Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Blogue da semana

por Alexandre Guerra, em 21.07.19

Numa altura em que a questão da ciber-segurança e a problemática da privacidade representam autênticos desafios à segurança dos Estados, no blogue Net Politics especialistas do Council on Foreign Relations analisam o impacto das novas tecnologias de comunicação e de informação nas relações internacionais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Blogue da semana

por Teresa Ribeiro, em 07.07.19

Para quem, como eu, se preocupa com a preservação do planeta pensando sobretudo no futuro que deixa para filhos e netos, é bom consultar informação nos sítios onde o radar está sempre a funcionar. É o caso do I Met God, She's Green, da Joana Seixas e Madalena Brandão, o nosso blogue da semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Blogue da semana

por Sérgio de Almeida Correia, em 01.07.19

Não me recordo se já alguma vez mereceu aqui destaque. É há muito tempo um dos meus preferidos, até porque considero que o cartoon é uma arte maior do nosso tempo. Das mais difíceis a mais subtil. O retrato do quotidiano em traços largos e mordazes, o pormenor que muitas vezes passa despercebido, o sentido crítico, a irreverência, o humor, a inteligência descomprometida, o exercício da cidadania sob um prisma diferente. Da política ao desporto, nele tudo tem lugar. O HenriCartoon é a minha escolha desta semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Blogue da semana

por Pedro Correia, em 22.06.19

Eis o que chamo serviço público: o blogue Toponímia de Lisboa. Há quase sete anos a narrar-nos histórias relacionadas com as ruas, avenidas, praças, travessas e becos da nossa capital.

Elejo-o como blogue da semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Blogue da semana

por Marta Spínola, em 16.06.19

Esta semana destaco o Triptofano, um blogue utilizado na biossíntese de proteínas - mais ou menos -, cujo autor nos fala do seu dia a dia como farmacêutico. Entre posts divertidos, vai esclarecendo algumas dúvidas elementares. 

Esta semana destacou-se o post '5 coisas que menos gosto de fazer como Farmacêutico', em que o Trip fala das coisas que menos gosta de fazer na sua actividade profissional. Espero que se divirtam como eu me diverti e lê-lo. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Blogue da semana.

por Luís Menezes Leitão, em 09.06.19

Já uma vez destaquei aqui um blogue que há vários anos prossegue uma luta incansável contra a contínua destruição e descaracterização da cidade de Lisboa. Nesta altura em que temos uma Câmara Municipal mais preocupada em viabilizar a construção de monos do que em preservar e reabilitar a imagem de Lisboa, escolho o cidadanialx como blogue da semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Blogue da semana

por Pedro Correia, em 01.06.19

Prova rara de resistência, este blogue. E de música bem seleccionada. E de saber enciclopédico (pré-Wikipédia). E de irreverência à flor da pele, como senha de identidade. Sem ela, não seria o que é: digno de destaque.

Provas de Contacto, do João Lisboa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Blogue da Semana

por João Pedro Pimenta, em 26.05.19

É uma das vozes que há mais tempo nos conta o que se passa no interior da Rússia e países limítrofes, que conhece há quarenta anos e cujas mudanças radicais acompanhou. A política interna e externa dos herdeiros da União Soviética, as suas relações com Portugal e alguns aspectos picarescos contadas de perto. Também já nos deu a honra de escrever para o Delito. O Da Rússia, de José Milhazes, é o blogue da semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Blogue da Semana

por Diogo Noivo, em 19.05.19

Nunca a política foi tão imprevisível, alarmante e interessante. Esta é a premissa do podcast – que, para efeitos desta rúbrica, é uma espécie de blogue em formato áudio – Talking Politics, gravado semanalmente em Oxford, no gabinete de David Runciman, ao qual se unem algumas das melhores cabeças da historiografia e ciência política contemporâneas: Helen Thompson, Christopher Brooke, Chris Bickerton e Aaron Rapport.

Além do ensaio “Política”, sobre o qual o Pedro Correia escreveu aqui, Runciman é autor de outros cinco livros, entre os quais “The Confidence Trap” e “Political Hypocrasy”, duas maravilhas literárias que aliam erudição e domínio teórico numa prosa escorreita e acessível a qualquer leitor.

Talking Politics evita a espuma dos dias. Disseca temas como o futuro do mercado laboral, a maleabilidade e resiliência das democracias, a política na literatura, o Brexit (aqui peca por excesso de atenção), o passado e presente das lideranças políticas no mundo ocidental, sempre com a presença de convidados relevantes, de antigos chefes do gabinete dos principais lideres mundiais a académicos e escritores. Quem gosta de política – aquela a sério – encontra em Talking Politics bom entretenimento para longas horas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Blogue da semana

por Cristina Torrão, em 12.05.19

Vivemos tempos não favoráveis a funcionários públicos, em geral, e a enfermeiros e professores, em particular. Posso compreender que o governo tenha de ser regrado com as suas finanças e se veja impedido de atender a todas as reivindicações. Mas não posso compreender que um primeiro-ministro hostilize certas profissões, levando à radicalização de opiniões entre o próprio povo que governa, apenas para se promover a si próprio (longe vão os tempos da "paixão" pela educação do Guterres...).

Há cerca de cinco anos, a minha mãe teve cancro. Estava ela no IPO a ser preparada para iniciar a quimioterapia e gostou tanto do médico que tratava dela, que lhe disse admirar a sua profissão, de inteira dedicação aos outros, constantemente em contacto com o lado menos bom da vida. E também lhe disse que admirava a maneira como ele a exercia. O médico perguntou-lhe então: "E a senhora, que profissão tinha?" "Eu? Era professora primária." "Pois olhe, se não tivesse sido a minha professora primária, eu não poderia estar aqui, a tratar de quem precisa."

É disto que precisamos, do reconhecimento da importância de todas as profissões. E como os professores estão, hoje em dia, entre os "mal vistos", elejo, para blogue da semana, o IP,  que nos dá uma visão do que é ser professor/a, pela mão de Beatriz J, sempre lúcida, sincera e assertiva, qualidades cada vez mais raras.

 

P. S. A quem interessar: a minha mãe superou a doença.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Blogue da semana

por Teresa Ribeiro, em 05.05.19

Escreve bem e pensa bem. Melhor ponto de partida não há, para destacar o autor de um blogue. Mas quando afirmo que a Cristina escreve bem não me refiro apenas ao modo como tão bem trata o português. Há também a destacar a forma como ela embrulha o que partilha, desvendando aqui e ali pedaços de memórias, pensamentos, opiniões. Uma arte que domina tão bem.

O seu Em Linha Recta é, esta semana, o blogue que destacamos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Blogue da semana

por Sérgio de Almeida Correia, em 28.04.19

BBWjl93.img.jpeg

(foto daqui)

Apresenta-se como um olhar sobre "a China além da China, além das fronteiras físicas, mentais, pessoais, das muralhas do nosso conhecimento. Este é um laboratório escrito e visual que dá voz a quem, como nós, quer contornar obstáculos, sejam eles a língua, a cultura ou a dimensão de um espaço aparentemente inalcançável."

Na altura em que o Presidente da República percorre o novo Império do Meio, conversa com Augusto Santos Silva ao longo da Grande Muralha, se prepara para as selfies de Macau e para celebrar o Primeiro de Maio numa região especial de um país socialista que vinte anos depois de se tornar "patriota" continua sem ter uma lei sindical e de regular o exercício do direito de greve,  previstos na sua mini-Constituição, e que, vergonhosamente, continuam a aguardar regulamentação, nada como dar uma vista de olhos por estes dias ao Extramuros.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Blogue da semana.

por Luís Menezes Leitão, em 14.04.19

Esta semana o meu destaque vai para A origem das espécies do Francisco José Viegas. Aplaudo as suas tomadas de posição, como excelente editor de livros, contra o mundo em que actualmente vivemos. Um mundo em que os livros de contos infantis, que fizeram parte do nosso imaginário desde sempre, são agora escondidos nas bibliotecas públicas. Um mundo em que se pretende fazer inquéritos a perguntar às pessoas qual é a sua raça. Um mundo em que os livros são cada vez menos lidos. Um mundo em que o governo português coloca todos os familiares dos governantes em cargos públicos, causando escândalo mundial, enquanto no país se assobia para o lado. E finalmente um mundo em que um português pode ser proibido de entrar num país com quem Portugal tem relações diplomáticas apenas por ser humorista, sem que o governo português diga sequer que não achou graça a essa brincadeira. Pela defesa intransigente dos valores do nosso país, e pelo amor aos livros, que representam o maior tesouro da nossa civilização, escolho A origem das espécies como blogue da semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O blogue da semana

por João Pedro Pimenta, em 07.04.19

Não é exactamente um blogue e nem ao menos está em português. Mais do que um blogue ou um site, é uma autêntica enciclopédia de BD, ou se quisermos, um digesto da especialidade, como o nome indica. Uma lista exaustiva de nomes de obras, autores e novidades, onde encontramos também portugueses, dos clássicos (como Eduardo Teixeira Coelho) aos contemporâneos (como Filipe Melo), mesmo com algumas ausências de vulto (não há referências, por exemplo, à série Jim del Monaco, da dupla Louro/Simões). Em francês, que é uma bela língua e sempre se ganha vocabulário.

O BD Gest´é o blogue da semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Blogue da semana

por Pedro Correia, em 30.03.19

Festejou há dias o nono aniversário. É um caso (cada vez mais raro) de persistência e de perene bom gosto na blogosfera. Sabe escrever, sabe enfeitar a casa e recebe muito bem quem a visita. 

É a Alice Alfazema: neste início de mais uma Primavera, florida como as demais, voto nela como nosso Blogue da Semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Blogue da semana

por Fernando Sousa, em 24.03.19

Não sou um grande blogonauta. Em geral falta-me o tempo, o jeito e ultimamente até a paciência. Mas quando nada disso acontece revisito um ou outro blogue entre os que acho que valem a pena. É o caso do 2 Dedos de Conversa. Os posts de Helena Araújo são notas frescas, memorandos, impressões vivas sobre concertos ou festivais que precisam de determinados olhares, como a Berlinale 2019. (São tão pouco comuns estes olhares!) Sim, o 2 Dedos é um trabalho notável, tranquilamente culto e maduro "sobre o que nos desaquieta". É um determinado olhar. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Blogue da semana

por Diogo Noivo, em 17.03.19

Quem ignora a História está condenado a ser surpreendido. Quando o passado não existe, todos os fenómenos sociais e políticos do presente são inovadores. Mais grave, quando se ignora a História o risco de reincidir no erro aumenta exponencialmente. Por tudo isto, e a par da sua importância académica, os estudos históricos desempenham um papel relevantíssimo para a condução da coisa pública e para a vida em sociedade.

Não me refiro, obviamente, ao uso propagandístico da História. Falo sim do interesse genuíno em conhecer o passado, em compreender os ângulos escuros, até tediosos, e não apenas o relato épico de grandes feitos, quase sempre mitificados.

Em Espanha, este esforço de rigor e escrutínio é imprescindível para a recuperação das condições de convivência no País Basco, uma região profundamente marcada por mais de quatro décadas de terrorismo. Entre os que se dedicam a esse labor está Gaizka Fernández Soldevilla, um dos rostos da nova geração de historiadores espanhóis. Obras como Sangre, votos, manifestaciones (da qual já falei aqui), Héroes, heterodoxos y traidores, La voluntad del gudari e o recém-publicado Pardines: Cuando ETA empezó a matar são referências bibliográficas inescapáveis que o colocam por mérito próprio na pequena lista dos mais conceituados e prolíficos estudiosos do País Basco contemporâneo.

Além da escrita académica, o Gaizka mantém um blogue onde divulga conferências, exposições, artigos e livros sobre as diferentes facetas do terrorismo etarra e do seu impacto junto das vítimas. Pelo meio encontramos verdadeiras pérolas, postais como este onde se recorda a quixotesca tomada de Garay pelos cabras.

Há mais ou menos 7 meses iniciei um projecto de investigação sobre a ETA e tomei a liberdade de o contactar. Desde então tem sido de uma generosidade – e até amizade – ímpar. A dívida de gratidão que tenho é enorme. Espero que o manuscrito que entregarei no final do ano honre a atenção e apoio que tenho recebido.

Pela qualidade do autor, pela pertinência do tema e pela forma esmerada como os assuntos são tratados, o blogue do Gaizka Fernández Soldevilla é a minha escolha para blogue da semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Blogue da semana

por Teresa Ribeiro, em 03.03.19

Não é raro suspirar, porque da sua prosa, tão pessoal, saem autênticas pérolas, mas ele também me faz rir, pois sentido de humor não lhe falta. O pior é que também me desperta inveja - sentimento reles, eu sei - da sua elegância de estilo. Para me redimir destes meus impulsos mesquinhos, partilho aqui e já a minha admiração pelo autor de A Página Negra, o blogue desta semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Blogue da semana

por Sérgio de Almeida Correia, em 24.02.19

Houve um tempo em que evitava comer porque tinha pressa para ir jogar futebol com os outros. Ou porque era esquisito e não gostava do que me davam. Detestava mioleira (e ainda detesto e fico feliz por saber que hoje em dia esse alimento foi praticamente banido das mesas) e todas as aves (a situação não se alterou, embora abra de quando em vez uma excepção para uma canja ou empada de perdiz feita lá em casa, sem gorduras, peles, cartilagens ou ossinhos). Mas como nesse tempo os meninos não tinham quereres, e se faziam birra ficavam de castigo, ensinaram-me a comer de tudo. Até ter quereres. Não gostei embora me tivesse feito bem.

Anos mais tarde comecei a apreciar outras coisas, como, por exemplo, feijoada, cozido à portuguesa, dobrada, orelha e outras coisas que só de ver e sentir o cheiro naquele tempo me davam náuseas.

Com a idade, por força das circunstâncias da vida e em homenagem ao que na devida altura me ensinaram, acabei por me tornar mais exigente e por ter curiosidade em aprender como muitos pratos se confeccionavam.

E hoje faço-o, sempre que posso e me deixam, com excepção do Natal, quando ainda o tinha, única altura em que me davam o direito de me impor, tornar-me dono do espaço e preparar uns mexidos ou o prato principal da Noite de Natal.

Hoje considero-me um gastrónomo razoável e aqui há uns anos fui entronizado por alguns amigos que comungam dos mesmos interesses numa respeitável confraria, o que estimula ainda mais o meu gosto por uma boa comida e um bom vinho. Prazeres cada vez mais únicos pelos momentos irrepetíveis de degustação e convívio civilizado que proporcionam. Saber comer ou apreciar um bom vinho também são artes que se aprendem ao longo da vida. Primeiro com quem sabe, depois praticando.

O que também me leva a detestar cada vez mais restaurantes pretensiosos com cozinheiros afectados e medíocres, cadeias de fast food, messes, cantinas, e até alguns lugares que mais parecem estábulos ou chiqueiros do que espaços destinados a refeições de humanos, tal a má qualidade da matéria-prima, da confecção e da apresentação do que querem impingir-nos.

Tudo isto para vos dizer que foram estas as razões que me levaram a escolher o Mesa Marcada como blogue da semana. Apesar de ultimamente andar com pouca actividade, espero que os seus autores regressem em força.

Que vos faça bom proveito. E vos estimule os sentidos para um dos pequenos grandes prazeres desta vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Blogue da semana

por Marta Spínola, em 17.02.19

Não sei se leitores e autores jogam ou gostam de videojogos, mas provavelmente muitos de nós cresceram com a evolução dos mesmos. Tenho poucas dúvidas que alguém não conheça o mítico Tetris. Pois bem, este jogo tem uma nova versão, o Tetris99, que podem conhecer no blogue da semana: Vida Extra, cuja descrição é auto-explicativa "Aventuras e desventuras no universo dos videojogos.".

Sobre o Tetris: 

É tão simples que qualquer pessoa o consegue perceber e começar a jogar de imediato, mas é tão desafiante que nos deixa agarrados e a pensar em todas as formas de encaixar as suas peças.

Deixo esta sugestão para quem quiser saber mais sobre o Tetris99, ou videojogos em geral. 

Autoria e outros dados (tags, etc)


O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D