Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Pesadelo

por Pedro Correia, em 14.11.15

1447495394431242[1].jpg

 

O pior atentado cometido em território francês desde a II Guerra Mundial.


20 comentários

Sem imagem de perfil

De lucklucky a 14.11.2015 às 13:53

Título de conversa fiada do jornal.

Embora se os jovens não podem ir a festivais e usufruir da sociedade livre vai ficar muita gente com mãos e cabeça desocupada.

Em idade de combater.


Imagem de perfil

De Pedro Correia a 14.11.2015 às 18:18

"Título de conversa fiada" porquê?
Se fosse você a fazer o título escrevia o quê? Peace and love?
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 14.11.2015 às 21:36

Os dogmas e tabus que a classe política-jornalista andou a vender nos últimos 30-40 anos não permitem a guerra. Sim teremos uns drones, umas bombas e pouco mais.
Fazer o que for preciso para ganhar a guerra não.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 15.11.2015 às 10:03

Os curdos têm ganho a guerra no terreno. Sem drones nem bombas.
Primeiro passo: estrangular a fonte de financiamento e de armamento daquela corja assassina.
E pôr fim à duplicidade de certos "aliados" do Ocidente nesta matéria.
Imagem de perfil

De Vitória a 14.11.2015 às 14:31

Um pesadelo que destrói vidas
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 14.11.2015 às 18:20

Uma história de pesadelo que ainda vai nos capítulos iniciais, infelizmente.
Sem imagem de perfil

De William Wallace a 14.11.2015 às 18:33

Quem confunde atentados terroristas com guerra não está ao corrente dos problemas em que nos enfiaram sendo que nunca estará a altura de resolver a situação que irá evoluir rapidamente e sem controle.

Imagem de perfil

De Pedro Correia a 14.11.2015 às 19:23

Seis caixas de comentários mais acima você escreve isto, em manifesta contradição com o que escreve agora: "eles não são terroristas, são elementos de um exército não regular."
Essa cabeça anda mesmo baralhada.
Sem imagem de perfil

De William Wallace a 14.11.2015 às 20:28

Eu não ando baralhado mas lá que o Pedro Correia bem baralha como quer, já poucos terão duvidas.

Quem ler o que escrevi acima não vê nenhuma incongruência, só o Pedro Correia.

O que digo e para que fique claro é que o que aconteceu em França não são ataques terroristas, é GUERRA e como tal tem de se agir em conformidade.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 14.11.2015 às 21:20

Ah, então está de acordo com o primeiro-ministro francês, um político que muito admiro:
http://www.liberation.fr/france/2015/11/14/manuel-valls-nous-sommes-en-guerre_1413503
Sem imagem de perfil

De William Wallace a 14.11.2015 às 22:18

Estou de acordo quanto ao estado de guerra mas não á forma que nos vão tentar impingir para a vencer que se for igual ás anteriores só vai piorar a situação.

Quanto á sua admiração pelo politico em causa é um problema não só seu mas sobretudo dos franceses.


Sem imagem de perfil

De William Wallace a 15.11.2015 às 10:14

Sondagens !'?

E de 25 de Janeiro de 2015, você e muitos mais não estão definitivamente no mesmo comprimento de onda da maioria para desespero e sofrimento dessa mesma maioria.

Lá diz o ditado que fracos líderes (na acepção moral do termo sobretudo) fazem fraca a forte gente.

Imagem de perfil

De cristof a 14.11.2015 às 19:24

Esta vez é a guerra? então e as armas pesadas do Daesh - quase todas francesas? então e a invasão de vários países islamicos, com argumentos por vezes falsos pelas tropas de paises ocidentais, foi um espectaculo de fogo de artificio?
Talvez admire que ainda milhoes de irquianos, sirios libios ainda consigam distinguir entre o holandinho, bush, blair...e nós cidadãos comuns; mas se insistirmos muito nesta politica de semear ventos , talvez colhamos mais tempestades do que merecemos.E como lá já acontece há anos, quem vai sofrer somos nós os mexilhões.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 14.11.2015 às 19:29

Com esta obsessão de encontrar responsáveis em todo o lado, menos em quem matou, ainda chegamos à conclusão de que a culpa foi das vítimas.
Sem imagem de perfil

De William Wallace a 14.11.2015 às 22:24

Tem toda a razão !

Mais se seguirá, em breve abdicaremos de bom grado (a favor dos nossos lideres e suas seitas) das poucas liberdades que nos restam.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 15.11.2015 às 23:39

Nem uma palavrinha de condenação da barbárie?
Sem imagem de perfil

De William Wallace a 16.11.2015 às 13:05

Palavras leva-as o vento, já as acções que se impõe tomar permanecem.

" Ceder é perder. Formula-se uma política e há que executá-la rapidamente. Só é possível ceder a ter flexibilidade depois da política estar vitoriosa. Antes disso, é perder por completo. "
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.11.2015 às 14:17

Umas palavras são levadas pelo vento, sim. Mas outras são inscritas em pedra.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D