Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Delito de Opinião

Sete biliões de outros

Paulo Sousa, 29.12.19

O que é o amor?

O que é que aprendeu dos seus pais?

Qual o sentido da vida?

Os homens e as mulheres são iguais?

Qual o dia mais feliz da sua vida?

Qual o significado da família?

 

Estas e várias outras perguntas, no total de 45, foram colocadas a cerca de 6000 pessoas de 84 países. O projecto foi apresentado há uns anos e provavelmente já é bem conhecido de todos, mas cada vez que vejo ou revejo mais um dos vídeos no Youtube, não deixo de vibrar perante a profundidade de algumas das respostas dadas por outros seres humanos com quem partilhamos o tempo e o espaço da nossa vida. Depois de cada excerto é fácil entender quão idênticos e ao mesmo tempo únicos todos somos.

A ideia e obra é de Yann Arthus-Bertrand e o projecto chama-se Sept milliards d'autres. Está disponível no Youtube em francês e inglês.

Mais recentemente Yann Arthus-Bertrand, através da Fundação GoodPlanet a que preside, lançou o filme Human, (disponíveis o primeiro, segundo e terceiro volume) que combina incríveis imagens aéreas do planeta terra com pequenas histórias reais, sempre com o rosto do entrevistado a preencher o écran. Algumas são enternecedoras, outras banais, divertidas ou mesmo aterradoras, mas que acima de tudo transmitem bocados da vida conforme ela é vivida nos nossos dias, no nosso planeta. Devia ser visto nas escolas e transmitido pela televisão em horário nobre.

Seria fantástico fazer algo nesta linha nos nossos centros de dia, onde se emprateleiram centenas de milhares de portugueses cheios de memórias e vivências que mais ano menos mês serão perdidas. Não há por aí um estudante de sociologia que conheça um estudante de multimédia e que queira fazer um trabalho académico, que seria também um tributo aos portugueses quase esquecidos e um valioso registo para memória futura?

4 comentários

Comentar post