Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Quadratura do círculo

por Pedro Correia, em 30.01.18

2016-11-18-quadratura-do-circulo[1].jpg

 

Ódio velho não cansa. José Pacheco Pereira - o tal que se gaba de nunca criticar quem sai de cena ou está na mó de baixo - atirou-se pela enésima vez a Passos Coelho, na Quadratura do Círculo. À falta de pretextos actuais, pela irrepreensível conduta do líder cessante no processo de transferência de poderes em curso no PSD, regressou ao passado.

"Se há partido que precisa de uma discussão interna profunda e discussão sem tabus é o PSD. Mas outra coisa é a organização de fracções e a organização de grupos que se destinam a manter uma tendência ou a manter relações de liderança alternativa. Isso seria péssimo. Se olharmos para a experiência do passado, foi o que Passos Coelho fez, por exemplo, com Manuela Ferreira Leite", arengou Pacheco na Quadratura de 18 de Janeiro. Levando o insuspeito Jorge Coelho, com impecável memória, a contestá-lo: "Que eu me lembre, quem correu de deputado com Pedro Passos Coelho foi a liderança de Manuela Ferreira Leite. Eu nunca vi isto em partido nenhum."

Pacheco, um dos ideólogos dessa vergonhosa escovadela no PSD prévia às legislativas de 2009 que contribuiu para a segunda vitória eleitoral de José Sócrates, foi incapaz de dar réplica ao ex-ministro socialista sobre este dado factual. Preferindo saudar o putativo regresso ao partido de um ex-secretário-geral que andou todos estes anos a apelar publicamente ao voto noutras forças políticas antes de ressurgir como apoiante de Rui Rio. "Vejo, com certeza, com bons olhos o regresso de António Capucho ao partido. É um social-democrata de toda a vida", alegrou-se no mesmo programa.

Recapitulemos: "manter uma tendência" interna é péssimo, mas aceitar no PSD quem apelou a votar PS com António José Seguro nas europeias de 2014 e com António Costa nas legislativas de 2015 é excelente.

Uma verdadeira quadratura do círculo. Nada que deva espantar seja quem for.

Autoria e outros dados (tags, etc)


30 comentários

Sem imagem de perfil

De Vlad, o Emborcador a 30.01.2018 às 11:10

"Que eu me lembre, quem correu de deputado com Pedro Passos Coelho foi a liderança de Manuela Ferreira Leite. Eu nunca vi isto em partido nenhum."

Vi o programa. Pacheco Pereira disse que tinha havido, na altura, uma autêntica conspiração, por parte de Passos Coelho e Companhia/Relvas, contra Ferreira Leite....

Pedro, encontrei isto, "deveras", engraçado, em:
https://portugalgate.org/blog/page/14/

2017: número incerto de pessoas assassinadas a fogo pelo Estado. o governo decide taxar o sal. equiparação da pessoa-patuda à pessoa-contribuinte.

2018: o governo decide taxar o suor. mamadou ba é agraciado com a Grã-Cruz da Ordem de Torre e Espada, a qual rejeita veementemente alegando que o seu tio-trisavô foi morto por um pigmeu albino que empunhava uma espada. o governo proíbe formas de apropriação cultural, como usar um lenço na cabeça sem ser-se muçulmano.

2019: josé socrates, eleito presidente da republica com o endosso de Marcelo (a quem é diagnosticada uma artrose no joelho que o força a abdicar), admite candidatar-se à liderança da ONU.

2020: passa a ser obrigatório renovar todos os documentos pessoais de cinco em cinco dias. fernanda câncio assume pasta da Verdade, Nivelamento e Redistribuição Étnica. o governo, composto pela coligação PS/PSD/CDU/PAN/BE eleita com 194% dos votos nas ultimas legislativas, admite ir buscar um rim a quem estiver a acumular dois e coimar com doação compulsiva de sangue e linfa os possuidores de arroz carolino não certificado.

2021: pessoas transgaydemiqueer+-sim reivindicam o direito a matar pessoas transgaydemiqueer+-não preventivamente em legítima defesa ao abrigo da VIII revisao constitucional de 25.04.2019.

2022: nacionalização de toda a propriedade privada, incluindo casas, veículos, terrenos, rebuçados e corpos. adjudicação do serviço nacional de homogeneização habitacional, com inspecções diárias. criação da polícia impoluta de segurança social (PISS).

2023: é banida a cópula de duração superior a 3:15 minutos, ficando ainda sujeita ao imposto do selo, a cobrar por débito directo na emissão mensal de senhas alimentares.

2024: cinquenta anos de abril. o deputado único do CDS-PP propõe, na AR, uma redução de 0.005% nas subvenções vitalícias dos titulares de cargos públicos e é executado por fascismo, defenestrado em directo do miradouro no alto da Ponte Mário Soares entre lisboa e angra do heroísmo. segundo um artigo publicado num jornal da Ossétia do Norte, portugal é o destino mais belo do mundo para ornitólogos vesgos.
Sem imagem de perfil

De Justiniano a 30.01.2018 às 11:34

A conspiração foi autentica, sim sr!! Há uma certidão sobre isso! E sobre conspirações parece-me que o JPP é um verdadeiro entendido! É conspirações e fanzines!
Agora, coisas sérias!! Não me acredito muito que em 2024 o CDS tenha sequer um deputado!!
Sem imagem de perfil

De Vlad, o Emborcador a 30.01.2018 às 11:49

Sem imagem de perfil

De Lucklucky a 30.01.2018 às 15:21

Boa Vlad estás a chegar lá.
Sem imagem de perfil

De Justiniano a 30.01.2018 às 15:26

Sem imagem de perfil

De V. a 30.01.2018 às 13:59

Pacheco é um infiltrado. E não é só ele.
Sem imagem de perfil

De Vlad, o Emborcador a 30.01.2018 às 14:59

McCarthy vive!!

https://youtu.be/wJHsur3HqcI

....hmmm...se calhar é capaz de ter razão. ....infiltrar de comunas o regime, sabotá-lo, e tornar a "reforma" do sistema político uma exigência popular. ....quem diz comunas, diz plutocratas, ou muçulmanos. .....ando numa de Conspiração!!
Sem imagem de perfil

De V. a 30.01.2018 às 16:43

confederações, associações empresariais, ong, bancos, you name it, está tudo minado de Pecês. Outros grupos fazem coisas mais sofisticadas como meter um infiltrado do regime a disputar a própria liderança. É inteligente porque ninguém olha para o topo, só para os cães de fila — mas não é suficientemente inteligente para escapar à percepção das pessoas honestas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.01.2018 às 18:44

V.Exª. opinou bem, só terminou mal. António Capucho foi outro Pacheco Pereira mas em em menor escala. Em Si bemol fraquinho.
Tipos que devem ao partido tudo o que de bom tiveram na vida, deveriam ser logo afastados.
Até se reformaram por doença mas activos para o bem bom.
Isto é quase igual ao Bolsanamão da SIC/PSD que mantém 5 tipos- Eixo do mal- durante anos a debitarem babuseiras.Passaram mais de 2 anos com novos actores e malham sempre no mesmo. Cretinos e cínicos!
O Subsídio tem de ser grande! Só pode!
Sem imagem de perfil

De V. a 30.01.2018 às 22:04

A SIC é outro pilar do regime — do eixo Retornados /Benfica / Politicamente Correcto. E têm uma série de infiltrados na RTP servindo-se também do propósito de acabar a carreira com reformas milionárias que os tansos todos de Norte a Sul vão pagar copiosamente e sem piar. Ou quase: só pio eu.
Sem imagem de perfil

De Vlad, o Emborcador a 30.01.2018 às 23:20

Deve referir-se ao Ricardo Costa....não é V.?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 31.01.2018 às 06:52

O Ricardo Costa é do Sporting.
Sem imagem de perfil

De Justiniano a 31.01.2018 às 15:53

Ricardo Costa era central do FC Porto!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 31.01.2018 às 17:02

Esse joga agora no Tondela, salvo erro.
Sem imagem de perfil

De Justiniano a 01.02.2018 às 08:32

Era do Porto. Foi emprestado ao Setúbal, salvo erro, e depois retornou ao FC Porto.
Sem imagem de perfil

De V. a 31.01.2018 às 12:20

A idea aplica-se mais à RTP mas Rangel esteve na SIC durante muitos anos —
até com a destruição de algumas coisas e de pessoas se se recordarem bem.
Sem imagem de perfil

De Justiniano a 31.01.2018 às 16:07

O falecido E. Rangel foi, simplesmente, dos personagens mais desconcertantes e marcantes do panorama media do pós 25 Abril (não me interessa minimamente a pessoa em si e o seu feitio ou relacionamento pessoal). Deixou, à sua época, a melhor radio notícias (note que a TSF nos idos de 90 não era a alucinação em que se tornou actualmente). Criou o primeiro canal de notícias, a SIC notícias (o que hoje é a SIC notícias não tem que ver necessariamente com o conceito em si mas com as circunstancias que assim a tornaram, infantil.)
É justo que se diga;
Sem imagem de perfil

De V. a 31.01.2018 às 20:28

Pois. Mas ninguém cria coisas sozinho e além disso foi tudo copiado da CNN e da jornalismo americano. Qual foi a sua vantagem? Ter muitos apoios e estar bem colocado num grupo socio-económico muito específico que até teve um instituto público próprio que distribuía dinheiro e apoios para um tipo exclusivo de portugueses que curiosamente só dizia mal disto — e que se instalou em massa em cargos superiores na FP (a maior parte com qualificações inexistentes) destruindo o equilíbrio que existia nas caixinhas das corporações. Essa cultura de maledicência e deslumbramento com o exterior e de embaraço e vergonha com o seu próprio foi a linguagem que dominou e domina a Comunicação Social. Esse é o verdadeiro legado de Emídio Rangel e de outros como ele. Na minha modesta opinião.
Sem imagem de perfil

De Justiniano a 01.02.2018 às 07:55

O V. deve estar entre aqueles que reduziam o Belmiro de Azevedo a um traste oportunista que copiou o conceito de hiper mercado e shopping à Americana ou Francesa!!
O V. também deve destestar o Cavaco por ter aberto as ondas de televisão a privados.
Como é que se chamava aquele 1º ministro que muito se queixava da maledicência? Era um bocado deslumbrado, também!!
O V. nestes dois ou três comentários revelou o despeito, pequenez e inveja mesquinha que costumo observar como característica intrínseca da esquerda jacobina.
Olhe, fique com o Costa!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.01.2018 às 23:17

Apesar de tudo, não façamos a Pacheco Pereira a injúria de o comparar com Capucho.
Há um abismo intelectual e comportamental entre os dois.
Sem imagem de perfil

De Justiniano a 31.01.2018 às 16:33

Há, para além da ignorância atrevida, abismos de deslumbramento e vaidade que unem os dois!
É evidente que o Capucho é um gebo, sem salvação possível!
O JPP é apenas preguiçoso e habituou-se a entreter em Televisão com meia dúzia de clichés datados e outra meia dúzia de tiradas da corrente crítica da escola de sangalhos. Como dava pra brilhar assim se manteve. Em equipa que ganha não se mexe!!
Sem imagem de perfil

De V. a 31.01.2018 às 20:29

corrente crítica da escola de sangalhos

Ahahah. Muito bom.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.01.2018 às 20:22

Pedro Correia essa teoria da conspiração vai passar-lhe...

WW
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.01.2018 às 23:16

Especialista em teorias da conspiração é o Pacheco Pereira. Claramente incapaz de fazer leituras políticas sem esse ingrediente.
Eis um exemplo, datado de há três meses:
http://expresso.sapo.pt/politica/2017-10-05-Pacheco-Pereira-diz-que-corrida-a-lideranca-do-PSD-vai-ser-de-cortar-a-faca

Como de costume, a realidade encarregou-se de o desmentir.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.01.2018 às 23:48

Olhe que não, isto só começou agora, os infiltrados que levaram Passos Coelho á liderança estão todos lá a afiar as facas, felizmente as bases não se vão deixar iludir novamente.

WW
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 31.01.2018 às 06:51

"Os infiltrados que levaram Passos à liderança." E eu a pensar que tinham sido os militantes do partido, em eleições directas - tão directas como as que levaram agora Rio ao mesmo lugar...
Sem imagem de perfil

De amendes a 31.01.2018 às 00:03

O pior desgosto /raiva de PPereira é PPCoelho não lhe ter passado cartão... Ele tem lutado desaforadamente para ser expulso do partido...

Imagem de perfil

De Pedro Correia a 31.01.2018 às 06:50

Logo ele, que em 2009 esteve na primeira linha do apoio e aplauso à expulsão do futuro líder do partido das listas eleitorais.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D