Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Pelo visto, o extraordinário Yannis Varoufakis, depois de ter sido remetido a uma posição mais recatada nas negociações com a troika, digo com as instituições, tem agora mais tempo para se dedicar à reflexão sobre medidas originais para dar a volta à situação grega. O próximo coelho a saltar-lhe da carola poderá bem ser, ao que se diz, uma amnistia fiscal para os concidadãos que declarem a existência de depósitos no estrangeiro. À primeira vista, a coisa pode causar algum estupor: mas então não eram Varoufakis e o Syriza a luzinha que nos alumia, o símbolo da mudança da própria Europa, os percursores de um novo caminho que seria trilhado cantando hossanas por vultos da dimensão de António Costa, Mário Soares (Tsipras, de quem sou amigo), Catarina Martins, Boaventura Sousa Santos e outros subscritores de manifestos e participantes em iniciativas cidadãs, foruns, plataformas, movimentos e iniciativas? Não estarão, perguntarão muitos, Varoufakis e o Syriza a abastardar a sua linha política, a vender-se ao capital (iiiiiiiih!), a trair os ideais de esquerda, a renegar os valores da alternativa, ó horror, a roer a corda? É que, se bem virmos, dirão os mesmos, não deve ser o grego comum, o grego vítima da crise humanitária, o grego esmagado pela Merkel, o titular típico dessas (ler a partir de agora com os dentes cerrados e expressão a meio caminho entre a raiva e o nojo, como faz o Louçã) cooooontas no estrrrrrangeirrro oooonde cerrrrtamente se acumularrrrrão grroooossos capitaiiiiiis subtrrrraídos aos impoooostos e ao pooovo (dar agora um gritinho de indignação e voltar a ler normalmente)... Mas dizer isso é, lamento, ter vistas curtas. A genialidade da medida está aqui: vinda da cabeça de qualquer outro perigoso governante de qualquer outra geografia, a amnistia fiscal é compadrio com o capital, com os tubarões, com os especuladores e agiotas, é favorecimento de amigos; vinda da cebeça pelada de Varoufakis, a amnistia fiscal tem o objectivo de favorecer os inimigos. Isto é, apela à paz no mundo e promove a concórdia. A amnistia fiscal pensada por Varoufakis é como a baixa da TSU dita por Costa: bebe da pureza dos ideais do homem novo e solidário. Quanto ao trabalhinho de casa, é só isto: procurar no Google declarações de camaradas do Bloco de Esquerda sobre amnistias fiscais e imagens de abracinhos ao Tsipras.

 

Nota: o autor é contra amnistias fiscais em geral, abrindo excepção apenas para as que forem ou tenham sido propostas por Varoufakis ou por governos do Partido Socialista português.


11 comentários

Sem imagem de perfil

De Maradão a 29.04.2015 às 13:48

Não tarda nada que Rodrigo Rato - ou Jordi Pujol, ou Ricardo Salgado ou o amigo do 44 e o respectivo 44... - peçam a nacionalidade grega.
Sem imagem de perfil

De Já Tarda a 29.04.2015 às 14:01

Substituído no que importa pelo Tsakalotos, o cabeça pelada ainda não apresentou a demissão?
Sem imagem de perfil

De Nascimento a 29.04.2015 às 14:27

Não, o "autor", é parvo.Isso é algo bem patente na sua treta rabiscada. Varoufakis, não é militante , nem pertence ao partido Syriza. E o " autor", se fosse honesto , coisa que não é, não colava a " imagem" que pertende colar....percebido? Trata-te, que ainda vais meter a viola no saco.
E só uma questão de tempo, até serem apontadas as baterias pró portugalex! Ai o que vai ser rir...nê? 130? Tic-Tac,Tic-Tac,Tic-Tac...
Sem imagem de perfil

De Falecimento a 29.04.2015 às 15:36

É o teu nome.
Sem imagem de perfil

De rmg a 29.04.2015 às 16:31


Explique-me lá, com menos vírgulas, porque é que as baterias hão-de ser apontadas para o "portugalex".

Quanto ao resto das patetices que diz acontece que o Sr. Varoufakis foi eleito deputado pelo Syriza nas eleições de Janeiro de 2015, se é militante ou não é indiferente dado que é ministro, como é óbvio mesmo para gente pouco ou nada esperta.

Aconselho-o assim a consultar a imprensa internacional onde está bem escarrapachado que o Sr. Tsipras está a dar um compasso de espera (que eu compreendo) antes de o mandar de volta para as suas aulas de "teoria dos jogos" em universidades e o seu lugar de consultor aqui

http://en.wikipedia.org/wiki/Valve_Corporation

Notará que não critiquei o Sr. Varoufakis em si porque quem ele tem andado a lixar foram os gregos e não a mim (como reconhecido pelo Sr. Tsipras) pelo que, se sente alguma atracção sentimental ou de outra natureza por ele escusa de me vir chatear.


Sem imagem de perfil

De Irra a 29.04.2015 às 17:13

Ó iletrado, onde é que no post diz que o varoufucker é militante ou sócio com as quotas em dia de uma união de 13 partidecos e que relevância é que um "pentelho" desses poderia ter para o facto de ter sido nomeado todo-poderoso ministro das ideias luminosas de um governo de falsos profetas de maravilhas? Não vás à escola nem tomes a medicação, não.
Imagem de perfil

De cristof a 29.04.2015 às 15:11

Nós que precisamos como prioridade forças politicas e dirigentes carismaticos que nos ajudem a não escolher estes dirigentes que em 40 anos nos deram tres bancarrotas, um endividamento impagavel, prescrições de processos corrupção que até aos magistardos que as destriem lhes doi a alma, temos gente dessa que nos menciona como os expoentes máximos da "renovação", adeptos de incriveis varofakis e muitos deles membros destacados da Brigada das Colheres à volta do tacho público.
E os eleitores que cada vez mais se abstêm!!
Sem imagem de perfil

De JSP a 29.04.2015 às 20:01

O "Nascimento" torna claríssima a frase do VPV : "bìblicamente estúpido(s)"...
Sem imagem de perfil

De da Maia a 29.04.2015 às 23:43

Este episódio está documentado:
https://www.youtube.com/watch?v=3XQbBxIHbHQ
não te preocupes, a coisa termina bem.
Sem imagem de perfil

De am a 30.04.2015 às 10:48

Quando um Vorafoddakiz perde a tus* é porque o mundo está perdido... Até a tia Lagard o largou!

Chamem o Futre!
Sem imagem de perfil

De JS a 30.04.2015 às 23:23

R.R. Bem observado.
Quanto ao cavalheiro Varoufakis. É assim: apenas destoa naquele naipe. Paciência.

O ele proclamar que "para repetir uma formula que dá maus resultados à espera que comece a dar bons resultados ..." não contem comigo, para alguns é incompreensível. Como bem acentua neste post são tudo ou amores ou ódios de estimação.

A verdade é que entre passar umas horas a conversar (e a petiscar) com um qualquer "Varoufakis", ou 3 minutos com os outros funcionários "seus parceiros", tenho a certeza que RR também faria a minha escolha.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D