Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Presidenciais (10)

por Pedro Correia, em 03.01.16

 

                   img_300x400$2015_10_08_13_33_28_265267[1].jpg images[1].jpg

   

Debate Edgar Silva-Maria de Belém

 

A boa preparação dos concorrentes faz a diferença nestes debates.

Edgar Silva, o candidato apoiado pelo Partido Comunista, deu ontem à noite provas disso quando acusou a sua oponente, Maria de Belém, de pretender interromper a legislatura, investida nas supostas funções de Chefe do Estado, se Portugal não cumprisse as metas do Tratado Orçamental. Para o efeito socorreu-se de recortes da imprensa, designadamente de declarações da candidata ao Expresso e ao Jornal de Negócios.

Estava o frente-a-frente na SIC Notícias ainda no início e já o ex-padre madeirense marcava pontos neste confronto com a socialista católica que avançou para uma candidatura presidencial sem pedir autorização ao secretário-geral do PS.

Maria de Belém viu-se remetida a posições defensivas, gastando largos minutos a tentar rebater aquelas imputações. Mas as suas explicações exigiam minudências mal apercebidas pelos espectadores. Afinal, como alegou, o que ela punha em causa nessas declarações era o cumprimento dos tratados europeus a que o Estado português se vinculou.

O debate resvalara para o terreno mais propício a Edgar Silva, que acusou Belém de convergência com a Europa da "senhora Merkel" que ele frontalmente repudia. "O senhor quer encostar-me a uma coisa que não é verdade", protestou a oponente. Mas estava já em fase de contenção de danos e quase não houve tempo para mais.

 

Vencedor: Edgar Silva

...............................................................

 

Frases do debate:

 

Belém - «O meu programa é a Constituição da República Portuguesa.»

Edgar  - «A minha candidatura é despudoradamente de esquerda.»

Belém - «Eu sou uma construtora do Estado Social.»

Edgar  - «Temos uma situação de terrorismo social que está a devastar vidas.»

 

...............................................................

 

O melhor:

- Maria de Belém não deixou de lançar uma farpa ao ausente Sampaio da Nóvoa, seu concorrente mais directo: "Não surgi aqui de repente. Tenho mais de 40 anos de vida pública e de vida política."

- O ex-sacerdote Edgar Silva faz contínuas alusões à pobreza e à exclusão social, o que o tornam simpático aos olhos de alguns eleitores católicos.

O pior:

- A ex-ministra da Saúde jogou à defesa pelo segundo debate consecutivo.

- O candidato do PCP estava nervoso: as mãos tremiam-lhe quando segurava nas fotocópias dos recortes da imprensa.

Autoria e outros dados (tags, etc)


12 comentários

Sem imagem de perfil

De JS a 03.01.2016 às 19:19

"... vida pública e de vida política..."
Vida política só pelo Partido.
Nomeações e avaliações dentro do partido ou num governo do partido.

Nunca eleita e vencedora, ainda menos re-eleita, em eleições nacionais, em seu nome.
Acha que merece, como afirmou, "começar uma carreira política por cima"?.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 03.01.2016 às 19:35

Eu não afirmei nada disso.
Sem imagem de perfil

De JS a 04.01.2016 às 11:29

Caro Pedro Correira.
As duas citações assinaladas por aspas são frases, em contradição, proferidas por Maria de Belém.

Tenho a modesta opinião de que só é um, ou uma, personagem política que mereça esse titulo, quem foi eleito (e sobretudo re-eleito) contra outros candidatos. O presente sistema político, como bem sabe, não fomente carreiras politicas. Apenas nomeações, carreirismo amorfo partidário, o que muitas vezes até será um demérito.

É por esse motivo que os Presidente de Câmara merecem todo o respeito, São políticos genuínos visto que, a nível regional, eles se sujeitaram a eleições, em seu nome próprio, e venceram.

(Presentemente em Lisboa o Pr. da Câmara, independentemente de méritos pessoais, tal como Santana Lopes reconheceu a seu tempo, tem, politicamente um bruto "calcanhar de Aquiles").

Que fique claro: sigo o seu trabalha e análises com o merecido interesse e respeito. JS
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 04.01.2016 às 16:22

Obrigado pela sua frase final, JS. Percebi - erradamente -que estava a falar de alguma coisa que eu tivesse escrito. A língua portuguesa é assim: tem a sua quota-parte de ambiguidades.
Continue a aparecer por cá. Um abraço.
Sem imagem de perfil

De JS a 04.01.2016 às 22:32

Com a honra (e imodéstia) de comentar nos seus "post".
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.01.2016 às 21:22

Tenho todo o gosto nisso.
Sem imagem de perfil

De BELIAL a 03.01.2016 às 20:11

A filauciosa madama não se enxerga.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 04.01.2016 às 16:23

Atenção ao respeito devido às senhoras, Belial. Evite essas modernices.
Sem imagem de perfil

De BELIAL a 03.01.2016 às 20:16

Figuraria bem, muito tia, num desfile canino, fazendo pendant com lulu da pomerânia ou bichon maltês (frisé).
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 04.01.2016 às 16:25

Atenção ao decoro, Belial.
Imagem de perfil

De José Manuel Faria a 03.01.2016 às 22:26

Concordo com o vencedor.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 04.01.2016 às 16:24

Estes debates estão a ser interessantes, José Manuel. Ao contrário do que o sindicato dos comentadores proclama com um enfado muito presunçoso e muito lisboeta.

Comentar post



O nosso livro





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D