Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Só lá faltou o Barbas

por Pedro Correia, em 09.09.16

JRN.RE.27467-140422[1].jpg

 

A TVI inaugurou esta semana um novo "formato": a entrevista sem contraditório. Anteontem, no seu canal de notícias, esta estação televisiva teve como convidado especial o presidente do Benfica. Durante uma hora e cinco minutos.

José Alberto Carvalho estava lá, em pé, a assistir com um sorrriso embevecido. Mas a entrevista foi conduzida por três adeptos do clube dos encarnados: Domingos Amaral, Pedro Ribeiro e Diamantino Miranda. Sentados ao lado do presidente da agremiação a que pertencem.

Nenhum deles integra os quadros da TVI, tanto quanto sei. E não faltam jornalistas por lá que bem poderiam exercer aquela função. Mas a direcção editorial optou por este original formato, que levou o ex-jogador encarnado Diamantino a dar o pontapé de saída com estas comoventes palavras: "Luís Filipe Vieira é conhecido, entre os benfiquistas e não só, como um dos presidentes - senão o único - que tem demonstrado um grande respeito pelos actuais jogadores e pelos antigos jogadores. E eu posso prová-lo."

Estava dado o tom à nova modalidade: a entrevista puxa-saco. Aguardo agora com interesse as futuras entrevistas da TVI 24. Quando lá tiver o presidente do Sporting, um painel de adeptos leoninos prontos a questionar Bruno de Carvalho. Quando lá for o líder do PSD, um trio de militantes sociais-democratas. Quando lá for o primeiro-ministro, só correligionários de António Costa.

Paz e sossego, conversa mole, solo de violino, manteiga no pão, mais sorrisos embevecidos: infotainment no seu melhor. Espero que da próxima vez seja também dado tempo de antena ao Barbas: porque não há-de ser ele um dos "entrevistadores" de Vieira? Se for preciso até lhe passam carteira profissional de jornalista.


4 comentários

Sem imagem de perfil

De António Manuel a 09.09.2016 às 15:07

Caros concidadãos,

Não percam tempo com "futebóis" que, para os não profissionais da área, apenas servem para passar o tempo e para divertimento nada mais.
O presidente do Benfica, do Porto, do Sporting, ou de qualquer clube português deslocar-se aos estúdios de uma qualquer operadora, não causa qualquer mossa ao país, nem aos seus cidadãos, pois nada decide em termos de rumo do mesmo ou dos mesmos.
Já um pseudo politico (perdoem-me a expressão, mas não consigo encontrar outra mais adequada) deslocar-se ao mesmo local, tem outro tipo de impacto, pois decide ou contribui para decidir as nossas vidas.
O que de facto é perigoso, é alguém que tem acesso aos centros de decisão e poder, alguém que colocou a vida de quem trabalha, com maior ou menor instrução, formação e educação a pagar os desmandos dos que o andaram a sustentar enquanto colava cartazes e tratava de vida, ir para os jornais e televisões afirmar que nenhum investidor( eu diria especulador, e agiota) investirá em Portugal enquanto o Bloco de Esquerda e o Partido Comunista tiverem alguma capacidade de influência no actual governo.
Está mais do que na hora de os Portugueses, saberem separar o importante do acessório, e não se deixarem levar por preconceitos.
Atente-se no facto actual, um homem do centro direita, a entender-se com um homem do centro esquerda, pois o importante é o País, ainda que um e outro, enquanto humanos possam cometer erros.

bom fim de semana a todos
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 09.09.2016 às 15:51

Se reparar bem, escrevi sobre jornalismo: não sobre futebol. Quando quero escrever sobre futebol, faço-o em regra noutro espaço.
Tenha paciência, mas jornalismo é tudo menos questão de somenos. Não há democracia sem jornalismo.
Bom fim de semana para si também.
Sem imagem de perfil

De paulo ferreira a 09.09.2016 às 16:08

Não há jornalismo em Portugal, quando o assunto é o benfica, apenas vassalagem.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 09.09.2016 às 22:21

Não generalizo. Mas na TVI 24 houve, é inegável.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D