Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Resistência activa ao aborto ortográfico (123)

por Pedro Correia, em 29.01.17

2017-01-02 15.42.26.jpg

 

Évora, Janeiro de 2017

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Manuel Silva a 29.01.2017 às 11:51

Caro Pedro:
Ontem, no Público, o Luís Afonso fez o «cartoon» acerca da decisão da Academia das Ciências de retocar o AO.
Perguntava ele: E começa-se por que ponta? Aquilo tem ponta por onde se começar?
Boa pergunta!
Deixo aqui 4 exemplos do despautério que o AO provocou, o que prova que, de facto, às vezes é melhor fazer como se faz nos computadores: «reset» e voltar ao zero.
O pior foi o esforço de tantos professores a ensinar tantos alunos a escrever e ler direito por linhas tortas.
Moral da história: Deve pensar-se sempre muito bem nas consequências do que pretendemos fazer, especialmente se afecta ou outros, se afecta muitos outros.
1.º Exemplo: https://www.dropbox.com/s/g9czfeqf27ofqne/Pir%C3%A2mides%2C%20futeb%C3%B3is%20e%20ortografia.docx?dl=0
2.º Exemplo: https://aventar.eu/2017/01/25/scarfolk/#more-1267282
3.º Exemplo: https://aventar.eu/2017/01/28/ortografia-apocalipse-agora/
4.º Exemplo: https://aventar.eu/2017/01/28/ortografia-dentro-das-expectativas/
Entretanto decorre uma Petição contra o dito AO (a que eu chamo Aborto Ortográfico), quem quiser que a assine.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.01.2017 às 12:18

Boa, até os cães resistem ao acordo.
Sem imagem de perfil

De Pedro a 29.01.2017 às 16:39

Acrescentaria:

Excepto com trela e com saco
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 29.01.2017 às 22:23

Já não há saco (para o acordês).
Sem imagem de perfil

De V. a 29.01.2017 às 18:45

Retocar? O melhor era aboli-lo de uma vez por todas e deixar a Língua em paz. Ela cuida de si própria. E andam por aí umas bestas a dizer que não se deve mexer para não defraudar as criancinhas que já o aprenderam.. E a fraude por que passaram os que tiveram que re-aprender? Não me lixem. Isto é o exemplo acabado de sobre-legislação e a mania socialista de meter as patas imundas em todo o lado.

Socialista ou marxista ou uma porcaria dessas, não sei.
Sem imagem de perfil

De Manuel Silva a 29.01.2017 às 23:37

V.
Socialista, marxista, social-democrata, democrata-cristão, radical de extrema-esquerda, radical de extrema-direita, de tudo encontra nos apoiantes do AO e nos que se lhe opõem.
Não vale a pena insinuações rasteiras.
O AO começou com uma proposta em 1986, um Anteprojecto em 1988 e a aprovação em 1990.
O que o senhor (ou senhora) mostra é a tendência para a atribuição mesquinha de culpas só a este ou só àquele (cada um aos adversários, preservando os correligionários), que destrói a possibilidade de convivência minimamente decente e de discussão sadia entre as pessoas.
Sem imagem de perfil

De V. a 31.01.2017 às 01:24

Convivência convosco? Para quê? Vocês só brincam se forem os chefes e mudam as regras quando dá jeito. Não quero. Desabitem.

Comentar post



O nosso livro





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D