Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Delito de Opinião

Portugal às Avessas

jpt, 13.04.21

imagem avessa.png

(Fotografia de Pedro Sá da Bandeira)

Muito concordo com o que Zélia Parreira, na sua sofrida sageza de bibliotecária, disse, alertando-nos para o infindável rol de monos impublicáveis que vão sendo ... publicados, e nisso provocando trabalheira insana e inútil. Eu blogo desde 2003 e dessa verdadeira mania de perorar resultou uma enorme quantidade de textos, e a alguns desses ainda lhes encontro sentido. Mas, e até para não incrementar a ira dos nossos bibliotecários, em vez de fazer caros monos de papel sossego-me produzindo gratuitos (no duplo sentido do termo) monos pdfs. Antes fiz 5 colectâneas de postais, as quais coloquei na minha conta da rede Academia.edu

Agora acabei outra, esta "Portugal às Avessas". São 42 postais no blog ma-schamba, escritos entre 2004 e 2014, quando vivia em Moçambique. Neles fui deixando o meu crescente desconforto diante do que desde lá longe ia assistindo em Portugal. Pois emigrado num país com tantas dificuldades e no qual o debate desenvolvimentista me era constante – pessoal e profissionalmente -, o que reforçava o meu espanto, que se foi fazendo ira até à desesperança, face ao desvario do rumo português e ao paupérrimo debate nacional durante o pérfido período socratista e a crise financeira subsequente. Julguei apropriado concluir este apanhado, neste momento em que o engenheiro Sócrates quase resssuscita e os seus apaniguados aplaudem e as apaniguadas gargalham. A fotografia da capa é do meu amigo Pedro Sá da Bandeira. Um belo momento diante de um edifício que ficou icónico do desperdiçar português deste início de XXI.

Quem tiver interesse e paciência só precisa de "clicar" neste Portugal às Avessas. e gravar. Se encontrar interesse em algum texto isso ser-me-á recompensador.