Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Quanto menos debates, menos gosto de ti

por Rui Rocha, em 23.08.15

Vamos cá ver: ninguém obrigou o PSD e o PP a coligarem-se. Agora, se o fizeram, devem assumir as consequências. E essas são basicamente, para não perdermos muito tempo, que Passos Coelho é o líder da proposta política que a PaF, ou lá como se chama, tem para apresentar e que o PP tem uma posição de absoluta subalternidade. Vai daí, o normal é que a PaF, ou lá o que é, seja representada nos debates por Passos Coelho. E ponto final. A recusa de participação em debates em que o PP não esteja representado é, por isso, uma péssima decisão. Como já ninguém acredita que políticos que não conseguem explicar a embrulhada da Tecnoforma e que apresentam Miguel Relvas e Marco António Costa como parceiros de viagem se movam por princípios ou ideais, os eleitores concluirão, naturalmente, que Passos Coelho se move pelo mais puro tacticismo. Que teme, vá la saber-se porquê, que o debate lhe seja desfavorável. É, portanto, e repito, uma péssima decisão. Se debatesse, ganharia ou não. Não debatendo, já perdeu. Discutir, esclarecer, sujeitar-se ao escrutínio e ao contraditório são a essência da democracia. Quem invoca argumentos de secretaria para furtar-se a um debate não pode ter a aprovação daqueles que valorizam a democracia. Aliás, só existiriam vantagens em que Passos Coelho participasse sozinho. Tendo em conta acontecimentos que não estão assim tão distantes, bem poderia suceder que Passos Coelho e Paulo Portas se desentendessem em pleno debate.


6 comentários

Sem imagem de perfil

De lucklucky a 23.08.2015 às 00:43

Não. Os Partidos apesar de estarem de acordo no essencial são diferentes. O CDS não é como os Verdes, mais falsa causada Esquerda, na verdade nasceu de uma táctica inventada por Moscovo para acabar com a NATO.

"...bem poderia acontecer que Passos Coelho e Paulo Portas se desentendessem em pleno debate..."

Pois podia.
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 23.08.2015 às 11:46

Concordo, claro, e invejo-te o título. Que belo trocadalho!
Sem imagem de perfil

De William Wallace a 23.08.2015 às 13:10

Partilho MUITO vagamente da opinião do Rui Rocha porque entendo que não é num debate que se decidem posições finais de voto, isto para quem for votar e por outro motivo que mais abaixo descrevo.

Até agora conhecemos apenas (algumas) das opções apresentadas pelo PS, as da coligação ninguém conhece.

Impunha-se aos jornalistas escrutinarem, perguntarem quais as opções para o futuro de Portugal que PS e Páf pretendem executar não só na área económica (nem nesta área se conhece a posição do Páf ) mas também em termos de Saúde, Educação, Soberania, Segurança Social, Agricultura, Cultura.

Se o bom senso e o interesse de Portugal estivesse realmente em 1º plano o CDS deveria estar representado neste debate e ser responsável por apenas responder a questões ou assuntos de algumas áreas neste caso Agricultura, Segurança Social e Economia, seria o mais correcto no meu entender e provavelmente serviria até melhor os interesses da oposição revelando as incongruências que existem entre PSD e CDS e que estão bem camufladas pela falta de um jornalismo actuante e sobretudo pela inépcia do PS em fazer a coligação mostrar as suas propostas e é por esta inépcia que o PS não descola nas sondagens e não constitui (para mim) uma opção viável.
Sem imagem de perfil

De sampy a 23.08.2015 às 13:55

Vamos cá ver: há alguma coisa na Lei que impeça que no período de campanha eleitoral se faça um (ou mais) debates entres os líderes dos partidos com assento parlamentar? É ilegítimo que PSD e CDS proponham tal debate, e o achem preferível ao entre líderes das candidaturas compostas por partidos com assento parlamentar?
Certo, a lei diz que nos debates entre candidaturas só pode estar presente um representante de cada candidatura. Mas há alguma lei que diga que os debates tenham de ser única e exclusivamente entre candidaturas?
Por outro lado, existe algum impedimento legal de que Paulo Portas represente a candidatura PAF em algum dos debates?
PSD e CDS movem-se segundo os seus interesses; tal como os outros partidos e os próprios media que vão transmitir dos debates. Tacticismos? Argumentos de secretaria?
Concordo que o PAF faz mal em boicotar o debate de 22 de Setembro nas condições em que as outras candidaturas exigem que se realize. E estou convicto de que a posição será revista. Mas as insinuações de temor parecem-me golpe baixo.
Sem imagem de perfil

De IsabelPS a 23.08.2015 às 15:49

Quando uma pessoa pensa que isto está tudo razoavelmente claro, como por exemplo, que a coligação só tem de ficar sitting pretty a dar corda à inacreditável campanha do PS e aos actos falhados do Costa (que todos os dias se deve levantar a pensar "Que é que me deu, que é que me deu, mas que é que me deu para me meter nesta alhada nesta altura???"), zás, não resistem a desatar a disparatar eles próprios.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.08.2015 às 00:45

Paulo portas agora vai debater com Heloísa Apolónia. É vergonhoso, saber-se que políticos que estão à frente dum país, o qual têm destruído e não satisfeitos, querem continuar no poleiro, para destruírem o pouco que resta, não tenham um pingo de vergonha e queiram tudo a seu belo prazer, esquecendo que além deles existem outros. São a vergonha da política portuguesa.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D