Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Quem tão aplaudido foi por bater no ceguinho...

por Sérgio de Almeida Correia, em 18.06.15

"Das duas, uma. Ou se tinha feito há dois anos, sem o consenso do PS; ou se tinha feito agora, com o consenso do PS. Uma das boas ideias do programa socialista é a exigência de maiorias de 2/3 para a aprovação das grandes obras públicas – PSD e CDS deveriam ter feito exactamente o mesmo em relação às grandes privatizações. Privatizar a TAP em cima do joelho foi uma péssima ideia, que levanta suspeitas justas e que não podiam existir." - João Miguel Tavares, Público, 18/06/2015


7 comentários

Sem imagem de perfil

De 2ª classe antiga a 18.06.2015 às 10:55

Em Portugal tudo é suspeitado....
Suspeito que o artigo de JMT foi comprado... Suspeita é suspeita!
E nada nos garante que ele seja insuspeitável... ainda mais no Público!

É uma velha crença salazarista: "Veio no Jornal" ... "Deu na TV"... Ouvi na Rádio"! Só ficamos a saber de que clube eram, depois da transferência de isento para assessor de Imprensa! Não é verdade carneiros jacintos? (etc)
Sem imagem de perfil

De Isto não é lábia demais para 2.ª classe? a 18.06.2015 às 19:32

Isto não é lábia demais para 2.ª classe antiga?
Nem sequer dava diploma.
O diploma de bacharel era dado na 3.ª classe antiga.
O de licenciado na 4.ª classe.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 18.06.2015 às 11:36

não se faz uma privatização com este peso simbólico desta maneira

Pois, o problema é este: ver-se na TAP um "valor simbólico". Quando aquilo que interessa não é o valor simbólico (qualquer que ele seja), é o valor real. O valor de uma empresa que está crivada de dívidas mas que permanece como a maior exportadora nacional.

Tanto o PS como os comentadores (como o artigo lincado) deveriam olhar apenas para o valor real da TAP e omitirem o valor simbólico.
Sem imagem de perfil

De JS a 18.06.2015 às 12:15

Apenas um dos habituais, virtuosos (e cínicos) mantras de quem está na oposição:

"... a exigência de maiorias de 2/3 para a aprovação das grandes obras públicas ..."
Ridículo.
Sem imagem de perfil

De E voto Costa a 18.06.2015 às 12:55

Eu acredito no Costa. Vai ter o meu voto.
https://www.youtube.com/watch?v=N_I8ZwjQXQU

Sem imagem de perfil

De Vento a 18.06.2015 às 14:35

Bem, a oferta da TAP visou tão somente aliviar o Presidente da República e foi-lhe apresentada como um docinho por todo o serviço prestado ao governo.

Aqui temos o perfil dos que têm governado a nação.

Sem imagem de perfil

De Ó ventosidade a 18.06.2015 às 17:41

Diz que o Jorge Coelho também ficou muito aliviado.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D