Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Rutger Hauer (1944-2019)

por João Campos, em 24.07.19

I've seen things you people wouldn't believe. Attack ships on fire off the shoulder of Orion. I watched C-beams glitter in the dark near the Tannhäuser Gate. All those moments will be lost in time, like tears in rain. Time to die.

Blade Runner (1982)

Há actores que precisam de uma carreira considerável para serem lembrados. Rutger Hauer precisou apenas de improvisar um monólogo nos minutos finais de Blade Runner para alcançar a imortalidade. 


27 comentários

Imagem de perfil

De João Campos a 24.07.2019 às 21:38

Se não tivesse de acordar às seis e meia da manhã, até alinhava nesse programa. Assim, ficará para o fim-de-semana no Alentejo.
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 25.07.2019 às 09:36

Fui ver ,aquando da estreia , o Blade Runner 2049 e gostei bastante....a banda sonora, a imagem. Soberbo, Ryan Gossling.

https://youtu.be/gCcx85zbxz4
Imagem de perfil

De João Campos a 25.07.2019 às 10:29

Gostei do 2049 mais do que pensei que fosse gostar, mas não consigo deixar de o considerar desnecessário.
Sem imagem de perfil

De António a 25.07.2019 às 13:01

Roger Ebert demorou 14 anos a considerar Blade Runner um Great Movie, e não foi um sucesso estrondoso de bilheteira. Eu diria que o João está no bom caminho. E já agora, qual é o filme “necessário”?
Imagem de perfil

De João Campos a 25.07.2019 às 13:15

Qualquer filme que traga algo de novo pode ser necessário (isto é uma opinião muito pessoal). Há sequelas que, por aquilo que acrescentam ao original, são relevantes - pensemos em Aliens, Terminator 2, Mad Max 2, The Empire Strikes Back. Não me parece ser esse o caso aqui, mas é muito possível que, ao rever o filme, o veja enfim com outros olhos.
Sem imagem de perfil

De António a 25.07.2019 às 21:10

Pense nas portas que abriu. O primeiro deu-nos uma parte dos planos de Tyrell - replicants sem prazo de validade. E termina.
Este prossegue. Há mais replicants, quer antigos quer do Wallace, que também não são tão obedientes como se julga, e Tyrell criou dois protótipos que se podem reproduzir.
Este Blade Runner é aberto. Não renega o anterior, expande-o. E há imensas possibilidades na figura da Joi, que introduz outro nível possível de existência.
Imagem de perfil

De João Campos a 25.07.2019 às 23:07

Tem razão, António. Eu é que, sendo um leitor muito frequente de ficção científica, gostaria de ver outras histórias a ser adaptadas em produções à altura do desafio. Do Philip K. Dick há o "Ubik", por exemplo (o "A Scanner Darkly" já deu um filme magnífico). E, fora de PKD, podemos pensar noutros textos fundamentais do género que, bem trabalhados, poderiam dar filmes excelentes. "The Left Hand of Darkness", "The Forever War", "Neuromancer" (este parece perdido no "development hell"), etc.

Denis Villeneuve, que realizou o "Blade Runner 2049", fez um trabalho notável em "Arrival", adaptando um conto excepcional de Ted Chiang. E vai pegar no "Dune" (vamos lá ver se é desta...). Espero vê-lo com novos projectos no género; lá talento não lhe falta.
Sem imagem de perfil

De António a 25.07.2019 às 23:19

Ui, o Ubik devia dar um filmão. Pois eu gostava de ver o Schild's Ladder em filme, eh eh. Qual Marvel qual caneco! Ou O Planeta Dos Deuses.
Olhe, um filme que gostava de ver refeito era O Planeta Proibido. Acho que, como você diz, anda perdido no tal "development hell" - falou-se em Scorcese, e depois deixou de se falar. Ainda hoje gosto do original, mas merecia uns efeitos especiais onde não se vissem os fios
Imagem de perfil

De João Campos a 26.07.2019 às 00:09

Ah, o Forbidden Planet. Que filme magnífico. Não sei se precisaria de um "remake"; como está, está brilhante. Em tempos, quando ainda molhava a ponta dos dedos na escrita de ficção, ocorreu-me pegar na premissa (as máquinas capazes de manifestar o id de quem com elas interage - perdão pelos spoilers, é um filme dos anos 50...) e explorá-la num outro contexto, mas acabei por nunca o fazer. Talvez um dia.

Olhe, já no tema dos sonhos: "Paprika", de Satoshi Kon. Ficção científica em animação japonesa de primeira água. O Nolan bem tentou chegar lá com o "Inception", mas faltou-lhe a imaginação.

Fiquei curioso quanto ao "Schild's Ladder"; muito lhe agradeço a sugestão. A ver se o arranjo num destes dias.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D