Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Outro livro fora do mercado

por Pedro Correia, em 31.08.19

13633026[1].jpg

 

Há pouco mais de um mês fiz um apelo público - aliás motivado por um inquérito sobre leituras de Verão promovido pelo Sapo, em que participei - à aquisição do romance Trabalhos e Paixões de Benito Prada, de Fernando Assis Pacheco. Logo vários leitores, com inegável simpatia, me deram boas pistas para chegar ao livro, o que muito lhes agradeço. Li-o num instante e, como já esperava, é um romance que recomendo sem a menor dúvida - considero-o um dos melhores que se publicaram em Portugal nas últimas décadas do século XX. Julgo que terá sido editado inicialmente pela Asa, depois passou a integrar o catálogo da Assírio & Alvim. Estranhamente, encontra-se ausente das livrarias: nem na recente Feira do Livro de Lisboa consegui vislumbrá-lo.

Agora faço outro apelo, desta vez para encontrar outro romance que se encontra igualmente fora do mercado: Milagre Segundo Salomé, de José Rodrigues Miguéis. Dizem-me na Bertrand que não dispõem sequer de um exemplar em fundo de armazém. Desde a declaração de insolvência da Editorial Estampa, em 2017, as obras deste escritor - um dos maiores prosadores portugueses do século XX - deixaram de estar disponíveis ao público fora das bibliotecas. Ao que me garantem, por supostas desavenças entre os seus herdeiros, algo infelizmente bastante mais comum do que muitos imaginam.

É um delito de lesa-cultura. E eis-me agora, por via disso, à procura dos dois volumes deste Milagre Segundo Salomé. Quem souber fornecer-me alguma pista, será bem-vinda. E declaro-me muito grato desde já.


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 31.08.2019 às 11:13

Uma superficial investigação leva-me a crer que o problema está em encontrar o segundo volume, indisponível nas plataformas habituais de venda de livros.

No Custo Justo, onde já fiz excelentes compras e, ainda assim, recomendo sempre cautela, estão abertos três anúncios de venda dos livros de José Rodrigues Miguéis. Só um dos anunciantes, tem os dois volumes, numa edição de 1974.

https://www.custojusto.pt/lisboa/livros/obras-de-jose-rodrigues-migueis--27585281

Isabel

Imagem de perfil

De Pedro Correia a 04.09.2019 às 10:55

Obrigado pela sua achega, Isabel. Vou indagar.
Perfil Facebook

De Manuel Sousa a 04.09.2019 às 10:37

Um dos meus autores portugueses favoritos, no sec XX.
Em muitos sentidos, o meu Eça, do sec passado
De há 30 anos para cá, fui comprando.

Páscoa feliz (Novela), 1932;
Onde a noite se acaba (Contos e Novelas), 1946
Uma aventura inquietante (Romance), 1958
Léah e outras histórias (Contos e Novelas), 1958 ***** (óptimo)
Um homem sorri à morte com meia cara (Narrativa), 1959
A escola do paraíso (Romance), 1960 ***** (óptimo)
Gente da terceira classe (Contos e Novelas), 1962
É proibido apontar. Reflexões de um burguês - I (Crónicas), 1964
Nikalai! Nikalai! (Romance), 1971
O espelho poliédrico (Crónicas), 1972
As harmonias do "Canelão". Reflexões de um burguês - II (Crónicas), 1974
O milagre segundo Salomé, 2 vols. (Romance), 1975
O pão não cai do céu (Romance), 1981 *****
Passos confusos (Contos), 1982
Idealista no mundo real, 1991 ***** (óptimo, diz-me muito como dirigente MJ e ex advogado. Aconselho vivamente a sua leitura...)

Marquei com ***** os mais gostosos.
Curioso de ler este
Aforismos & desaforismos de Aparício, 1996
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 04.09.2019 às 10:54

Obrigado pelo seu contributo. Sou há muito admirador do Rodrigues Miguéis, que me habituei a ler ainda em miúdo, numa secção de apontamentos que ele mantinha, a partir de Nova Iorque, para o 'Diário Popular'.
Julgo que serão esses textos que estão reunidos em 'Aforismos & Desaforismos'.

'Léah e Outras Histórias' é, para mim, um dos melhores livros de contos desde sempre publicados em Portugal.

Sobre 'A Escola do Paraíso' escrevi aqui muito recentemente:
https://delitodeopiniao.blogs.sapo.pt/grandes-romances-27-10989300

Perfil Facebook

De Manuel Sousa a 04.09.2019 às 15:24

Aforismos de Aparício, estão contidos em "o espelho poliédrico" (editorial estampa), que agora folheio.

Fica o reporte.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D