Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Delito de Opinião

Os influenciadores negros

jpt, 06.12.22

sopa.jpg

Dia enevoado, algo frio, "não gosto de segundas-feiras" trauteávamos em jovens... Na manhã, já longa, via Zoom ouço gente que aprecio falando, distantes milhares de kms deste aquém-Tejo, de António Quadros (dito Grabato Dias)

Nesse entretanto custa-me ler, pouco capaz de verdadeiras atenções simultâneas. Faço a lida caseira. Após a qual deixo-me, distraidamente, percorrer em diagonal o meu feedly e, depois, o meu FB. A este rolo abaixo, lesto, e encontro partilhas, algumas até ufanas, de notícias sobre uma eleição: uma organização que leva de nome "Homensbantos" (em inglês) escolheu os 100 Negros Mais Influenciadores na Lusofonia... 

Ocorre-me comentar o tema. Mas estou com fome (e frio). Vou acender a salamandra. Saio a apanhar uma couve e colho também três bagas de pimenta. Decido-me a avançar para uma sopa, descuidada de apressada esfomeada, nisso uma "sopa de tudo" por assim dizer. Faço um estrugido, redundante será explicitar que de cebola, o qual será orlado por alho em excesso - três cabeças ainda não chochas - duas das bagas sem as suas sementes, e visitado por uma curgete, uma pequena batata e uma cenoura. Finalmente uma lata de feijão preto, aquela que estava mais à mão. Junto-lhe a água e, apressado, duas grandes folhas de couve picadas e um punhado de sal grosso, este acompanhado pelo obrigatório esconjuro "um dia destes ainda rebento", e deixo cozer durante um lento Amber Leaf. Moo tudo aquilo, junto-lhe mais duas folhas de couve picadas e deixo o lume fazer das suas enquanto reflicto sobre as diferentes necessidades do meio-campo da selecção se frente à França ou à Inglaterra... Encontrada a solução para o acesso à final, sirvo-me com abundância e convoco a companhia de uma Argus, a cerveja do prestigiado Lidl, algo adocicada em demasia mas que escorre quando bem fresca. Almoço, num murmúrio "isto está desenxabido"...

Logo sigo aziado, "a sopa a escaldar, a cerveja muito fria" concluo, científico. E lembro-me, ao lavar a loiça, que ia comentar algo, uma cena até pungente de "orgulho", "visibilidade", qualquer coisa assim. Enrolo outro Amber Leaf... e concluo "raisparta, não tenho Rennie em casa".

3 comentários

Comentar post