Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Quando se acabarem as meias-solas ... voltaremos a andar descalços

por Sérgio de Almeida Correia, em 28.04.14

Os portugueses não só continuam a empobrecer e a pagar mais pelo que tinham, como vêem regredir diariamente a qualidade dos serviços que um Estado cada vez mais mínimo presta aos seus cidadãos, incluindo em coisas tão básicas como o cartão de cidadão. Era esta a reforma que prometiam.


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Vento a 28.04.2014 às 12:13

A conversa da treta sobre menos estado e melhor estado sempre foi levada a efeito por gente que não reconhece o seu próprio pobre estado. Assim sendo, é normal que tudo fique num estado miserável.

E muito me surpreende também que a conversa sobre boa gestão seja desenvolvida por indíviduos que nunca deram provas de ser bons gestores ainda que muitos deles se assumam como tal, gestores. Eis os governantes que temos, á semelhança do que tivemos.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 28.04.2014 às 12:38

Isto deve ser em boa parte porque, quando o cartão de cidadão foi introduzido há cinco anos, imediatamente muitas pessoas quiseram tê-lo e correram a tirá-lo. Agora essas mesmas pessoas aparecem todas a pretender renová-lo. Houve enormes bichas há cinco anos e elas repetem-se agora. Quem tirou o cartão de cidadão mais tarde já não terá bichas para enfrentar (espero eu).
Sem imagem de perfil

De Anónimo Desconhecido a 28.04.2014 às 14:14

Devem estar a preparar a privatização da gestão do Cartão do Cidadão....
Sem imagem de perfil

De William Wallace a 28.04.2014 às 16:37

Eu vivo numa cidade do interior com loja do cidadão e dirige-me á mesma para fazer a renovação e em 5 dias úteis ficou pronto.
Os dados mantiveram-se todos, não sei se aí residirá parte do problema, alteração de dados , moradas , estado civil, etc. que têm de ser comunicados e validados por diferentes entidades e ministérios , Segurança Social, Finanças e Administração interna.
O cartão do cidadão pareceu-me uma boa ideia mas o que não contava era ter de pagar 15€ a cada renovação o que me parece exagerado ( ?! ) mas deve ser o preço do mesmo.
Outra observação que me apraz fazer reside no facto que as lojas do cidadão estarem a ficar ás moscas em termos de serviços que ali eram prestados (pelo menos a da cidade onde vivo) o que obriga uma vez mais a voltar ao passado em que tinha de se correr vários serviços em diferentes localizações para se tratar de alguma coisa.

De facto se nem no básico este governo consegue implementar métodos transparentes e eficazes de gestão e racionalização como poderão eles aspirar a querer reformar alguma coisa sem que isso inclua as palavras privatizar e concessionar!

Sem imagem de perfil

De rmg a 28.04.2014 às 17:12


Por uma vez estou de acordo com o Luís Lavoura .

O meu BI acaba em 2018 e nessa altura trato disso .
Mas estou rodeado de gente que me chateia há anos porque o cartão de cidadão tem tudo e é muito prático porque está tudo ali e mais não sei o quê e foi a correr tirá-lo .
Pelos vistos já ninguém se lembra da "corrida" a esse gadget ...

E agora queixam-se que têm que o renovar quando sabiam perfeitamente que eram essas as normas e , se não sabiam , podiam saber porque não era segredo.

Se só os que viram o BI caducar ou as crianças que o tiram pela 1ª vez o fizessem estávamos bem e é como iremos estar dentro de 5 anos .

Mas já não vai ser notícia , o que corre bem nunca é notícia .
Os que vêem os copos sempre meio cheios não vivem disso .
Sem imagem de perfil

De rmg a 28.04.2014 às 19:49


"meio vazios" , claro , as minhas desculpas .

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D