Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Delito de Opinião

Pensamento da semana

Cristina Torrão, 14.04.24

Traduzido do alemão:

«Em Novembro de 2023, o Supremo Tribunal [deste país] classificou o Movimento Internacional LGBT de extremista. Já quase ninguém se atreve a assumir publicamente ser gay ou lésbica. Entretanto, a Polícia apontou o seu foco a festas particulares de pessoas LGBT. Em fins de Fevereiro, foram controlados, em diferentes regiões do país, vários destes eventos. As acções decorreram todas de maneira semelhante: de repente, agentes mascarados invadem o local da festa, convidados e empregados são obrigados a deitarem-se no chão, sobre a barriga, algumas pessoas são presas».

Podemos pensar tratar-se de um anúncio de um filme encomendado para a campanha eleitoral de Donald Trump. Mas não, é realidade. No decorrer do artigo, diz-se ainda que os agentes, muitas vezes, agridem as pessoas, as obrigam a estar até quatro horas deitadas sobre o chão frio, ou as humilham com perguntas do género: “mostra lá, então, se és menino ou menina”.

Ao ler estas linhas, muita gente pensará: “Num país desses é que eu gostaria de viver. Bom para as famílias, bom para as crianças, bom para as pessoas de bem. Palmas para o Presidente desse país, que os tem no sítio."

Se eu disser que se trata da Rússia e de Putin, quantos mudam de ideias?

 

Este pensamento acompanhou o DELITO DE OPINIÃO durante toda a semana

65 comentários

Comentar post

Pág. 1/2