Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O medo

por Maria Dulce Fernandes, em 15.06.19

images.jpg

 
Não é fácil amares o medo.
O medo é devastador, esconde-se no toque húmido de uma carícia, numa lágrima que rola, num beijo molhado, na troca de prazeres selvagens e desprotegidos, numa folha de papel afiada que faz verter uma gota carmesim.
O medo destrói. Mergulha nos teus fluidos ondulantes, insidioso e vil, acoita-se e desenvolve, cresce imundo e letal no teu seio. Aniquila de dentro para fora, mudo e traiçoeiro, até ser tarde demais.
Então ficas só. Isolada do mundo no mundo do medo.
Tens medo, aquele medo que não tem panaceia nem cura. Queres fugir, mas o medo não te permite sair do casulo de clausura a que foste votada, aquela cela estéril onde vives só, só tu e o teu medo. A humanidade, lá fora, ficou dentro de uma bolha hermética cujo toque não te toca, por não lhe poderes tocar.
O desespero enovela-se-te nas cordas de onde a voz não desata nem sai. 
No fogo da tua memória, sessões contínuas do filme da tua vida fogem da palavra fim.
O medo levou-te a força, mas a vontade resiste. Até quando, não sabes. Sentes a dissolução da carnadura, mas o espírito, esse lutará sempre aferrado com unhas e dentes ao medo que o quer destruir, porque aprender o medo é poder amá-lo e sobreviver.
 
Para o J. Saraiva, que perdeu a guerra contra o Medo há precisamente 25 anos.
 
(Foto da Internet)


12 comentários

Perfil Facebook

De Cristina Filipe Nogueira a 15.06.2019 às 18:06

Lindíssimo texto, parabéns
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 15.06.2019 às 18:15

Obrigada Cristina.
Tempos negros em que o medo dominava e vencia. O Saraiva foi um lutador, mas perdeu.
Perfil Facebook

De Cristina Filipe Nogueira a 15.06.2019 às 19:30

Também eu luto...
Também eu vivo com o medo sempre à espreita tentando que não me tire a vida enquanto estou viva, pois é isso que o medo faz. Mata-nos em vida.
Talvez por isso o seu texto tão pungente me tenha tocado tanto.
Espero ter melhor sorte do que o seu amigo. Mas se não a tiver, gostaria que alguém me escrevesse um texto assim.
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 15.06.2019 às 19:45

Toda a Felicidade do mundo. Fora o jugo do Medo.
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 16.06.2019 às 09:51

Tudo de bom, Cristina. Mas o medo pode, também, ser um Mestre de belos olhares.
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 16.06.2019 às 13:16

O medo a sério, não pode ser comparado a um rush de adrenalina.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.06.2019 às 21:54

A melhor canção sobre o medo.
https://youtu.be/DKM1H1wB8WM

Como um sonho acordado
Fausto

"Como se a Terra corresse
Inteirinha atrás de mim
O medo ronda-me os sentidos
Por abaixo da minha pele
Ao esgueirar-se viscoso
Escorre pegajoso
E sai
Pelos meus poros
Pelos meus ais
Ele penetra-me nos ossos
Ao derramar-se sedento
Nas entranhas sinuosas
Entre as vísceras mordendo
Salta e espalha-se no ar
Vai e volta
Delirante
Tão delirante
É como um sonho acordado
Esse vulto besuntado
A revolver-se no lodo
A deslizar de uma larva
Emergindo lá no fundo
Tenho medo ó medo
Leva tudo é tudo teu
Mas deixa-me ir
Arrasta-me à côncava do fundo
Do grande lago da noite
Cruzando as grades de fogo
Entre o Céu e o Inferno
Até à boca escancarada
Esfaimada
Atrás de mim
Atrás de mim
É como um sonho acordado
Esses olhos no escuro
Das carpideiras viúvas
Pelo pai assassinado
Desventrado por seu filho
Que possuiu lascivo
A sua própria mãe
E sua amante
Meu amor quando eu morrer
Ó linda
Veste a mais garrida saia
Se eu vou morrer no mar alto
Ó linda
E eu quero ver-te na praia
Mas afasta-me essas vozes
Linda
Tens medo dos vivos
E dos mortos decepados
Pelos pés e pelas mãos
E p´lo pescoço e pelos peitos
Até ao fio do lombo
Como te tremem as carnes
Fernão Mendes"
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 16.06.2019 às 09:54

Medo é o sinal clinico do sofrimento.

"Melhor um fim sem medo, que um medo sem fim".

https://youtu.be/pDOPgBviHyc
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 16.06.2019 às 12:31

Sem dúvida, Pedro
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 15.06.2019 às 23:47

Já conhecia. Foi muito bem lembrada neste contexto.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.06.2019 às 09:33

Gracias a Dios y también al Dr. Joe, el gran herbolario que me curó del VIH / SIDA hace 3 años. Me contacté con el virus de mi compañero sin saberlo, casi gasté todo lo que tenía porque estaba inquieto, hasta que vi a personas que testificaban sobre el Dr. Joe sobre la cura a base de hierbas y también la recomendación en línea para curar el VIH con sus raíces de hierbas hechas de productos naturales. Le envié un correo electrónico sin dudarlo y me dijo cómo obtener las hierbas medicinales que hice y que cambiaron toda mi vida a maravillas y testimonios sobre cómo Dios puede hacernos un hombre que no se conoce en todo el mundo por tener un don de uso natural. Productos para curar el VIH y otros tipos de enfermedades mortales.
Consejo: Para cualquier persona que tenga problemas de salud de cualquier tipo, debe abandonar la duda y contactar a este curandero a base de hierbas naturales cuya información de contacto es
(dr.joeblessed@gmail.com) o Call and Whats App en el (+1) 4146229522
Desde un alma que se preocupa y también ama compartir cosas buenas con personas necesitadas.

Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 16.06.2019 às 12:30

Muchas gracias por tus palabras; que la Vida te sonría . Muchas felicidades

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D