Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Delito de Opinião

Pensamento da semana

Pedro Correia, 19.09.21

20201222_100647.jpg

 

Alice nas Cidades, fascinante película de Wim Wenders estreada em 1974, inclui uma cena no alto do Empire State Building. Alice, a miúda mencionada no título, espreita Nova Iorque por uma lente de longo alcance. Recortando-se na linha do horizonte, as malogradas Torres Gémeas.

Basta esta cena para inserir o filme num patamar histórico: remete-nos para um mundo que já não existe. Wenders parece tê-lo rodado com esta premonição - tanto assim que optou pelo preto-e-branco, à época já anacrónico. Alice nas Cidades pertence ao século XX, que terminou a 11 de Setembro de 2001. E no entanto existe ali algo do nosso tempo: a errância, o desenraizamento, a desagregação dos núcleos familiares. Uma certa solidão existencial ditada pela fragilidade dos impérios e das ideologias. Revemos aqueles edifícios construídos para assaltar os céus, domínio dos deuses: vieram abaixo num par de horas. Como eles, tantas certezas inabaláveis cederam lugar à dúvida. 

O essencial permanece invisível ao nosso olhar. Não há binóculo que o desvende.

 

Este pensamento acompanhou o DELITO durante toda a semana.

48 comentários

Comentar post

Pág. 1/2