Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Pontes sim, trincheiras não

por Pedro Correia, em 21.08.19

21535260_KwQ4l.png

Imagem do DELITO em Janeiro de 2009

 

Foi um prazer, confesso, estar à conversa com o Pedro Neves nas instalações do Sapo. O pretexto para este bate-papo, que se prolongou por cerca de uma hora, foi o décimo aniversário deste nosso DELITO DE OPINIÃO, já com merecido estatuto de veterano da blogosfera.

Do simpático convite do Pedro nasceu uma entrevista que me permitiu falar um pouco sobre este percurso trabalhoso mas muito gratificante em termos intelectuais e humanos. Desde logo porque me permitiu conhecer e estreitar relações com muitas pessoas de quem me fui tornando amigo a pretexto desta escrita em jeito de registo diário do que vai sucedendo no país, no mundo e um pouco também nas nossas vidas.

Se me permitem, destaco algumas frases:

«Conseguimos fazer uma coisa que é difícil interiorizarmos em Portugal: podemos ter opiniões muito diferentes, e até opostas, e isso não afectar a relação no plano pessoal»

«Temos uma base de conteúdo político, mas captámos leitores que detestam política e vêm ler outras coisas: uma crítica de livros, uma crítica de cinema, por exemplo»

«Devemos estender pontes. É muito mais fácil encontrarmos compromisso e entendimento a meio de uma ponte do que se estivermos no fundo de uma trincheira»

Autoria e outros dados (tags, etc)


20 comentários

Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 21.08.2019 às 00:44

Parabéns Pedro. O trabalho e a disciplina necessários para manter um blogue como o Delito deve ser homérico.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 21.08.2019 às 08:35

Só agora - feito o balanço exaustivo destes dez anos - reparei que sim, meu caro.
Mas, como se diz, quem corre por gosto não cansa.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.08.2019 às 07:00

Bom dia Pedro Correia
Aqui do "Chapéus" uma "Chapelada" de parabéns.
António Cabral
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 21.08.2019 às 08:34

Retribuo com uma chapelada agradecida, António.
Imagem de perfil

De Cristina Torrão a 21.08.2019 às 09:09

Muitos Parabéns, Pedro!

É uma honra pertencer ao DO. Muito obrigada pela confiança em mim depositada.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 21.08.2019 às 09:34

Com reforços como a Cristina o DELITO continua a navegar em força.
Imagem de perfil

De Pedro Neves a 21.08.2019 às 10:39

Pedro,
já esperava uma conversa interessante e o resultado final foi uma entrevista com muitas observações pertinentes sobre uma série de temas que me dizem muito e que sei que vão interessar a mais gente. Obrigado novamente pela disponibilidade e que venham, pelo menos, mais dez anos de Delito!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 21.08.2019 às 14:16

Muito obrigado, Pedro. Pelas generosas palavras, que correspondem por inteiro aos teus actos.
Também já és um "delituoso" honorário.
Abraço.
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 21.08.2019 às 10:45

É complicado ter a disciplina e motivação para manter um blog activo.
Como leitor, é penoso ver um blog definhar. Os textos são esparsos, alguns vê-se que são apenas para marcar o ponto, antevê-se a morte anunciada.
Talvez pior que aqueles que simplesmente decidem e anunciam "hoje é o último dia". Certamente pior.
Uma coisa é certa, a internet precisa de um jardim das tabuletas. Aqui jaz, viveu a vida com alegria e vigor.

PS: alguém sabe o que aconteceu ao Ma Despesa?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 21.08.2019 às 11:02

Fique descansado. Quando precisarmos de patrocínio da Servilusa (longe vá o agouro...) não deixaremos de contactá-lo.
Até lá espero que usufrua. Mesmo em Agosto, este blogue não fecha para férias.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.08.2019 às 17:44

Longe venha, Anonimus, o dia sobre que por aqui elabora. Ainda que, conste, a morte seja com o fisco a única certeza que se pode de facto ter. Escreve que os textos são esparsos e alguns apenas pretenderão marcar o ponto. Por mim não vejo na quantidade um critério especialmente relevante; e isso de marcar o ponto há-de ser, quanto à substância de um escrito, coisa tendencialmente bem subjectiva.

Em suma, não me parece que o D.O. definhe e tenha a sua morte anunciada. Podem é os tempos não suscitar tão abundante reflexão (abundante em estrito sentido quantitativo; e não se pense que isso abona a favor "dos tempos") e, sendo assim, melhor sem dúvida manter alguma contenção.

A lavoural figura - saberá a quem me refiro -, creio recordar correctamente, sustentava coisa similar há algum tempo: o estiolar do Delito de Opinião. Discordo, evidentemente. E suponho, em todo o caso, que o Anonimus não seja o Lavoura.

Mas já que, dir-se-ia, nutre alguma atracção pelas despedidas na blogosfera (pela "morte", enfim, dos blogues) - e, manifestamente, pelo latim -, permita-me invocar uma, de quatro de Fevereiro de 2008, preservando o anonimato da autoria (opção, bem sei, não necessariamente louvada por aqui; e com toda a legitimidade) e que termina com a sereníssima elegância e, parece-me, desencantada melancolia de um "ave atque vale".

Não conheço até hoje outra que se leia e releia como essa: sem uma palavra a mais. Fica a sugestão para um passeio por esse jardim das tabuletas de que parece sentir a falta.

Costa
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 21.08.2019 às 19:27

Era uma referência abstracta.

Alguns blogs que seguia (Arrastao, lisboasos, só de cabeça) tiveram esse destino. O "Ma Despesa", ao que parece, idem.
Ao Delito só posso desejar mais 10 como estes.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 21.08.2019 às 20:04

Obrigado.
Como se pode verificar, só hoje (neste momento) temos nove postais, de quatro autores.
Apesar de ser um dia de Agosto e haver muita gente de férias.

O DELITO está bem e recomenda-se.
E continua interactivo com os leitores.
Nós gostamos.
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 21.08.2019 às 10:48

O Delito é isso tudo e muito mais, Pedro. É também a voz de todos aquelos que não se conseguem fazer ouvir. Sem excepção. Bem haja Pedro.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 21.08.2019 às 11:03

Obrigado, Dulce. Também por estar a contribuir para a renovação do nosso DELITO.
Imagem de perfil

De jpt a 21.08.2019 às 14:55

Boa. E bela ideia a do convívio blogal.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 21.08.2019 às 16:51

Julgo que irá para a frente. Estou convicto disso.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.08.2019 às 17:17

Uma trincheira não digo mas um grande "fox hole"...

WW
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 21.08.2019 às 17:21

Prefiro a ponte. Desde logo por ter melhor vista.
Imagem de perfil

De AntónioF a 22.08.2019 às 14:26

Parabéns Pedro, pela excelente entrevista!


P.S.: Sérgio Godinho, para quando?

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D