Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Pensamento da semana

por Rui Rocha, em 18.10.20

Como se não bastasse o flagelo das canções de Natal em Setembro e das iluminações de Natal em Outubro, temos agora, com dois meses e meio de antecedência, as recomendações de Natal de Sua Excelência o Senhor Presidente da República.

 

Este pensamento acompanhou o DELITO durante toda a semana


12 comentários

Sem imagem de perfil

De V. a 12.10.2020 às 01:55

Grotesco.

Esta loucura do estado-enfermeiro está a passar das marcas.

Há dias estava um médico a ensinar a pôr a máscara. Amanhã é como lavar os dentes. Depois como evitar as comidas com mais calorias. E assunto, é com dois S ou com um C de cedilha?

Mas há pachorra para esta merda??

Qualquer dia é como lavar o cu — com um desdobrável com bonecos. Gratuito. Pago com o dinheiro dos nórdicos feito pelo designer que é primo do presidente da câmara. Foi ajuste directo porque era urgente.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.10.2020 às 09:39

Na mouche!
Perfil Facebook

De Marques Aarão a 12.10.2020 às 08:37

Sua Excelência PR ou bobo da corte?
Sem imagem de perfil

De Carlos Sousa a 12.10.2020 às 10:33

No Natal costumo comer bacalhau com todos, mas o Sr presidente tem razão, assim é uma rebaldaria.
Este ano o bacalhau vem só com os grelos, o ovo e as batatas vêm num prato à parte.
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 12.10.2020 às 12:30

"Então nós íamos mascarados para o Natal?"

"Já tenho um esquema para ir à consoada"

"Há baixíssima probabilidade de vírus vir passar o Natal em Portugal. A OMS está a exagerar um bocadinho."

"Na consoada não é necessário distanciamento porque as pessoas só olham para o prato."

"Que cada um de nós recorra à despensa de um amigo. Não açambarquem o bacalhau."

“Até agora não faltou nada na mesa a 24 e não é previsível que venha a faltar.”

"Existe, de facto, um produto muito eficaz, um produto que mata todos os micro-organismos e, portanto, bactérias e vírus, e que consegue durante um mês essa mesma segurança. Há uma película que é formada em torno das superfícies onde ele for aplicado. Chama-se bagaço"

"Não é patriótico acompanhar o cabrito assado com água"

Perfil Facebook

De Antonio Maria Lamas a 12.10.2020 às 15:07

E ainda o "Música no Coração" e o Sózinho em Casa"
Este último deve ter influenciado decisivamente o senhor Presidente.
Perfil Facebook

De Manuel Sousa a 12.10.2020 às 21:05

Todos à consoada de Belém. Com distanciamento social. Boas festas e Próspero Ano Novo ? Perguntar não ofende. Dom Clemente, vai dizer que é um desafio à união e ao amor ao próximo...
Perfil Facebook

De Manuel Sousa a 12.10.2020 às 21:11

Recitativo para a lusa autoestima: Portugal, lindo «jardim de flores à beira-mar plantado», «brinquinho que a Europa traz na orealha...», rectângulo lusíada de «nobre povo, nação valente e imortal...», este pequeno mas grande país, pela sua posição topográfica - de costas voltadas para a Europa - viu-se irremediavelmente forçado, desde o seu nascimento há oito séculos. a olhar. noite e dia, o espaço infinito do Oceano Atlântico (Alegoria da Caverna de Platão?...) em cujas águas convulsivas de perigos, o céu azul reflete a mulforme fisionomia da sua beleza e cuja atracção irresistível encheu de acontecimentos sublimes as mais belas páginas da sua história. Oh! Portugal de Abril, dos cravos, de Fátima, do fado e da saudade!...
Sem imagem de perfil

De V. a 13.10.2020 às 00:47

Portugal de Abril?? credo. É só barracas e está tudo queimado — quais céu azul e multiforme beleza
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.10.2020 às 10:32

... mas, mesmo assim, ainda se pode comer rabanadas? e aletria?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 14.10.2020 às 10:28

Ainda pode comer a Letria. Se a Letria deixar.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.10.2020 às 15:57

Esperar coerência em política, é incoerente. Se, por exemplo, a "não promologação de mandatos de nomeados" fosse para instituir, sempre, futuramente, os deputados da presente AR não apareceriam re-noemados para as listas de candidatos, re-nomeados pelos partidos, para as próximas eleições a legislativas. Incoerência.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D