Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Pensamento da semana

por Bandeira, em 03.02.19

 

Nas cada vez maiores secções de livros de “auto-ajuda” deveria ser obrigatório o aviso dantesco: “Abandone toda a esperança aquele que aqui entrar”.

 

Este pensamento acompanhou o DELITO durante toda a semana

Autoria e outros dados (tags, etc)


31 comentários

Sem imagem de perfil

De Bea a 28.01.2019 às 09:06

Não sei o que se procura nesses livros. A conselho de uma colega comprei uma vez um. Não só me chateou imenso lê-lo como discordei de vários conteúdos e não entendi tais propósitos. Mas pronto, não há como conhecer.
Imagem de perfil

De Bandeira a 31.01.2019 às 18:57

Há sempre um ou uma colega mortinhos por nos salvar. :-)
Imagem de perfil

De Bandeira a 31.01.2019 às 19:09

"mortinho" (que o tema seja má literatura não implica falta de cuidado nas concordâncias de número;-)
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 28.01.2019 às 09:18

Penso que a auto-ajuda se refere à ajuda que esses livros dão a quem os escreve, sucedendo o mesmo com aqueles cujo titulo é "A Crise como Oportunidade", ou coisa parecida.
Imagem de perfil

De Bandeira a 31.01.2019 às 19:02

Estou a lembrar-me de um autor que se fez fotografar "escrevendo" o seu livro de auto-ajuda no cimo de um penhasco, com vista para o mar e à hora dourada, usando um portátil (provavelmente sem bateria) sob ventos de 60 Kms/hora. O jovem teria uns trinta e poucos anos e não lhe fixei o nome, mas sei que é famoso e amiúde lança bitaites sobre a vida em geral e os seus casos particulares, sempre de forma profundamente ligeira. A súmula da filosofia da coisa era, se bem me lembro, "ama-te". Bom conselho para assassinos em série e outros tipos sem remédio.
Imagem de perfil

De Bandeira a 01.02.2019 às 23:59

Ui, é este mesmo. Bonito conjunto pijama/roupão (vi sem som, para tudo há limites:-)
Perfil Facebook

De Rão Arques a 28.01.2019 às 10:09

Mas volte sempre para não duvidar que ainda está vivo.
Imagem de perfil

De Bandeira a 31.01.2019 às 19:03

Não se pode ser suicida toda a vida :-)
Sem imagem de perfil

De atitopoteu a 01.02.2019 às 23:23

daquilo que recordo da catequese acho que o suicídio é até um pecado mortal:-))
Imagem de perfil

De jpt a 28.01.2019 às 11:33

Não conheço os livros (mas ainda lerei o Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas do ícone Dale Carnegie) mas acho a frase magnífica
Imagem de perfil

De Sarin a 28.01.2019 às 16:05

Fazer amigos? Umas cervejas e uns tremoços costumam resultar.

Mantê-los já requer ementas que nem nos livros de Pantagruel se encontram, duvido que constem em livros de auto-ajuda. Não conheço esse de que fala, mas também só li um, de ioga aprenda-você-mesmo - e a julgar pelo que li acho a auto-ajuda muito inflexível.
Imagem de perfil

De jpt a 28.01.2019 às 20:58

Não conhece este? Deve ser o primeiro de todos, o mais célebre. Estava nas casas dos meus avós, coisa vinda de outros tempos. Estes de agora não lhe devem chegar aos calcanhares https://en.wikipedia.org/wiki/How_to_Win_Friends_and_Influence_People
Imagem de perfil

De Sarin a 28.01.2019 às 21:13

1936? Será um livro adequado a ser lido e, mais importante, passível de ser devidamente interpretado pelo sexo frágil?

Desculpe, a vetusta idade de tal livro deveria recomendá-lo - mas depois de ler "Dramatize suas idéias. Neste mundo acelerado, simplesmente afirmar uma verdade não é suficiente. A verdade deve ser vivida, interessante e dramática. A televisão vem fazendo isso há anos. Às vezes as ideias não são suficientes e devemos dramatizá-las." e sabendo-se que apenas em 1941 a televisão começou a ser emitida nos EUA, desconfio que da versão original já pouco restará.

Talvez seja melhor o jpt ler a edição velhinha dos seus avós...
"baixe o som à grafonola e aprecie o som do carro do leiteiro seguido pelo miar dos gatos" pelo menos sempre soará a verosímil. Depois partilhe as impressões de leitura, que muito agradeceremos.
Imagem de perfil

De jpt a 28.01.2019 às 22:08

hei-de o fazer O homem e o Spock da educação marcaram uma época
Imagem de perfil

De Sarin a 28.01.2019 às 22:13

Não se esqueça do Kinsey - a menos que seja desse Spock que fala.
Imagem de perfil

De Bandeira a 31.01.2019 às 19:03

Ah, um clássico, esse. Eu li. Tudo o mais que se lhe seguiu é fava requentada.
Imagem de perfil

De Sarin a 28.01.2019 às 16:11

Depois de olhar tais secções, sou forçada a discordar: há livros que ajudam a ficar alegre e livros que ajudam a refrear a alegria, há os que aconselham maturidade e os que nos mandam estar sempre jovens, os que dizem que ficamos bem se decorarmos a casa usando feng shui e os que nos prometem transcendência se nos dedicarmos à aromaterapia...

... a única esperança que se abandona será, provavelmente, a de conseguir descobrir exactamente qual a ajuda de que se precisa.
Imagem de perfil

De Bandeira a 31.01.2019 às 19:06

Tenho para mim que toda a boa literatura é de auto-ajuda porque nos faz melhores e mais sábios. Os livros de auto-ajuda não são boa literatura (nem sequer má, mas enfim) :-)
Imagem de perfil

De Sarin a 31.01.2019 às 21:40

Serão de auto-ajuda para quem, lendo-a, à boa literatura, a consiga ler. Por aí não falta quem lhe leia as palavras escritas e, depois, "prontes".


Gosto particularmente daqueles escrevedores que usam imensas palavras positivas na contracapa; mas nunca me animo a abrir um livro, receio sempre que se lhes tenha esgotado o léxico.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 28.01.2019 às 16:24

Se há expressão que me irrita, desde logo, é esta: "auto-ajuda". Soa-me sempre a um macaco para mudar o pneu do automóvel.
Imagem de perfil

De Sarin a 28.01.2019 às 22:19

Ora aí está um livro que não é fácil encontrar, "como mudar o pneu quando as porcas estão enferrujados, os seus sapatos têm saltos de 10cm e a única gordura que tem por perto está alojada onde não sai"
Sem imagem de perfil

De André Miguel a 29.01.2019 às 13:07

Delicioso este comentário! Ri com gosto.
Realmente não se compreende. Mas então se alguém escreve um livro para nos ajudar, então toda a literatura (pelo menos os grandes autores) devia estar nesta secção. Ou estou a ver mal a coisa? É que a ajuda que os livros dessa secção proporcionam é apenas às finanças dos seus autores.
Imagem de perfil

De Bandeira a 31.01.2019 às 19:07

Hahaha :-) tiraste-me a piada da boca.
Sem imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 30.01.2019 às 12:18

Banha da cobra... cura tudo, ajuda a sarar todas as maleitas.
Conheço quem tenha frequentado seminários. Oito abracinhos por dia, não custa nada! " não acha que estou mudado" ... que vontade de dizer que não, que os leopardos não mudam de pintas... para quê desmoralizar estes iurdistas da auto ajuda? A realidade da vida encarregar-se-á de repor a verdade dos factos.
Livros? Isso lá são livros !
Imagem de perfil

De Bandeira a 31.01.2019 às 19:08

O que assusta é que aqueles depósitos de papel com tinta são cada vez maiores :-/
Sem imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 31.01.2019 às 19:38

E a privação de oxigênio resultante do abate de árvores para toda aquela pasta de papel inútil.
Sem imagem de perfil

De Vento a 02.02.2019 às 12:32

Se servir de auto-ajuda, aqui fica: A história é um campo de batalha coberto por folhas mortas.
Ressuscitemos! Só temos o presente e a eternidade.
Creio que precisamos de "ervas" para purgar a nossa história. Até lá continuaremos infelizes e em busca de um tempo morto. Para quê, se o que nos sobra e importa é a vida?

https://www.youtube.com/watch?v=uRArZbtZqYM
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.02.2019 às 17:55

«Livros de Auto-Ajuda» :
Parece-me que todo o livro que se escreve com sentimento verdadeiro, de impulso, é de auto-ajuda para os outros. Claro que, depois, também depende do poder de assimilação e sensibilidade de quem o lê.

Encontrei, por exemplo, uma pluralidade de auto-ajudas, num livro que me vi grego para encontrar na feira do livro última - "Delito de Opinião", mas nas minhas férias valeu todo o esforço…!
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 02.02.2019 às 18:28

Porque é que o autor e os outros comentadores não aceitam que possam funcionar para outros pessoas?

Não somos todos iguais.

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D