Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O milagre de que falava Pires de Lima

por Sérgio de Almeida Correia, em 25.02.14

"A economia portuguesa conseguiu registar em 2013 um excedente externo de 2,6% do PIB, mas, apesar dessa melhoria, a posição líquida de investimento internacional (PLII) agravou-se em 2,7 pontos percentuais, segundo dados do Banco de Portugal (BdP) na sua Nota de Informação Estatística.

Este indicador, no caso português, é negativo, sendo o mais elevado da zona euro em relação ao PIB, superior inclusive ao registado para a Grécia e Irlanda. A PLII da economia portuguesa subiu de -116,1% do PIB em 2012 para 118,9% em 2013. A posição de Portugal como devedor líquido face ao exterior piorou. (...)

Em relação aos dados finais do terceiro trimestre de 2013, as posições eram a seguintes entre os periféricos da zona euro: -115,7% do PIB para Portugal; -108,2% para Grécia; -107,8% para Irlanda; - 96,6% para Espanha; - 88,3% para Chipre. O rácio para Itália não estava ainda disponível; é negativo, também, mas é muito inferior." - Expresso, 24/02/2014



Autoria e outros dados (tags, etc)


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Cabo dos Trabalhos a 25.02.2014 às 09:45

Já lá diz o esclarecido dr. Soares:

«E o Governo, interessado em esconder o "milagre económico" de que falou o ministro Pires de Lima, nunca se ocupou das ondas gigantes que arrasaram a costa portuguesa, de norte a sul. Nunca disse como e quando vai indemnizar os estragos causados, como lhe é devido, e lhe tem sido pedido, em vão.»

Eheheh
Sem imagem de perfil

De sampy a 25.02.2014 às 13:07

Não havia necessidade de o autor do post mostrar-nos que não domina o assunto da notícia postada. Mas o afã de querer contrariar a todo o custo os dados que o governo vai divulgando dá nisto...
Para a próxima, recomenda-se que se consulte também uma fonte especializada, para tentar contrariar conclusões precipitadas:
http://www.jornaldenegocios.pt/economia/conjuntura/detalhe/queda_do_ouro_e_alta_das_obrigacoes_penaliza_endividamento_externo_de_portugal.html
Sem imagem de perfil

De Sérgio de Almeida Correia a 25.02.2014 às 15:17

Sim, de preferência uma "fonte especializada" que faça uma leitura mais de acordo com os desígnios da Gomes Teixeira...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.02.2014 às 16:50

Deixemos, então, à consideração de outros visitantes decidir sobre qual será mais tendenciosa: se a forma como a notícia é dada pelo Jornal de Negócios, se a forma como ela é postada e titulada no post acima.
Sem imagem de perfil

De Hugo a 26.02.2014 às 04:39

Nada de estranho neste autor, sempre "cego" para bater no Governo

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D