Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Sobre rodas

por Pedro Correia, em 09.11.18

 

ff2fc755e49512f8e16605ac8be18615.jpg

 

O Ministério da Economia tem novo titular e, logo por coincidência, vai passar a ter também carro novo. Com contrato de aluguer publicitado e divulgado pelo blogue Má Despesa Pública.

É extraordinária a prioridade dos membros do Governo: ainda antes de publicarem sequer uma portariazinha, já estão alapados em novas viaturas. Como se a anterior estivesse contaminada.

Por mim, nada a objectar: gosto de vê-los bem instalados e a rodar como lhes apraz. Desde que tenham muita saudinha e não se estampem, como já sucedeu a dois notáveis, em Tancos e Pedrógão.

Tags:


30 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.11.2018 às 09:48

As trocas de automóvel nas empresas devem-se à sua depreciação enquanto activos. Acaba por ser mais rentável comprar um novo. Mas tirando os patrões Chupistas, só o fazem quando contabilisticamente faz sentido.
No caso dos Ministros e Secretários de Estado...

Imagem de perfil

De Pedro Correia a 10.11.2018 às 10:11

Vale a pena ter uma empresa de aluguer de automóveis só para municiar a frota do Estado. De tanto em tanto tempo, novo contrato de aluguer, não vão Suas Excelências notar os primeiros sinais inequívocos de precário estado do assento traseiro.
Com os basbaques do costume a bater palminhas.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 10.11.2018 às 17:12

As trocas de automóvel nas empresas devem-se à sua depreciação enquanto activos. Acaba por ser mais rentável comprar um novo.

Se isso é assim nas empresas, quem lhe diz que não é exatamente o mesmo no Estado?

O que faz o Estado aos carros já com 4 anos de idade? Se calhar vende-os a um preço razoável, por que não? Quem lhe diz que o Estado não age exatamente como uma empresa agiria, de acordo com a mesmíssima boa lógica financeira?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.11.2018 às 17:38

Tem razão
Deixe-me analisar o R&C apresentado aos accionistas do Ministério.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D