Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Parabéns, João Barbosa

por Sérgio de Almeida Correia, em 27.01.14

"Joao Barbosa claims Daytona 24-hour victory for Action Express"

Este foi o título do The Guardian desta manhã. E como em Inglaterra, em muitos outros jornais espalhados pelo mundo, e não apenas nos desportivos, o nosso João Barbosa fez o pleno. O piloto português, fazendo equipa com o francês Sébastien Bourdais e o brasileiro Christian Fittipaldi, traz pela terceira vez para Portugal, segunda consecutiva, a vitória numa das mais importantes provas de resistência do automobilismo mundial. É um resultado histórico para as cores portuguesas e a confirmação de que Portugal não vive só de "ronaldos" e "eusébios".

Não sei se lhe vão atribuir alguma comenda, nem sei se estas estão reservadas para futebolistas, empresários e políticos, mas com ela ou sem ela, e penso que nesse ponto não estarei a exorbitar as minhas competências e poderei falar em nome do Delito de Opinão, deixo aqui registado mais este êxito do automobilismo nacional e em nome dos autores deste blogue envio um forte abraço ao João Barbosa e à equipa que com as cores nacionais venceu as 24 horas de Daytona. Obrigado, João, por mostrares a todo o mundo a raça de que são feitos os pilotos nacionais.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De da Maia a 27.01.2014 às 11:11

E é preciso ler-se isso lá fora, ou os jornais portugueses vão ainda lembrar-se que por natureza são esquecidos?
Vá lá, ponham lá na play-list da Lusa... ou será que o João Barbosa está na secção do lápis azul?
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 27.01.2014 às 13:26

É mais o desporto automóvel que está na secção do lapís azul.
Sem imagem de perfil

De JS a 27.01.2014 às 17:12

Por vezes o auto-assumído lápis azul tem um travo a subserviência, em prejuízo do "projecto editorial" de informar, e não é só no desporto automóvel.

Sobre a tal "vitória com 88%, de Passos Coelho" o que realmente aconteceu?.
Só isto. Estão consumadas, terminadas, as eleições para o próximo PM deste País.
O resto será esbanjar tempo e dinheiro. Triste folklore, dito democracia.

Um dos, potencialmente, próximo PM de Portugal, todo o Portugal, re-eleito por mero núcleo de 15.000 eleitores, todos com interesses afins e muito restritos. Os outros milhões de directamente interesssados ... não têm voto na matéria.

A outra alternativa para PM, viría, virá(?), de outro (bastante) partido, apoiado (sómente) por outros 24.000 acólitos.

Se acrescentar-mos que constitucionalmente o poder Executivo em Portugal escolhe e controla o poder Legislativo, e tem uma palavra a dizer no Judicial.
Só restava tirar da gaveta o lápis azul.
...
Notável excepção o texto de A. Teixeira no blog "Herdeiro de Aécio".
Parabéns, com todas as devídas vénias, A. Teixeira.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D