Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Pensamento de final de dia

por José António Abreu, em 01.12.14

A tensão originada por tiques, gestos extemporâneos ou bordões verbais perde com frequência uma letra se a pessoa incapaz de os evitar for atraente.

Pensamento de final de dia

por José António Abreu, em 25.07.13

O chefe típico insiste em corrigir o acessório ainda que o essencial também esteja errado.

Pensamento de final de dia

por José António Abreu, em 15.07.13

Sem cunhas, mais vale ser competente.

Pensamento de final de dia

por José António Abreu, em 08.05.13

A opinião mais sensata é aquela com que quase todos concordam, a mais gratificante – e intrinsecamente mais inteligente – é aquela de que quase todos têm dificuldade em discordar.

Pensamento de final de dia

por José António Abreu, em 06.03.13

Por politicamente incorrecto que seja, contemporizar com os actos estúpidos de uma mulher atraente apresenta, para além de uma longa ancoragem histórica, o benefício de ser menos um caso em que se fica irritado.

Pensamento de final de dia

por José António Abreu, em 08.11.12

É estupidez ficar agarrado a princípios quando, como o próprio termo indica, os princípios são apenas um ponto de partida.

Pensamento de final de dia

por José António Abreu, em 23.07.12

Para subir na hierarquia de 99% das organizações portuguesas convém ter presente, em especial se não se dispuser de cunhas, que o essencial é o acessório.

Pensamento de final de dia

por José António Abreu, em 21.05.12

É politicamente correcto respeitar quem, ao ter uma atitude estúpida, está a ser fiel a si próprio.

Pensamento de final de dia

por José António Abreu, em 15.05.12

Na verdade, quem cala normalmente discorda mas laborar com base na outra versão é mais simples para ambas as partes.

Pensamento de final de dia

por José António Abreu, em 24.04.12

Os sorrisos falsos provocam muito mais dores nos músculos faciais do que os verdadeiros.

Pensamento de final de dia

por José António Abreu, em 16.04.12

Devia ser fácil esconder as opiniões quando tão pouca gente está interessada nelas.

Pensamento de final de dia

por José António Abreu, em 03.04.12

Fingir interesse é uma arte que parece resultar melhor com a inclusão de uma pitada de desprezo.

Pensamento de final de dia

por José António Abreu, em 27.03.12

Manter o desinteresse cansa mais do que manter o entusiasmo mas a fiabilidade dos resultados é muito superior.

Pensamento de final de dia

por José António Abreu, em 22.03.12

É libertador ver aqueles sobre quem receávamos ter uma opinião demasiado negativa confirmarem-na com factos.


O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D