Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Polvos.jpg

Um texto inadmissível na imprensa portuguesa, pois um verdadeiro apelo ao canibalismo. Pois se o critério para a inclusão na dieta vier a ser a inteligência do comestível que acontecerá, que nos restará? A chanfana de socialista?, a cataplana de holigões?, tatuados à Lagareiro?, filetes de bolsonaristas?, o fricassé de indignista?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


15 comentários

Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 10.09.2019 às 11:53

Imagem de perfil

De Pedro Nogueira a 10.09.2019 às 12:50

Chanfana de socialista deve dar mal-estar de estômago, pela certa :)))
Imagem de perfil

De jpt a 10.09.2019 às 13:00

Cabras velhas só mesmo para estômagos rijos
Sem imagem de perfil

De V. a 10.09.2019 às 13:00

Chanfana de socialista — isso nem às galinhas, coitadinhas. Tats à Lagareiro todavia é de partir o côco.
Imagem de perfil

De jpt a 11.09.2019 às 00:42

Com leite de coco também será uma boa opção
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 10.09.2019 às 13:37

O polvo benfiquista é factualmente inteligente.
Já fez papas do J Marques.
Imagem de perfil

De jpt a 11.09.2019 às 00:43

Esse não é comestível
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 10.09.2019 às 16:29

O polvo Paul além de inteligente fartou-se de adivinhar resultados de jogos de futebol, que é uma ciência onde nem o Marques Mendes se mete.
Imagem de perfil

De jpt a 11.09.2019 às 00:43

O dr. Marques Mendes na próxima legislatura será transferido para os painéis futebolísticos. Aí fará prognósticos, estou mais que convencido.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.09.2019 às 20:53

Andamos a ser envenenados lentamente pelo xacuti goês, é tempo de entrar pelo óptimo cozido á portuguesa !!!!!

A.Vieira
Imagem de perfil

De jpt a 11.09.2019 às 00:44

A gastronomia goesa é muito aprazível. Não confundamos o inconfundível
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.09.2019 às 22:53

Quando os pins e pons descobrirem a sensibilidade apurada das plantas e a respectiva comunicação sofisticada,restarão as pedras para comer.Não me admiraria no meio da loucura geral.
Imagem de perfil

De jpt a 11.09.2019 às 00:44

A sopa de pedra já por aí anda
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.09.2019 às 23:20

Em vez de polvos falei de touros e lagostas aqui: https://imagenscomtexto.blogspot.com/2010/10/o-touro-lagosta-e-o-templo-jain-de.html mas passei ao lado do canibalismo
Imagem de perfil

De jpt a 11.09.2019 às 00:48

Magnífico postal meu caro, o que nos diz sobre os cuidados necessários para a cozedura da lagosta é verdadeiramente precioso. De facto é um argumento sempre utilizado (eu uso-o muitas vezes) para questionarmos o "humanitarismo" destas causas. E com um pouco de sabedoria e cuidado muito podemos fazer para se seguir com alguma pertinência.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D