Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Penso rápido (93)

por Pedro Correia, em 14.07.19

A China comunista, que prometia o "homem novo", nada mais tem a oferecer - 70 anos depois da implantação do regime de partido único - do que os mil pecados do homem velho, ampliados pela extensão do território e pela enorme dimensão populacional.

Racismo, xenofobia, intolerância e força bruta. Tudo velho como o mundo.


6 comentários

Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 14.07.2019 às 15:01

O racismo chinês confunde-se com a sua história ( o Império do Meio, como era conhecida a China,mais o seu isolacionismo histórico). Contudo o fechamento chinês foi bom para o Ocidente, caso contrário, no séc. XIII-XIV, a Europa e a África tinham caído nas suas mãos.

Por outro lado o comunismo chinês tem destruido totalmente a cultura popular chinesa (a sua filosofia de fluxo com o mundo natural, e o tempo).
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 14.07.2019 às 22:06

Pergunta:

Em nome da Segurança ( ex: terrorismo internacional), da Economia (ex: Mercados) poderá a Democracia, como a conhecemos, estar ameaçada?

Pergunto:

Saberá a juventude o valor da Liberdade, associada à Privacidade? (Ex: com estas politicas de cookies, e o diabo a quatro).


Pergunto:

Desviar-se-á o foco da Politica ("todos são iguais") para o Ambiente, para áreas ideologicamante neutras? - delegaremos as nossas decisões no Directório dos Especialistas?

Voltaremos às preocupações imediatas, de sobrevivência, desligados do Poder, por falta de tempo (aumento da alienação, do escapismo, previligiando uma realidade virtual - inovações tecnológicas nesta área da informática(Google, Facebook, Amazon) - como compensação de uma realidade frustrante. Na realidade, do dia, um empregadeco, para à noite, diante do monitor, sermos donos de uma Sin City?

Será Matrix um vislumbre do futuro?

https://www.google.com/amp/s/techcrunch.com/2019/02/13/facebook-mulled-multi-billion-dollar-acquisition-of-unity-book-claims/amp/



Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.07.2019 às 20:46

São restos de vícios burgueses num país cercado pelo imperialismo.Também houve erros do Partido mas a crítica e a autocrítica tudo superarão.Mas grandes progressos se esperam do povo unido em torno da linha do Comité Central e agora com a vigilância electrónica depressa derrotarão a burguesia e suas taras.
O oriente é vermelho.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 14.07.2019 às 21:20

Ora viva, Durão Barroso.
Como está a paisagem aí, em 1975?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.07.2019 às 21:34

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D