Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Para que a terra não esqueça

por Rui Rocha, em 26.03.18

Em Agosto de 2016, em Pedrógão Grande, depois de um incêndio de grandes proporções, Marcelo Rebelo de Sousa afirmava: "Eu próprio acompanharei muito de perto para ter a certeza de que no pino do Inverno ninguém se esquece do que aconteceu no Verão". Apesar desta promessa, em Junho de 2017, Pedrógão Grande chorava a morte de dezenas de pessoas num incêndio trágico. Logo de seguida, em Outubro, e com todos os avisos e alertas, o Estado foi incapaz de proteger mais algumas dezenas de portugueses que encontraram a morte noutros incêndios. Marcelo, pelo meio, desancou António Costa quando este adoptou um comportamento miserável (dirão os mais cépticos que o fez apenas porque intuiu que a desgraça podia afectar a sua própria imagem) e desdobrou-se em manifestações públicas de afecto, mensagens e sublinhados. Entretanto, a acção do Presidente nesta matéria confluiu com a do governo durante o último fim-de-semana, numa operação mediática de sensibilização ou, dirão outros, de propaganda. Agora que os fogos do próximo Verão são ainda uma ameaça que parece longínqua, é importante afirmar isto: em matéria de incêndios, não é só o governo que esgotou o seu crédito; a credibilidade política de Marcelo nesta matéria também chegou ao seu limite.

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.03.2018 às 15:44

Há aqui qualquer coisa de estranho. Como é que pode ter havido um incêndio de grandes proporções em Pedrógão Grande em agosto de 2016 e outro incêndio, igualmente de grandes proporções, igualmente em Pedrógão Grande, em junho de 2017? É que no intervalo de oito meses entre agosto de 2016 e junho de 2017 a vegetação não tem tempo suficiente para voltar a crescer... O autor do post tem a certeza de que não se enganou na data ou no local do primeiro incêndio?
(Note-se que "em Pedrógão Grande" quer na verdade dizer "no concelho de Pedrógão Grande". Terão ambos os incêndios sido em locais diferentes do mesmo concelho?)
Sem imagem de perfil

De Não ameniza a coisa, mas... a 26.03.2018 às 17:45

... na reportagem, de 2016, falava-se em S. Pedro do Sul e não de Pedrógão.

Dito isto, eu, por mim (e não só por isto), não reconheço credibilidade nenhuma nem a Marcelos, nem a Costas, nem a Coelhos, nem a Cristas, nem a ninguém dessa "gente" que se diz gerir a coisa pública... São demasiados intervenientes, de quadrantes políticos distintos, todos com a mesma "léria" cá para fora enquanto desfazem o país e se vão abotoando a si mesmos por dentro.

Não me recordo quem escreveu, mas cantava o saudoso Pete Seeger:

(...) What did you learn in school today
Dear little boy of mine?
What did you learn in school today
Dear little boy of mine?

I learned our country must be strong
It's always right and never wrong
𝐎𝐮𝐫 𝐥𝐞𝐚𝐝𝐞𝐫𝐬 𝐚𝐫𝐞 𝐭𝐡𝐞 𝐟𝐢𝐧𝐞𝐬𝐭 𝐦𝐞𝐧
𝐀𝐧𝐝 𝐰𝐞 𝐞𝐥𝐞𝐜𝐭 𝐭𝐡𝐞𝐦 𝐚𝐠𝐚𝐢𝐧 𝐚𝐧𝐝 𝐚𝐠𝐚𝐢𝐧

And that's what I learned in school today
That's what I learned in school (...)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D