Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Reflexão do dia

por Pedro Correia, em 24.03.17

«O Acordo Ortográfico de 1990, em que abundam aberrações de todo o tipo, é mais um dos "monstros" gerados pela governação de Cavaco Silva (o mais famoso dos quais é o da dívida pública). E aqui vão, tão-só, dois exemplos.

O primeiro é o da eliminação arbitrária do uso do hífen. Que me pôs a suspeitar da razão pela qual a expressão "cor-de-rosa" tem hífen e a expressão "cor de laranja" não tem! Terá sido uma profecia política que só agora se consumou, com o traço de união entre o partido cor-de-rosa (PS) e a maioria parlamentar de esquerda que aguenta o governo?! E o partido cor de laranja (PPD-PSD) terá ficado sem hífen porque ameaça desmoronar-se?!

O segundo é o da supressão arbitrária do acento agudo, a provocar situações hilariantes. Veja-se o caso da expressão popular "Alto e pára o baile" (isto é, "stop"). Escrita com acento agudo antes do AO90, passou a escrever-se sem acento agudo - "Alto e para o baile" (isto é, "go") - na grafia do AO90.»

Alfredo Barroso, no i

Autoria e outros dados (tags, etc)


5 comentários

Sem imagem de perfil

De LL a 24.03.2017 às 18:03

https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/acerca-de-cor-de-rosa-e-cor-de-laranja/29892
Sem imagem de perfil

De Costa a 24.03.2017 às 18:17

Suponho não estar completamente errado ao me parecer que Alfredo Barroso sofre de penosíssimos problemas de índole psicológica e fisiológica, relacionados com a figura de Cavaco Silva, sendo que, em resultado disso, Alfredo Barroso (que, suponho também me não enganar completamente, será em apreciável medida quem, é em termos de opinião publicada - e mais coisas -, por via familiar e de regime, duas realidades que se tendem a confundir nas últimas décadas, com a primeira a achar-se, repetidamente, dotada de superiores privilégios sobre o segundo), necessita regularmente de se aliviar de manifestações especialmente desagradáveis desses males que o afligem. Será, imagino, uma questão de terapia.

De modo que sob a capa de um serviço à boa causa do combate ao AO90, instrumentaliza essa nobre luta, serve-se dela (ela que bem merece a dignidade de um valor muito superior à querela política), para verter alguns fluxos especialmente fétidos sobre Cavaco Silva e a sua - de Cavaco - cor política.

Permita-se-me assim adicionar alguns pontos apenas às ideias expressas por Barroso (António). Por uma mera questão de completude do cenário por ele esboçado:

- depois de Cavaco a coisa continuou, ninguém lhe pôs termo e com Sócrates a profissão de fé no AO90 foi reiterada. Essa e a dívida. Que chegou onde se sabe e que, como se sabe também, "não era para pagar";

- com P. Coelho e quanto ao AO90, nada mudou. A dívida subiu. Fatalmente, quando se pede emprestada uma fortuna, ainda que para "aguentar o barco", arrumar a casa e começar a pagar dívidas, a dívida global necessariamente sobe. Idealmente numa fase inicial, apenas. Mas por cá não, porque;

- entra a seguir Costa (com quem só partilho o apelido), delfim de Sócrates e, quanto ao AO90, o pouco que dele diz é que por ele não lhe mexe. E quanto à dívida, é o que se sabe. É de crer até que afinal a dívida nem é coisa assim tão má como a pinta A. Barroso, a acreditar na sua gente...

Costa
Sem imagem de perfil

De V. a 24.03.2017 às 20:06

Sócrates e o PS é que fizeram a lei, mas a culpa é de Cavaco. Lógica anquilosada desse palerma faccioso. Nem o sobrinho consegue ser tão idiota no seu partidarismo. E lembremos também que todos os jornalistas fizeram boicote à mudança proposta anos antes por Cavaco mas não fizeram nada contra as muito mais absurdas normas impostas à má-fila pelos socialistas com o a aceitação bovina de todo o parlamento. Por que será? Isto só lá vai com um terramoto e esperar que a maioria dos soterrados seja de esquerda (do Benfica, pelo menos, já sabemos que vão ser). Tirando isso estamos condenados às falácias desta cambada de tropicalistas laicos e pró-muçulmanos.
Imagem de perfil

De João Sousa a 24.03.2017 às 20:51

Ora: o Acordo Ortográfico, aqui, não passa de um argumento para verter mais algum fel contra Cavaco Silva (carinhosamente chamado nas reuniões familiares do clã Barroso-Soares de "o gajo").
Sem imagem de perfil

De oscar maximo a 25.03.2017 às 09:31

E a cor de cinza ?
E a de burro a fugir ?

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D