Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O que vos parece?

por Rui Rocha, em 29.07.18

Estou a pensar invocar a doutrina Robles-Martins-Mortágua para recusar o pagamento da prestação do IMI agora de Julho. Tratando-se de um imposto sobre o valor patrimonial, não faz qualquer sentido, né? A minha casa não tem valor nenhum, né? Só se eu vendesse, né?


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.07.2018 às 19:37

Lógica impecáve - patriótica até, segundo esses ignóbeis palhaços.


JSP
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.07.2018 às 19:38

Lógica impecável - patriótica até, segundo esses ignóbeis palhaços.


JSP
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.07.2018 às 21:23

Então está explicada a isenção de IMI ao património imobiliário dos partidos.
Seja por que não o vendem, seja por já serem vendidos.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 29.07.2018 às 21:25

Apoiado.

Sem imagem de perfil

De António a 29.07.2018 às 21:29

Se bem percebi, a casa para viver com a irmã foi reformulada para ter 12 quartos com 12 cozinhas e 12 casas de banho? Gente fina é outra coisa.
O problema, como alguém já referiu, não é o que o homem fez, é o que diz. Principalmente o que diz que não se pode fazer. E depois fez.
Quanto ao resto, o Costa safou-se, o Medina safou-se, e este também se safa. Com um pouco de sorte (salvo seja) deflagram por aí uns incêndios e o assunto é esquecido - quem ainda recorda a transação entre Fernando Medina e Isabel Teixeira Duarte, em que nenhum sabia quem era o outro?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.07.2018 às 00:14

A "doutrina Robles-Martins-Mortágua" só por si é todo um programa. Merecia uma edição de boldo em plastificado vermelho, talvez fosse uma boa fonte de receitas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.07.2018 às 01:26

Afastados e falecidos os da geração anterior,dos tempos em que era forçoso
parecer aquilo que se pregava.
Agora estão livres de tais amarras,esse tal agrupamento subiu a um patamar superior. A partir de agora tudo será possível e justificável.
Sem imagem de perfil

De JS a 30.07.2018 às 12:27

Muito bom. A habitual capacidade de alijar o supérfulo e divertir-se com o cerne da questão.

Divertido será também observar os reflexos eleitorais deste banho de realidade que os líricos pequenos buregueses, votantes BE, apanharam.
Continuada militância por conveniência ou acéfala?
Futuros abstentes a aumentarem as pacíficas hostes -por enquanto- do maior partido político em Portual, o dos abstencionistas, os que já perceberam há muito tempo que o jogo está minado?.
Nunca deslizarão para o PC. Ali medra demasiada disciplina para espontâneos.
Assim como nunca voarão direitinhos para o CDS, sem passar pelos pré-definidos estágios mentais, de PSes e PSDês, o caminho das pedras que a idade e a experiência lhes vai ensinando.
Divertido.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D