Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O último a rir.

por Luís Menezes Leitão, em 19.06.15

 

Em oito meses, o PS de Costa é apanhado pela coligação.


27 comentários

Sem imagem de perfil

De Vento a 19.06.2015 às 12:46

O estudo é claro e não indica a interpretação que muitos estão a dar ao acontecimento.

Mas concordo, Seguro está a rir. Eu disse-lhe muitas vezes que Seguro surpreenderia pela positiva. Mas Costa vai ganhar, e este estudo não indica qualquer vitória do PSD/CDS.
Sem imagem de perfil

De Espelho a 19.06.2015 às 14:33

Avençados como tu é que ficam sempre a perder com as ridículas figuras que invariavelmente fazem.
Sem imagem de perfil

De Vento a 19.06.2015 às 15:15

Eu logo vi, pequerrucho, que te estás a ver ao espelho. Os poios ainda vão dando para alguma coisa. E até te dão para a literatura. Beijinhos, calhau.
Sem imagem de perfil

De Espelho a 19.06.2015 às 16:18

Pequerruchos é do que gostam no teu partido. Nem nisso enganas.
Sem imagem de perfil

De Vento a 19.06.2015 às 17:06

Tu é que entendes disso, pequerrucho. Nestas matérias pareces um especialista. Cada um fala do que conhece.
Sem imagem de perfil

De Espelho a 19.06.2015 às 18:19

Embrulha.

https://www.youtube.com/watch?v=y9yIDxJ2fE4

Adoraste.
Sem imagem de perfil

De Vento a 20.06.2015 às 13:22

Ó pequerruchinho, os netinhos já te levaram a passear? Já tomaste a vacina?

Tan lindinho que és. Não te vás. Sem a tua presença a minha vida não tem sentido.
Sem imagem de perfil

De miguel a 19.06.2015 às 15:17

Seguro continuará a ser incensado por todos os que nunca votaram, nem nunca votarão PS.

Ele era mesmo bom, só foi corrido com os votos (sim, os votos!!!!) dos participantes no processo que ele próprio inventou.

E sim ele pode rir-se, pode chorar e até pode coçar as costas onde apenas encontra gelatina. O que não pode é ser primeiro ministro.

Para todos os que detestam o PS, talvez tenham sorte e ele um dia volte. Acredito que tenham saudades dos anos em que ele liderou o PS...pudera!

Quer isto dizer que Costa é muito bom? Que vai ganhar eleições? Que é capaz de alinhar 3 pensamentos concretos que mobilizem as pessoas?
Longe disso... é fraco.
Sempre foi e só quem não acompanhava as suas "contribuições" publicas é que não sabia.
Ainda assim, é um lider do PS que não me envergonha, que não se "abstem violentamente" e que não tem aquele ar de fuinha com hemorroidas e pensamentos a combinar.
Só por isso valeu a pena eu ter levantado o rabo e ido lá votar no Costa como simpatizante.
Vivo tranquilo com a possibilidade de derrota do Costa, doia-me a alma cada vez que via o Seguro.

Dito isto, podem todos os opositores do PS continuar a elogiar o Seguro e a desejar o seu regresso... Talvez tenham sorte outra vez, mas já não vai ser para estas eleições. Sorry.

miguel
Sem imagem de perfil

De Vai-te alegrando a 19.06.2015 às 16:20

Entretanto, o Costa desbaratou a vantagem que Seguro tinha nas sondagens. Alegra-te, que vai tudo bem-
Sem imagem de perfil

De Vento a 20.06.2015 às 13:41

Está a atribuir o valor às ditas sondagens que elas não têm.

Vamos lá ver:
"Uma sondagem da Universidade Católica, para o Diário de Notícias e Jornal de Notícias, dá 38 pontos percentuais para a coligação do atual Governo e 37 ao Partido Socialista. Na verdade, trata-se de um empate técnico, mas com vantagem, pela primeira vez, para os partidos de Passos Coelho e Paulo Portas".

O empate técnico que falam e a dita vantagem refere-se ao horizonte da pesquisa. Mas não nos diz tudo.

Repare agora:
"No entanto, como explicou, ao DN, João António, responsável pelo Centro de Estudos e Sondagens de Opinião (Cesop) da U. Católica, que realizou o estudo, esta sondagem não prevê uma vitória da coligação, ou do PS, nas eleições. Como a margem entre os dois partidos (1%) é menor que a margem de erro da sondagem (3%), não é possível prever uma vitória mesmo se as eleições fossem hoje.

Ainda segundo João António, os resultados finais serão ditados pelos 26% de eleitores que nesta fase ainda se mostram “indecisos” sobre em quem votar nas legislativas".

"Mesmo com a subida nas sondagens, a imagem do Governo de Passos Coelho e Paulo Portas continua a ser negativa: 28% dos inquiridos classificou o mandato como “muito mau”, 35% como “mau”, enquanto 29% o classificou como “bom” e apenas 2% como “muito bom”.

Aqui:
http://maiortv.com.pt/coligacao-psdcds-ultrapassa-ps-nas-sondagens/

Nota: Durante a campanha Passos/Sócrates também davam a vitória ao PS, e isto não aconteceu.
Também diziam que o CDS se volatilizaria, e isto também não aconteceu.

Por último:
"Foram obtidos 1048 inquéritos válidos, sendo 55% dos inquiridos do sexo feminino, 31% da região Norte, 24% do Centro, 32% de Lisboa, 6% do Alentejo e 7% do Algarve".

"A taxa de resposta foi de 77%*. A margem de erro máximo associado a uma amostra aleatória de 1048 inquiridos é de 3%, com um nível de confiança de 95%."
Significa isto que, retirando a taxa de resposta, estamos com uma margem de erro muito superior a 3%.

Se fizerem a mesma sondagem e alterarem as percentagens do inquiridos em cada zona o resultado será outro.


Sem imagem de perfil

De Luis Barreiro a 19.06.2015 às 16:21

Este vento é mesmo lacaio do 44, e sem vergonha.
Sem imagem de perfil

De Vento a 19.06.2015 às 17:09

A habilidade pertence-te no reconhecimento de lacaios.
Imagem de perfil

De Sérgio de Almeida Correia a 19.06.2015 às 12:46

E bem apanhado, quer-me parecer, pelo que vi até agora.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 19.06.2015 às 13:06

Aplicar este texto sobre o despedido ex.chefe da Mclaren:

http://sniffpetrol.com/2015/06/08/concern-grows-for-whitmarsh/
Imagem de perfil

De José António Abreu a 19.06.2015 às 14:46

Você é um poço de surpresas, lucklucky. Agora também acompanha a F1...

(Mas calma; no caso da McLaren, a Honda - cujos engenheiros não terão preconceitos ideológicos em aplicar outras soluções técnicas nem estarão cercados por Ferros e Galambas - talvez ainda acerte; Costa, é muito pouco provável...)
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 19.06.2015 às 19:01

:)

De acordo, mas parecem um bocado perdidos, como o Costa...
Imagem de perfil

De José António Abreu a 20.06.2015 às 14:04

Já agora, aproveitando a analogia da F1, acho que muita gente (especialmente à esquerda mas não só) arrisca-se a ter mais semelhanças com a Renault: pressionada pela Red Bull, que não admite a possibilidade de um processo de melhoria poder levar tempo, acabou por cair numa situação pior do que aquela onde estava no ano passado.
Sem imagem de perfil

De Uma coisa é certa: a 19.06.2015 às 13:32

Com Seguro à frente, o PS jamais iria cair na esparrela de apoiar aquele inenarrável candidato à PR sugerido pela brigada do reumático.
Sem imagem de perfil

De Costa é um ZERO a 19.06.2015 às 13:43

«O dr. Costa deu anteontem uma entrevista a este jornal em que, entre chover sobre o molhado e soltar livremente a sua fantasia, resolveu tratar de um problema real: a reforma do Estado. Pondo de lado a crítica sem sentido à coligação, Costa identificou três pontos, dignos do seu particular zelo: o mar, a modernização administrativa e (calculem!) o desenvolvimento e ordenamento regional. Mas, para chegar aos seus fins nestes três pontos cruciais, Costa não inventou melhor do que fabricar três novos ministérios, que permitam “existir um ministro (claro) com a função transversal”, que “articule” e defina as “políticas sectoriais”. Não quero dar um desgosto a este novo salvador da Pátria, só gostava de o informar que desde 1980 que se fala nessa tremenda habilidade; que Sá Carneiro teve um ministério da Reforma Administrativa; e Cavaco um ministério do Mar.»

VPV, Jornal Público
Sem imagem de perfil

De Foi apanhado ou fizeram-lhe a folha? a 19.06.2015 às 14:25

E também é apanhado pelo caso do inefável Sócrates, magistralmente administrado pela Justiça (basta recordar a coincidência de duas decisões judiciais cruciais e mediáticas em plena Convenção e na Apresentação do Programa).
E os próximos episódios irão cair em momentos-chave da campanha eleitoral.
Mas essa parte não convém recordar:
- a quem compara duas situações incomparáveis;
- a quem gere politicamente a Justiça fazendo que tal aconteça;
- a quem beneficia da estratégia.
Que legitimidade tem quem tanto criticou, e com razão, Noronha do Nascimento, Pinto Monteiro e Cândida Almeida e agora se refugia no silêncio?

Sem imagem de perfil

De Espelho a 19.06.2015 às 16:21

E basta reparar que Sócrates fornicou a convenção ao tê-la apagado dos telejornais com mais uma cartinha das de um animal feroz.
Sem imagem de perfil

De Não é uma resposta poucochinha? a 20.06.2015 às 06:48

Isto não é uma resposta poucochinha?
Apenas para marcar o ponto?
Cinja-se aos factos, indesmentíveis, e pronuncie-se, por exemplo, sobre a isenção de uma coisa a que alguns teimam em chamar Justiça, que de cega nada tem.
Sem imagem de perfil

De Ser um ZERO é isto: a 19.06.2015 às 16:38

«Em 2014 António Costa dizia que "não basta ganhar [porque] quem ganha por poucochinho é capaz de poucochinho". Agora, confrontado com a última sondagem que coloca a coligação PSD/CDS à frente dos socialistas, o secretário-geral socialista considera que “o essencial é estar à frente no dia das eleições”.»

(dos media de hoje, 19/06/2014)
Sem imagem de perfil

De 2º classe antiga a 19.06.2015 às 23:10

Costa é um refinado demagogo e mentiroso...

Disse que acaba ( se for 1ª.) com as ditas Consultadorias de Advogados ( não sei o termo correcto), quando o orçamento (dele) da Câmara M.Lisboa , inscreveu uma verba avultadíssima para esse fim!

Faz lembrar a campanha eleitoral d'um candidato brasileiro a prefeito:

--- "Eu vos darei melhores escolas"...
--- Eu vos darei um hospitau!
... Eu vos darei uma ponte...

Um grito da multidão: -- Mas siô candidato, nós não temos rio, não...

... Eu vos darei um rio!
Sem imagem de perfil

De Zé a 20.06.2015 às 13:23

Muito bom ... e que bem espelha o Costa.

A História dir-nos-á se não foi um grande erro enxotar A.J.Seguro.
Sem imagem de perfil

De D. Constança a 20.06.2015 às 03:00

Por acaso, tem alguma graça … e não, não detesto o PS.
Sem imagem de perfil

De Tiro ao Alvo a 20.06.2015 às 15:39

O Costa, com apoiantes tipo Vento ou Miguel e outros que andam por aqui (e por outros lados), vai reduzir este PS para próximo da estaca zero. Depois é esperar pelo surgimento de um verdadeiro partido social-democrata que junte os cacos e que, limpando-os do lixo, reconstrua uma instituição credível, como Portugal precisa e merece.
Até lá, o Menezes tem toda a razão, vamos ver esta gente a sofrer e o Seguro a rir.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D