 comentários, o mais comentado do dia)

Apanhado em excesso de velocidade (74 comentários, segundo mais comentado do dia)

A Lisboa de Medina (1) (62 comentários, segundo mais comentado do dia)

 

Com um total de 1133 comentários nestes postais. Do JPT e de mim próprio.

Fica o agradecimento aos leitores que nos dão a honra de visitar e comentar.

Entre os mais comentados

Pedro Correia, 02.07.21

Em 22 destaques feitos pelo Sapo em Junho, entre segunda e sexta-feira, para assinalar os dez blogues nesses dias mais comentados nesta plataforma, o DELITO DE OPINIÃO recebeu 18 menções ao longo do mês. 

Incluindo oito textos na primeira posição e três na segunda.

 

Os postais foram estes, por ordem cronológica:

 

A culpa é do Sporting (38 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Portugueses, cidadãos de segunda (46 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Os novos censores andam aí (52 comentários) 

O que a pandemia separou, o futebol uniu (44 comentários, segundo mais comentado do dia)

Pregar um estalo (34 comentários, segundo mais comentado do dia)  

O correspondente do Kremlin (106 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Pensamento da semana (56 comentários)  

Holandês, dos Países Baixos (114 comentários, o mais comentado do dia)   

Sinto-me desactualizado (18 comentários) 

Porto, Portugal, República Portuguesa (44 comentários, o mais comentado do dia)

Trabalho juvenil (40 comentários) 

Pensamento da semana (41 comentários)

Frases de 2021 (15) (38 comentários, o mais comentado do dia)

Que diferença (30 comentários)

Tudo ao molho e fé em Deus (70 comentários, o mais comentado do dia)

Uma enorme vaia (80 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Já abriu a época da caça ao voto (48 comentários) 

O mistério da morte na auto-estrada (64 comentários, o mais comentado do dia)

 

Com um total de 963 comentários nestes postais. Do Paulo Sousa, do João Pedro Pimenta e de mim próprio.

Fica o agradecimento aos leitores que nos dão a honra de visitar e comentar.

Entre os mais comentados

Pedro Correia, 02.06.21

Em 22 destaques feitos pelo Sapo em Maio, entre segunda e sexta-feira, para assinalar os dez blogues nesses dias mais comentados nesta plataforma, o DELITO DE OPINIÃO recebeu 19 menções ao longo do mês. 

Incluindo sete textos na primeira posição e três na segunda.

 

Os postais foram estes, por ordem cronológica:

 

Em Portugal, ao primeiro dia do mês de Maio (50 comentários) 

A glamorização dos assassinos (60 comentários, segundo mais comentado do dia)

Australopiteco (62 comentários) 

Nem pensar (54 comentários)

A hora da indignação (32 comentários)  

Livrem-se (50 comentários, o mais comentado do dia)

Uma alegria imensa (84 comentários, o mais comentado do dia)  

Palheiro já existe, só falta a agulha (22 comentários)   

Reflexão do dia (36 comentários) 

Queres vacina? Toma (90 comentários, o mais comentado do dia)

Tempos de incerteza (32 comentários) 

O caos (42 comentários, segundo mais comentado do dia)

O futuro já não é o que era (42 comentários, segundo mais comentado do dia)

Os Óscares já não são o que eram (66 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Quando o justiceiro cala o bico (64 comentários, o mais comentado do dia)

Não entenderam nada (60 comentários, o mais comentado do dia)

O dinheiro não cai do céu (18 comentários) 

O país numa imagem (26 comentários)

Patriarcado (55 comentários, o mais comentado do fim de semana)

 

Com um total de 955 comentários nestes postais. Do Paulo Sousa, da Zélia Parreira, da Cristina Torrão e de mim próprio.

Fica o agradecimento aos leitores que nos dão a honra de visitar e comentar.

Entre os mais comentados

Pedro Correia, 01.05.21

Em 21 destaques feitos pelo Sapo em Abril, entre segunda e sexta-feira, para assinalar os dez blogues nesses dias mais comentados nesta plataforma, o DELITO DE OPINIÃO recebeu 21 menções ao longo do mês. Fazendo o pleno.

Incluindo um texto na primeira posição, seis na segunda e cinco na terceira.

 

Os postais foram estes, por ordem cronológica:

 

Há coisas que nem no primeiro de Abril têm piada (26 comentários, terceiro mais comentado do dia) 

Pensar que há árvores que morrem para isto (45 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

"Impedidos de beber café ao balcão" (72 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Isto é jornalismo (32 comentários)

O legado de Sócrates (60 comentários)  

Um homem que amava a vida (34 comentários)

Um concorrente feroz (62 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)  

Faz sentido (56 comentários, terceiro mais comentado do dia)   

Desde já uma das palavras do ano (28 comentários) 

O triunfo do ódio e da iliteracia (96 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana)

Era rico mas pedia dinheiro (46 comentários) 

Para inglês ver (49 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana)

Pensamento da semana (80 comentários, segundo mais comentado do dia)

Uma pergunta muito simples (70 comentários, segundo mais comentado do dia)

A hilariedade do pagem na mangedoura (80 comentários, segundo mais comentado do dia)

A liberdade não tem donos (46 comentários)

Grandes romances (33) (36 comentários) 

Não acerta uma (42 comentários)

Ética, substantivo sem adjectivos (56 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Rui Moreira (35 comentários)

Conversa portuguesa, com certeza (70 comentários, o mais comentado do dia)

 

Com um total de 1122 comentários nestes postais. Da autoria do João Sousa, da Zélia Parreira, do Paulo Sousa, do JPT e de mim próprio.

Fica o agradecimento aos leitores que nos dão a honra de visitar e comentar.

Entre os mais comentados

Pedro Correia, 01.04.21

Em 22 destaques feitos pelo Sapo em Março, entre segunda e sexta-feira, para assinalar os dez blogues nesses dias mais comentados nesta plataforma, o DELITO DE OPINIÃO recebeu 20 menções ao longo do mês. 

Incluindo seis textos na primeira posição, cinco na segunda e três na terceira.

 

Os postais foram estes, por ordem cronológica:

 

O respeitinho é muito bonito (40 comentários, o mais comentado do dia) 

Atrasados nisto também (98 comentários, o mais comentado do dia)

O método Costa (52 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Os ricos que paguem a crise! (41 comentários)

Liberdade sobre rodas (61 comentários)  

Pensamento da semana (68 comentários, segundo mais comentado do dia)

O centenário do PCP (56 comentários)  

Não de todos: só da maioria (66 comentários, o mais comentado do dia)   

Os 25 mais infectados (40 comentários) 

A culpa é de Passos Coelho (70 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

Ler não é maçada (42 comentários, terceiro mais comentado do dia) 

Locais infectos (36 comentários, terceiro mais comentado do dia)

De trambolhão em trambolhão (42 comentários, segundo mais comentado do dia)

Coiso e Coisa (86 comentários, o mais comentado do dia)

Belles toujours (52 comentários)

Como se fossem obscenidades (72 comentários, o mais comentado do dia)

Notícias do crime, cá e lá (64 comentários, o mais comentado do dia) 

Negar o negacionismo (44 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana)

Vão chamar pequenos a outros (54 comentários, segundo mais comentado do dia)

Os melhores ficam à margem (48 comentários)

 

Com um total de 1132 comentários nestes postais. Da autoria do JPT, do Paulo Sousa e de mim próprio.

Fica o agradecimento aos leitores que nos dão a honra de visitar e comentar.

Entre os mais comentados

Pedro Correia, 02.03.21

Em 21 destaques feitos pelo Sapo em Fevereiro, entre segunda e sexta-feira, para assinalar os dez blogues nesses dias mais comentados nesta plataforma, o DELITO DE OPINIÃO recebeu 19 menções ao longo do mês. 

Incluindo três textos na primeira posição, cinco na segunda e seis na terceira.

 

Os postais foram estes, por ordem cronológica:

 

«É a pior situação que vivemos» (54 comentários, o mais comentado do fim de semana) 

Elogio de Pérez Reverte (32 comentários)

Olá, leitura (44 comentários) 

So long, Captain Tom (64 comentários, terceiro mais comentadodo dia)

Oposição mais fofinha não há (30 comentários)  

Os direitos das mesas (52 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana)

Isto tem tudo muita piada (38 comentários, segundo mais comentado do dia)  

Sem comentários (34 comentários, terceiro mais comentado do dia)   

O frio e a culpa (31 comentários) 

Com ele o PS anda descansado (34 comentários) 

Eppure si muore (73 comentários, o mais comentado do fim de semana) 

Pânico no supermercado (70 comentários, segundo mais comentado do dia)

Passado presente (CDXXIV) (40 comentários, segundo mais comentado do dia)

Na sopa (100 comentários, o mais comentado do dia)

O incompetente (38 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana)

Pensamento da semana (68 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Falando em "símbolos coloniais" (50 comentários, terceiro mais comentado do dia) 

Estátua ao deputado desconhecido (50 comentários, segundo mais comentado do dia)

Quem fala assim... (30) (98 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

 

Com um total de 1000 comentários nestes postais. Da autoria da Maria Dulce Fernandes, do JPT, do Rui Rocha, do Paulo Sousa e de mim próprio.

Fica o agradecimento aos leitores que nos dão a honra de visitar e comentar.

Entre os mais comentados

Pedro Correia, 31.01.21

Em 20 destaques feitos pelo Sapo em Janeiro, entre segunda e sexta-feira, para assinalar os dez blogues nesses dias mais comentados nesta plataforma, o DELITO DE OPINIÃO recebeu 20 menções ao longo do mês, voltando assim a fazer o pleno. 

Incluindo seis textos na primeira posição, oito na segunda e seis na terceira.

 

Os postais foram estes, por ordem cronológica:

 

O boletim de voto das presidenciais (35 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana) 

Pensamento da semana (105 comentários, terceiro mais comentado do dia)

12 anos e 41.533 postais depois (56 comentários, o mais comentado do dia)

Pacheco, Rio e o ódio a Passos (62 comentários, o mais comentado do dia) 

Presidenciais (1) (88 comentários, o mais comentado do dia)

Presidenciais (2) (76 comentários, o mais comentado do fim de semana)  

Presidenciais (4) (42 comentários, segundo mais comentado do dia)

Presidenciais (5) (36 comentários, segundo mais comentado do dia)  

Achismo lusitano (2) (42 comentários, segundo mais comentado do dia)   

Presidenciais (6) (62 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Fiscalização a olhómetro (45 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana) 

Presidenciais (8) (72 comentários, o mais comentado do dia) 

Dez meses, nove mil mortos (46 comentários, segundo mais comentado do dia)

Momento zen do dia (28 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Presidenciais (10) (56 comentários, segundo mais comentado do dia)

Presidenciais (13) (44 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

Presidenciais (18) (34 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Presidenciais (19) (46 comentários, segundo mais comentado do dia) 

A ética da responsabilidade (96 comentários, o mais comentado do dia)

Os negacionistas bolsonarescos (50 comentários, terceiro mais comentado do dia)

 

Com um total de 1121 comentários nestes postais. Da autoria do João Sousa, do JPT, da Maria Dulce Fernandes e de mim próprio.

Fica o agradecimento aos leitores que nos dão a honra de visitar e comentar.

DELITO: ontem, hoje e amanhã

Mais de 1,3 milhões de visualizações anuais

Pedro Correia, 10.01.21

 

Doze anos depois, o DELITO DE OPINIÃO mantém-se nos lugares cimeiros da audiência dos blogues portugueses, com mais de meio milhão de visitas e muito acima de um milhão de visualizações anuais. Concretamente, registámos 563.287 visitas e 1.379.622 visualizações entre 5 de Janeiro de 2020 e o nosso 12.º aniversário, há dias assinalado

Sinal inequívoco de que este blogue cumpre a missão para que foi criado: análise, debate e intercâmbio de ideias em torno da política, da cultura e do quotidiano. Funcionando também, por via disso, como registo dos acontecimentos que se vão desenrolando: esta é já, por exemplo, a terceira campanha presidencial que acompanhamos.

Nos mais de 40 mil textos aqui arquivados somam-se muitas histórias que serão fonte para quem queira escrever a crónica detalhada deste nosso tempo e deste nosso lugar. Como reflexo das dúvidas, das perplexidades, das breves euforias e das prolongadas decepções que se vão acumulando dia a dia, mês a mês, ano a ano neste melancólico país que teima em não abandonar os últimos postos entre as nações da próspera Europa.

Talvez esta amálgama de leituras ajude algum historiador futuro a decifrar por quê.

12 anos e 41.533 postais depois

Pedro Correia, 05.01.21

7827192_CP7dZ[1].jpg

 

O DELITO DE OPINIÃO nasceu faz hoje doze anos. Releio o primeiro postal aqui publicado a 5 de Janeiro de 2009, em jeito de estatuto editorial, e julgo não haver razão para mudar uma vírgula desse texto. Muito pelo contrário.

É dia mais indicado para o reproduzir nas linhas que se seguem, 41.533 postais e 364.263 comentários depois.

.....................................................................

 

DELITO DE OPINIÃO, como o nome indica, é um blogue apostado na reflexão e na análise dos mais diversos temas relacionados com a actualidade, sem receio de exprimir convicções claras e fortes nem de confrontar opiniões numa sociedade onde se regista um défice permanente de debate.

  1. É um blogue não programático, o que não significa ausência de convicções. E é um blogue que considera o exercício da crítica um valor permanente numa sociedade democrática.
  2. É um blogue que acompanha os assuntos políticos, numa perspectiva não doutrinária, mas que não esgota aqui os seus focos de interesse. As artes e as letras, a cultura em geral, e todos os aspectos relevantes da vida quotidiana merecerão a nossa atenção.
  3. É um blogue aberto a comentários, que pretende acolher e estimular, na convicção de que a interactividade com os leitores é indissociável deste meio de comunicação. Mas sem confundir a livre troca de ideias com a tolerância perante insultos ou expressões difamatórias, que não terão aqui acolhimento.
  4. É um blogue que acredita na diversidade de ideias, sem contemporizar com extremismos de qualquer espécie, e que congrega autores oriundos de diferentes formações académicas, múltiplas áreas profissionais e várias zonas do País.
  5. É um blogue que considera a língua portuguesa um património a defender, preservar e valorizar. E que faz da boa utilização do nosso idioma uma das suas prioridades.

.....................................................................

Entramos assim no décimo-terceiro ano, com mais de 550 mil visitas e acima de 1,3 milhões de visualizações anuais.

Fiéis aos valores enunciados no primeiro dia.

Entre os mais comentados

Pedro Correia, 02.01.21

Em 23 destaques feitos pelo Sapo em Dezembro, entre segunda e sexta-feira, para assinalar os dez blogues nesses dias mais comentados nesta plataforma, o DELITO DE OPINIÃO recebeu 22 menções ao longo do mês, fazendo assim o pleno. 

Incluindo seis textos na primeira posição, oito na segunda e quatro na terceira.

 

Os postais foram estes, por ordem cronológica:

 

Aprenderão à custa deles (52 comentários, o mais comentado do dia) 

1.º de Dezembro (54 comentários, segundo mais comentado do dia)

A vacina de Gomes (53 comentários, segundo mais comentado do dia)

Tudo isto tem ainda menos Graça (44 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Sá Carneiro quarenta anos depois (50 comentários)

Também não lhes dou confiança (46 comentários, terceiro mais comentado do dia)  

E se Joe Biden usasse bigode? (60 comentários, o mais comentado do dia)

Um democrata não é um dissidente (30 comentários)  

Palavras para recordar (75) (52 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)   

Faz-me lembrar alguém (54 comentários, terceiro mais comentado do dia) 

Achismo (90 comentários, o mais comentado do dia) 

O direito ao nome do assassinado (72 comentários, o mais comentado do dia) 

Indignação e revolta (52 comentários, segundo mais comentado do dia)

Maradona e Cristiano Ronaldo (60 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

N' A Torre Bela (130 comentários, segundo mais comentado do dia)

Ano de pesadelo (30 comentários) 

A Selva (56 comentários)

As vacinas já chegaram a Portugal (42 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana) 

Sobre Wilson Filipe e a generosidade da esquerda (49 comentários, segundo mais comentado do dia)

Os melhores livros do meu ano (1) (26 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Achismo lusitano (1) (48 comentários, o mais comentado do dia)

Os melhores livros do meu ano (3) (30 comentários, o mais comentado do dia)

 

Com um total de 1283 comentários nestes postais. Da autoria do JPT, do Paulo Sousa, da Cristina Torrão e de mim próprio.

Fica o agradecimento aos leitores que nos dão a honra de visitar e comentar.

Entre os mais comentados

Pedro Correia, 30.11.20

Em 21 destaques feitos pelo Sapo em Novembro, entre segunda e sexta-feira, para assinalar os dez blogues nesses dias mais comentados nesta plataforma, o DELITO DE OPINIÃO recebeu 21 menções ao longo do mês, fazendo assim o pleno. 

Incluindo oito textos na primeira posição, seis na segunda e três na terceira.

 

Os postais foram estes, por ordem cronológica:

 

Belles toujours (66 comentários, o mais comentado do fim de semana) 

Como se os mortos infectassem (24 comentários)

Estranha forma de governar (26 comentários)

A incógnita (40 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Confusão (70 comentários, o mais comentado do dia)

Quando o gigante se torna anão (88 comentários, o mais comentado do fim de semana)  

Será que Alvito existe? (88 comentários, o mais comentado do dia)

Leitura recomendada (52 comentários, terceiro mais comentado do dia)  

Reacções e falta de memória (41 comentários)   

Heróis de um mundo que já não há (46 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Leveza de ser (30 comentários, segundo mais comentado do fim de semana) 

Pensamento da semana (34 comentários, terceiro mais comentado do dia) 

Miguel Sousa Tavares featuring André Ventura (39 comentários)

Um homem comum na Casa Branca (64 comentários, segundo mais comentado do dia)

O historiador sem memória (40 comentários, segundo mais comentado do dia)

Censura em directo (92 comentários, o mais comentado do fim de semana) 

Elogio da crónica (44 comentários, o mais comentado do dia)

Pintores sem prazo de validade (44 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Acabou a bebedeira (59 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Penso rápido (98) (46 comentários, segundo mais comentado do dia)

Toma lá, dá cá (70 comentários, o mais comentado do fim de semana)

 

Com um total de 1103 comentários nestes postais. Da autoria do João Pedro Pimenta, da Maria Dulce Fernandes, do Paulo Sousa, do JPT, do Rui Rocha, do Sérgio de Almeida Correia e de mim próprio.

Fica o agradecimento aos leitores que nos dão a honra de visitar e comentar.

Entre os mais comentados

Pedro Correia, 31.10.20

Em 22 destaques feitos pelo Sapo em Outubro, entre segunda e sexta-feira, para assinalar os dez blogues nesses dias mais comentados nesta plataforma, o DELITO DE OPINIÃO recebeu 21 menções ao longo do mês. 

Incluindo dois textos na primeira posição, cinco na segunda e cinco na terceira.

 

Os textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Always handsome (21 comentários) 

Lindo (28 comentários)

Belles toujours (36 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana)

Foi preciso esperar 66 anos (34 comentários, terceiro mais comentado do dia) 

Republinárquico ou monarquicano (46 comentários)

A liberdade e os outros (117 comentários, terceiro mais comentado do dia)  

Mafalda e o fim do jornalismo (66 comentários, segundo mais comentado do dia)

Ana Gomes é a dama no tabuleiro de xadrez de Pedro Nuno Santos (24 comentários)  

Os 35 mais infectados (48 comentários, segundo mais comentado do dia)   

Natal virtual (52 comentários, terceiro mais comentado do dia) 

O princípio que nunca houve, o mandato único que jamais existiu (38 comentários, o mais comentado do dia) 

O pregador recém-convertido (36 comentários, terceiro mais comentado do dia) 

Líder da oposição (46 comentários) 

A vizinha de António Costa (48 comentários, segundo mais comentado do dia)

Do meu baú (4) (22 comentários) 

Os meios e os fins (116 comentários, o mais comentado do dia)

Tantos que não servem para nada (42 comentários) 

"Arejar um pouco a malquerença" (24 comentários)

Organização Mundial da Doença (44 comentários, segundo mais comentado do dia) 

«Para eles, Trump é um Messias» (51 comentários)

Pecado (78 comentários, segundo mais comentado do dia)

 

Com um total de 1017 comentários nestes postais. Da autoria da Cristina Torrão, da Teresa Ribeiro e de mim próprio.

Fica o agradecimento aos leitores que nos dão a honra de visitar e comentar.