Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Quando a democracia se torna obesa

por Luís Naves, em 07.03.15

7e5db4cb11e87405ead9052aa9d590c1.jpg

 

Há crescentes sinais de problemas na democracia americana, sobretudo a paralisia que resulta da crescente intransigência das facções extremistas dos dois grandes partidos e a lenta formação de uma oligarquia que impede a renovação mais rápida do Congresso. As trincheiras ideológicas em torno do porte de armas ou da imigração estão a aprofundar-se e os políticos americanos tratam com pinças temas que na Europa seriam triviais, por exemplo, se há vantagens em vacinar as crianças, se acredita na teoria da evolução ou na tese das alterações climáticas. As campanhas tornaram-se de tal forma caras que os candidatos ficam reféns dos seus financiamentos.

Estes textos de Paul Krugman (aqui em castelhano e aqui numa versão diferente em inglês) são, no mínimo, preocupantes. O autor baseia-se neste artigo, onde são referidos os valores das contribuições políticas da indústria de pizzas. Como se pode ler, os estados mais obesos da América tendem a votar no Partido Republicano e Krugman afirma existir uma correlação entre estilo de vida e opções partidárias, algo que estará talvez ligado ao facto da indústria de junk food contribuir fortemente com dinheiro para as campanhas de candidatos republicanos.

A indústria do tabaco também interferiu na política, como fazem hoje a banca, os produtores de petróleo ou os fabricantes de armas, defendendo o livre arbítrio dos cidadãos e a liberdade dos mercados. Com esses argumentos, atrasam os avisos aos consumidores sobre os efeitos dos produtos que vendem ou hostilizam qualquer político que queira alterar comportamentos ou regular o seu sector. No caso das pizzas, a indústria quer apenas impedir a obrigação de etiquetas com informação sobre o conteúdo do alimento ou contestar decisões das autoridades no sentido de excluir este tipo de comida dos menus escolares. Quando a obesidade ou o fenómeno das alterações climáticas se tornam questões de opção partidária, todo o debate fica inquinado.

Tags:


1 comentário

Sem imagem de perfil

De lucklucky a 07.03.2015 às 20:43

Fantástico. Mais uma vez o autor demonstra a sua predisposição para a Tirania, vide o post sobre o Governo Mundial.

Nem entende o que é a Liberdade. Mas talvez não lhe interesse.
Também não entende o que se passa nos EUA:
O Partido Democrata quer destruir a Republica e instituir um Governo centralizado acabando com o Federalismo.
Basicamente é isto.

Ora a América só existiu porque existiram sempre muitas Américas dentro dela.

E não tem vergonha em empregar as frases Orwellianas como "alterações climáticas" uma expressão saída do livro neo-marxista, um double entendre desonesto. Não falsificável logo desonesta.

Que tal usar a expressão honesta:
Aquecimento Global

O autor se tivesse recusado ser social e apenas tivesse usado o que aprendeu sobre método científico na escola - não é preciso ir à Universidade - perceberia que num sistema tão complexo e com tão falta de informação precisa, não há hipótese de saber o que representam diferenças de décimas de grau.

Nos EUA:
Hoje diz-se que o sol faz falta há 10 anos atrás andar ao sol era "crime"
Hoje o sal também passou a fazer bem depois de ser proscrito.
O café idem.
Hoje uma família foi acusada de ‘unsubstantiated’ neglect
Porque deixou os filhos andarem sozinhos durante 1 milha.

http://pjmedia.com/instapundit/203125/

É este o seu mundo controlado.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D